Transfobia em Mc Donalds de Porto Alegre

Redação Lado A 29 de Abril, 2009 21h24m

COMPARTILHAR


Um fato muito triste aconteceu no último dia 21 de março numa das redes de lanchonete Mc Donald’s. O incidente aconteceu mais precisamente no Mac Donald’s da Rua Silva Só, no bairro de Santa Cecília, em Porto Alegre. Duas travestis e mais uma amiga (biologicamente nascida mulher) lanchavam tranquilamente quando alguns jovens baderneiros de uma mesa ao lado começaram a proferir palavras de baixo calão, piadas e ofensas às três amigas.


Uma das três, a travesti argentina Soledad que estava em visita ao Brasil inclusive, foi a mais afetada durante a confusão. Os clientes zombavam e as chamavam de “traveco” e “veado” enquanto os seguranças do local e funcionários riam e se divertiam com a situação.


Completamente constrangidas com a situação as três se sentiram encurraladas no local. Soledad então, se levantou e pediu para que parassem de zombar delas. Ao ver que a situação continuaria na mesma a travesti então jogou uma xícara de café em um dos rapazes, estabelecendo assim uma confusão generalizada.


O rapaz então se levantou e veio em direção a Soledad que foi contida por um dos seguranças enquanto o rapaz atingia socos no rosto de Soledad. Ao que tudo indica, o segurança conhecia os rapazes, pois os tratava pelo nome. Jade (a amiga) interveio foi quando tudo passou a mudar, pois os funcionários ao perceberem que ela era mulher mudaram o tratamento com a mesma.


Resultado disso tudo? A travesti Soledad teve o nariz quebrado tamanha foi a violência dos socos, os rapazes saíram do local sem nada sofrerem, inclusive as três foram sumariamente colocadas pra fora do local e impedidas de sequer falarem com a gerência do estabelecimento.


 A Brigada Militar foi chamada e conduziu as três até a delegacia onde fizeram exames de corpo delito e registraram Boletim de Ocorrência. O caso não irá por aí, foi feito denúncia ao Ministério Público Estadual, que enviou cópia a Comissão de Direitos Humanos da Assembléia Legislativa e a Igualdade.


Todas as lojas da rede de lanches estão sendo notificadas do fato. “Mc Lanche Feliz”?  Será que há realmente motivos para ser feliz em uma lanchonete que não prepara seus funcionários para atenderem pessoas com orientações sexuais diferentes, ou ainda raças e religiões variadas. Mais informações no site da Ong Nuances.

Redação Lado A

SOBRE O AUTOR

Redação Lado A

A Revista Lado A é a mais antiga revista impressa voltada ao público LGBT do Brasil, foi fundada em Curitiba, em 2005, pelo jornalista Allan Johan e venceu diversos prêmios. Curta nossa página no Facebook: http://www.fb.com/revistaladoa

Banner Marcação 1000x220

COMPARTILHAR


COMENTÁRIOS