Arquivo

Polêmica no futebol: Sheik acusa Lúcio de ser homofóbico depois de discussão em campo

Redação Lado A 29 de Maio, 2014 17h50m

COMPARTILHAR

TAGS


O jogador Emerson Sheik, do Botafogo, que no ano passado postou um beijo gay com um amigo, em uma brincadeira com sua esposa contra a homofobia, quando era atacante pelo Corinthians, acusa o zagueiro Lúcio, do Palmeiras, da seleção do penta, de ser mau caráter e homofóbico. Durante o intervalo de um jogo entre os times nesta quarta-feira, que terminou com a vitória por 2 a 0 para o time carioca, depois de uma discussão dentro de campo, Emerson afirmou em entrevista ao SporTV que foi chamado de gay em tom pejorativo e soltou os cachorros em cima do oponente.

“Ele é considerado como mau caráter e desleal no meio da galera. Todo mundo sabe disso. Além do caráter duvidoso, ele também é preconceituoso. Os gays, o que não é meu caso, ele discrimina. Me chamou de gay, como se fosse um monstro”, afirmou o jogador. “Isso é muito sério. Ele vai ter que provar que eu falei isso”, afirmou Lúcio ao saber das declarações depois do jogo e acusar o outro de ser investigado por contrabando.

A discussão parece que terminará na Justiça. O assunto foi comentado em todos os canais de esporte e revela mais um capítulo da homofobia no futebol. Assunto que a Fifa insiste em dizer ser contra mas que não aplica as mesmas medidas que toma contra o racismo.

Redação Lado A

SOBRE O AUTOR

Redação Lado A

A Revista Lado A é a mais antiga revista impressa voltada ao público LGBT do Brasil, foi fundada em Curitiba, em 2005, pelo jornalista Allan Johan e venceu diversos prêmios. Curta nossa página no Facebook: http://www.fb.com/revistaladoa

Banner Marcação 1000x220

COMPARTILHAR

TAGS


COMENTÁRIOS