trans

Playboy teria oferecido meio milhão para ter Lea T em sua capa

A modelo transexual Lea T parece ter conquistado de vez o gosto da mídia. Segundo informações do jornal carioca "Extra", a revista "Playboy" teria oferecido para a modelo a quantia de R$500 mil para a ter como capa e recheio de uma edição especial. Ainda, disse o site, a revista teria a opção de lançar este ano apenas duas capas com estrelas conhecidas da mídia, Lea T seria uma delas.



SP: Hospital das Clínicas irá tratar transexuais menores com terapia hormonal

Pela primeira vez no país, transexuais a partir de 12 anos de idade poderão receber hormônios com acompanhamento de uma equipe multidisciplinar e iniciar o processo transexualizador, reconhecido como direito pelo SUS dede 2008. Um parecer do Conselho Federal de Medicina, emitido no início deste ano, a favor da inclusão das transexuais maiores de 12 anos, após consulta da Defensoria Pública de São Paulo - ao observar as altas taxas de suicídio, automutilação de transexuais adolescentes e diversos estudos internacionais - aponta para a necessidade de mudar o procedimento atual.



Saiba o que é a trans despatologização e o porquê desta bandeira

No ano passado, internacionalmente, defendeu-se a saída da transexualidade e travestismo do rol de doenças do Código Internacional de Doenças (CID) e do DSM - Manual Diagnóstico e Estatístico das Doenças Mentais, da Associação Americana de Psiquiatria. Assim como a homossexualidade no passado, a disforia de gênero ou transtorno de identidade de gênero, termos técnicos para a inadequação do corpo e mente na questão do gênero genital de nascimento e o da identidade de gênero – auto percepção, é considerada um transtorno mental. 



Transexuais e travestis de Curitiba fazem manifesto na Boca Maldita no Dia Nacional da Visibilidade Trans

Para marcar o Dia Nacional da Visibilidade de Trans, 29 de Janeiro, mulheres trans de Curitiba se reuniram na Boca Maldita, no Centro da cidade, para protestar contra a transfobia. Cerca de 20 trans do Transgrupo Marcela Prado, vestidas na cor preta, simbolizando luto pelas colegas assassinadas, chamavam a atenção na principal rua comercial da cidade, ao meio dia desta terça-feira. No calçadão histórico, uma performance de uma transexual deitada no chão, e marcas do contorno do seu corpo pintadas de branco simbolizavam as vítimas da violência mortal.
 



Hoje, 29 de Janeiro é dia da visibilidade Trans

Desde 2004, em 29 de janeiro se comemora o Dia da Visibilidade Trans. O termo Trans é uma abreviação de transgênero, nomenclatura que abarca travestis, transexuais e toda comunidade que vive a questão de mudança de gênero. Nesta data foi lançada no Brasil a primeira campanha publicitária pelo Ministério da Saúde para esta comunidade, um marco na visibilidade do movimento T. Estima-se que no Brasil vivam meio milhão de cidadãs travestis e transexuais, 90% vivendo como profissionais do sexo em razão do forte preconceito que enfrentam.



Páginas