Arquivo importado

Ter estilo é estar na moda ou está na moda ter estilo?

Redação Lado A 24 de Junho, 2009 03h13m

COMPARTILHAR


Vou abordar um tema mais leve desta vez, um tema que para muitos parece ser supérfluo, porém para outros de extrema importância. Hoje vou falar de moda e estilo, pois tenho uma dúvida: está na moda ter estilo ou ter estilo é estar na moda? Bem, quem me conhece sabe que sou fascinado por moda e estilo, na verdade, penso que os dois podem andar de mãos dadas, lado a lado.


Em épocas de SPFW (São Paulo Fashion Week) Rio Fashion e demais eventos de moda espalhados pelo país, fala-se muito em ser chique, estar chique. Agora, o que é o “chique”?  Certo, vamos lá: chique, é o termo em português da palavra francesa “CHIC”, (elegante no trajar; esmerado), dito isso, é chique usar a palavra “chic”. Certo mesmo é que tudo está baseado no comportamento das pessoas.


O modo de agir, falar, pensar, tudo coincide com suas atitudes. Claro que minha diva Gloria Kalil diz em seu livro “Chic – Um guia básico de moda e estilo” que as pessoas vêm de fábrica com vários modelos e tamanhos, sendo baixas, altas, gordas, magras, ruivas, loiras, lisas, enfim…vários são os tipos e raças, porém há de se prestar atenção nas que se destacam, porque são nelas que falamos quando queremos ser uma pessoa de estilo.Concordo em gênero, número e grau.


Quer ver uma coisa? Você na sua cidade… dê uma voltinha básica em uma das ruas ou bairro mais badalados, do tipo Oscar Freire, Batel, Moinhos de Vento, Jurerê Internacional… Depois, vá direto ao Centro da mesma cidade. O choque cultural que você terá será grande; Claro! Existem pessoas diferentes com modos diferentes.


Muitos dizem que o fato de ser chique e estar na moda está diretamente ligado a se ter ou não uma condição financeira boa. Eu penso que não, está ligado a questões culturais, e definitivamente um país sem cultura, sem educação, é um país pobre de espírito. O fato do “fulano” não ter condições de comprar o tênis mais caro da loja, a calça mais badalada do momento, não significa que tem que estar fora de estilo e moda, até porque, como disse anteriormente, sou adepto da moda cultural, está tudo na cabeça das pessoas… é óbvio que tem coisas que me chocam, e como chocam. Por exemplo, sair pra rua com calça moletom, casaquinho do avô e ainda um chinelinho havaianas. É de doer os olhos… desculpe!


Outra coisa que está muito em voga e eu absolutamente abomino é o tal do “coraçãozinho” feito com as mãos para demonstrar o amor a Pátria, o amor a mulher, o amor ao marido… sei lá que diabos de amor querem demonstrar, só sei que é péééééssimo ver alguém fazendo o maldito coraçãozinho em fotos, ou aparecendo em programas de TV… tem sempre um coitado de um ser lá atrás fazendo o tal do coração… e o pior, achando que esta homenageando a(o) amada(o). A vontade que me dá é de cortar todos os dedos do sujeito! Definitivamente, coraçãozinho com as mãos não dá!


Outro hábito chocante: falar alto em celular. Para quê meu Deus?!? Não queremos ouvir o assunto do vizinho, já nos basta ter que presenciar tal cena, o sujeito aos berros pra todos ouvirem em alto e bom som que a “fulana” esqueceu a panela do feijão destampada ou que o “Wesley” vai comprar uma telesena na lotérica. Aiiiiiiiiiiii, falar alto em celular não dá! Viu porque digo que estilo e moda estão ligados ao comportamento e não as condições financeiras? Estilo é ser você mesmo (claro, seguindo algumas regras de boa convivência e tolerância), moda é estar confortável, é preciso que você tenha a sua identidade, crie a sua marca, porque como dizem, dificilmente teremos uma segunda chance de causar uma primeira boa grande impressão.


Saiba ser chique, estude, se informe, leia bastante, assim terá sempre a chance de estar bem cotado nas rodas sociais. Nunca ficará de fora de uma conversa por qualquer que seja o assunto.


Chique é respeitar o próximo, aceitar as diferenças, conviver com elas… chique é ter uma imagem positiva, fazer o bem e ser acima de tudo autêntico. Dito isso, só me resta pensar no próximo assunto… Bisus aux tous!! Jusqu´à la proche…. Ah, francês também é muito chique!!!

Redação Lado A

SOBRE O AUTOR

Redação Lado A

A Revista Lado A é a mais antiga revista impressa voltada ao público LGBT do Brasil, foi fundada em Curitiba, em 2005, pelo jornalista Allan Johan e venceu diversos prêmios. Curta nossa página no Facebook: http://www.fb.com/revistaladoa

Banner Marcação 1000x220

COMPARTILHAR


COMENTÁRIOS