Arquivo

Homofobia: Rapaz gay morre após ser esfaqueado perto do antigo Autorama no Ibirapuera

Redação Lado A 18 de Novembro, 2014 03h26m

COMPARTILHAR

TAGS


Na madrugada deste domingo, Marcos Vinícius Macedo Souza, de 19 anos, estava com amigos nas imediações do Parque do Ibirapuera, na zona sul de São Paulo, próximo ao portão 3, quando foi encontrado esfaqueado. Segundo amigos que estavam com ele, o rapaz se afastou do grupo para ir ao banheiro, quando foi percebida uma luta e pedido de socorro e o rapaz foi encontrado ao lado de arbustos, ensanguentado, próximo a avenida Pedro Alvares Cabral. Marcos morreu no Hospital São Paulo, em razão do ferimento no peito, duas facadas, e a suspeita é que o crime tenha motivação homofóbica.

Desde os anos 80, a região do Ibirapuera, onde ocorreu o incidente, é conhecido ponto de encontro da comunidade gay paulistana. O estacionamento do local entre os portões 3 e 4, antes era de acesso público durante a madrugada e o autorama se tornou um local de interação social, paquera e diversão. Em 2013, a prefeitura fechou o acesso ao estacionamento do parque durante a noite, entre a meia noite e as 5h da manhã, depois passou a abrir o parque 24 durante o final de semana, de sábado para o domingo, mas impedindo a entrada de carros, sendo o acesso restrito ao portão 2. Seguindo uma antiga solicitação de moradores da região nobre vizinha, o autorama foi extinto no ano passado, reaberto sem carros, mas sem substituição da opção de diversão, muitos gays ainda frequentavam o local, tendo que se deslocar a pé até o parque.

Crimes homofóbicos no local não são novidade, bem como o abuso por parte dos frequentadores da madrugada. Falta de iluminação e policiamento completam a receita da tragédia. Com apenas 19 anos o rapaz teve sua vida ceifada, enquanto só queria se divertir com os amigos.

O crime passou a ser investigado pela Delegacia de Crimes Raciais e Delitos de Intolerância que esta semana ainda recebeu o caso do casal de jovens gays agredidos dentro de um vagão do metrô. Um dia antes morte de Macedo, na região da Av. Paulista, jovens protestaram com o evento “Revolta da lâmpada”, lembrando os 4 anos do ataque de adolescentes contra homossexuais usando lâmpadas fluorescentes, na mesma avenida. 
 

 
Redação Lado A

SOBRE O AUTOR

Redação Lado A

A Revista Lado A é a mais antiga revista impressa voltada ao público LGBT do Brasil, foi fundada em Curitiba, em 2005, pelo jornalista Allan Johan e venceu diversos prêmios. Curta nossa página no Facebook: http://www.fb.com/revistaladoa

Banner Marcação 1000x220

COMPARTILHAR

TAGS


COMENTÁRIOS