Arquivo importado

Cobertura da Parada da Diversidade de Curitiba 2009

Redação Lado A 28 de Setembro, 2009 02h59m

COMPARTILHAR


Um show de organização e criatividade, a Parada da Diversidade de Curitiba conseguiu reunir o seu maior público em 12 anos de história, com presença de autoridades e da militância, com seis trios elétricos e um caráter político-educacional diferenciado. Foi a mais animada Parada Gay que Curitiba já teve.


150 mil pessoas, segundo a organização da Parada, participaram da festa que seguiu da Praça 19 de Dezembro (Praça do Homem Nu) até a Praça Nossa Senhora de Salete, em frente ao Palácio do Governo do Paraná. Ainda na concentração, que começou às 13h, uma forte chuva obrigou os participantes a procurarem abrigo. Após a tempestade, veio o arco-íris, com um sol forte que animou de volta a Parada. Depois das falas de autoridades e militantes, e do Hino Nacional, a Bandeira do Orgulho Gay foi aberta e deu-se início ao desfile de Gays, Lésbicas, Transexuais, Travestis, Bissexuais e Heterossexuais simpatizantes pela Avenida Cândido de Abreu, por volta das 15h.


Sem policiamento algum, apenas com veículos da Diretran, o evento transcorreu – por sorte – sem incidentes graves. Os dois maiores trios, o da organização e do bar Side Caffe, centralizavam as atenções. Muita música eletrônica, principalmente, marcou o desfile e dividia espaço com palavras de ordem e protesto. Com o tema “Seus Direitos, Nossos Direitos, Direitos Humanos”, a Parada percorreu seu trajeto de pouco mais de mil metros e terminou com uma série de shows no palco montando em frente ao Palácio Iguaçu. Os shows começaram por volta das 18h e terminaram às 22h. Além de shows de drags, grupos de dança e travestis, bandas animaram o público no palco da Parada.


No público, muito mais gays que nos anos anteriores, grupos vindos principalmente do interior e de outros estados. Famílias, idosos e crianças também marcaram presença. Transexuais, travestis e drag queens também foram destaque e fizeram a Parada mais colorida ainda. Muitos casais – gays e héteros, curiosos e gente festando. A diversidade se fez presente mais uma vez.


A festa foi linda e já deixa para o próximo ano o desejo que o evento cresça mais e traga finalmente as leis que contemplem o respeito aos direitos dos homossexuais. É um evento que traz muito dinheiro para a cidade de Curitiba e deveria ter maior apoio e consideração por parte dos governantes e da mídia.

FOTOS GRANDES: https://www.revistaladoa.com.br/website/album_foto.asp?cod=1592&idi=1&moe=84&id_categoria=37














Redação Lado A

SOBRE O AUTOR

Redação Lado A

A Revista Lado A é a mais antiga revista impressa voltada ao público LGBT do Brasil, foi fundada em Curitiba, em 2005, pelo jornalista Allan Johan e venceu diversos prêmios. Curta nossa página no Facebook: http://www.fb.com/revistaladoa

Banner Marcação 1000x220

COMPARTILHAR


COMENTÁRIOS