Arquivo

Notícias gays falsas viram brincadeira de 1º de abril no programa CBN Mix Brasil

Redação Lado A 02 de Abril, 2012 23h35m

COMPARTILHAR


O programa de rádio CBN Mix Brasil deste domingo (01) contou com notícias que são o sonho de qualquer ouvinte LGBT ou simpatizante da causa. A primeira notícia hipotética foi a de que o deputado federal Jair Bolsonaro discursou na Câmara dos Deputados e mudou seu discurso de ódio sobre LGBT, tendo até afirmado que agora seria um militante da causa.

A segunda chamada afirmava que a Globo teria iniciado a apresentação de sua nova novela das nove já com um beijo gay na primeira semana, que teria sido encenado por Tony Ramos e Murilo Benício. Outra notícia seria que Dilma iria fazer um discurso contra a homofobia no Irã. Dando asas a brincadeira, 63% das mães teriam dito que preferiam que os filhos casassem com pessoas do mesmo sexo. A cada notícia, muitas risadas da brincadeira. Para Fischer, o primeiro de Abril é um dia especial pois podemos dar a notícia que gostaríamos que acontecesse.

Com certeza todos nós gostaríamos que as notícias veiculadas fossem verdade, mas, infelizmente, não são. O programa, que ainda divulgou um suposto discurso de Dilma contra a violência homofóbica, convidou vários jornalistas assumidamente LGBT para também divulgarem quais notícias eles gostariam que fossem verdade.

A cura da AIDS foi o desejo do jornalista Guilherme Cavalcante, da Coluna True Colors, de Campo Grande. Já a real laicidade do Estado por meio de uma lei é o que gostaria o editor da revista H, Helio Filho. Felipe Falcão, da Junior, queria que a posição da presidente Dilma favorável à diversidade sexual. Todos os exemplos expressam a ansiedade da comunidade e mostram as opiniões dos jornalistas que participaram da brincadeira e são editores de materiais destinos para a população de lésbicas, gays, bissexuais, travestis e transexuais.
O editor da Lado A, Allan Johan, também participou do programa. Segundo ele, o que ele gostaria de ouvir é que uma lei de combate a homofobia fosse aprovada no Brasil.

Questionado sobre a efetividade dessa lei, o jornalista curitibano afirmou que a lei possivelmente não mudaria a mentalidade dos cidadãos, mas coibiria, sem a menor sombra de dúvidas, atos violentos e crimes de ódio. Além disso, o programa levantou as especificidades regionais da manifestação da homofobia no Brasil. Allan Johan defendeu que no Sul, em razão da colonização alemã, há mais grupos organizados de skinheads. E que apesar de as pessoas acreditarem que o nível socieconômico sulista colabora para eliminar os preconceitos, contudo, os casos de violência aqui são subnotificados, portanto não há como averiguar realmente como está a questão.

Já Fabio Angeli, da revista A Capa, leu uma notícia que ele escreveu, brincando com o fato de que dois deputados homofóbicos foram flagrados fazendo sexo no Congresso Nacional. “Imagina o escândalo que iria ser”, brincou o apresentador que perguntou a todos os entrevistados as opiniões sobre os assuntos sugeridos.

A programação do CBN Mix Brasil é comandada por Petria Chaves e André Fischer todos os domingos, às 22h.

Confira o site do programa aqui e ouça o programa.

Redação Lado A

SOBRE O AUTOR

Redação Lado A

A Revista Lado A é a mais antiga revista impressa voltada ao público LGBT do Brasil, foi fundada em Curitiba, em 2005, pelo jornalista Allan Johan e venceu diversos prêmios. Curta nossa página no Facebook: http://www.fb.com/revistaladoa

Banner Marcação 1000x220

COMPARTILHAR


COMENTÁRIOS