Arquivo

Ativistas do grupo Femen fazem protestos geniais contra homofobia no Vaticano e em Paris

Redação Lado A 14 de Janeiro, 2013 18h26m

COMPARTILHAR

TAGS


O grupo feminista ucraniano Femen, que já tem um núcleo no Brasil, que protesta utilizando o corpo, e outras formas criativas, entrou para valer pelos direitos gays. No Domingo, um grupo de quatro mulheres ficou de peitos de fora em plena Praça São Pedro, no Vaticano, enquanto o Papa Bento XVI fazia uma prece.
 
Nas costas a frase “No Gay Confiamos”, elas seguravam cartazes com o dizer “Cale a Boca”, ambos em referência ao Papa ter se posicionado contra o casamento gay e pedido aos fiéis que lutassem contra o casamento igualitário. A polícia logo levou as mulheres que chegaram a ser agredidas por uma senhora no local.
 
Em Paris, a situação já saiu do controle da entidade e ativistas foram agredidas de forma violenta por nacionalistas machistas. Vestidas de freiras, elas espirravam“esperma” (assim dizia o recipiente) com um borrifador gigante nos manifestantes. Elas teriam sido perseguidas por manifestantes e atacadas a socos e pontapés e ainda com paus e outros objetos. Uma manifestante teria quebrado o nariz e uma outra perdido um dente.
 
No Brasil, na semana passada, o núcleo brasileiro protestou em um shopping Center onde participantes do Big Brother Brasil 13 estão confinados. Além de tirarem a blusa contra a exposição exploratória da mulher, elas protestaram contra a alienação da população.
 
Redação Lado A

SOBRE O AUTOR

Redação Lado A

A Revista Lado A é a mais antiga revista impressa voltada ao público LGBT do Brasil, foi fundada em Curitiba, em 2005, pelo jornalista Allan Johan e venceu diversos prêmios. Curta nossa página no Facebook: http://www.fb.com/revistaladoa

Banner Marcação 1000x220

COMPARTILHAR

TAGS


COMENTÁRIOS