Arquivo

Stonewall Inn: Após 46 anos, bar marco zero do movimento gay vira monumento histórico de Nova York

Redação Lado A 24 de Junho, 2015 17h56m

COMPARTILHAR

TAGS


Foi na noite de 28 de junho de 1969 que um grupo de frequentadores do Stonewall Inn, um bar gay de Manhattan, em West Village, na rua Christopher, decidiu dizer basta a violência e opressão policial. Acostumados a serem vítimas de chacota, extorsões e prisões arbitrárias, lésbicas, gays, dragqueens e travestis resolverem reagir aos policiais que entraram no bar e começaram a agredir os gays e a tentar revistar a todos, que estavam em luto pela morte da atriz Judy Garland, na semana anterior.

Foi então que forçaram os policiais a saírem do local. Não contentes, os homens da lei chamaram reforços e tentaram invadir o prédio secular que antes serviu de estábulo e restaurante. A notícia percorreu a vizinhança e a população gay veio ao bar revoltada. Uma verdadeira multidão impediu que os policias entrassem no bar e o confronto violento durou três dias, durando mais outros três de tensão na área que hoje é considerada um bairro gay da cidade. Nascia aí o orgulho gay e o gay power, baseados no lema de que a união faz a força.

Todos os anos, a revolta de Stonewall é lembrada como o momento em que gays pararam de abaixar a cabeça para a sociedade e passaram a reivindicar seus direitos de cidadania. No ano seguinte, a primeira parada gay foi inaugurada no local, dando marco ao movimento internacional de libertação homossexual. O bar que tinha apenas 2 anos de funcionamento entrou para a história do mundo, e até hoje resiste às crises e as mudanças da população que hoje não precisa mais daquele gueto onde era atendido com respeito, ao contrário dos outros estabelecimentos da cidade.

Esta semana, na terça-feira, por votação unânime, o Comitê de Preservação de Sítios Históricos de Nova York reconheceu a importância do local como monumento histórico para o país. Stonewall Inn se torna o primeiro monumento gay reconhecido por sua importância histórica. Com isso, o prédio não pode sofrer qualquer modificação sem autorização do Departamento de Preservação de Sítios Históricos. “A grandeza de Nova Iorque reside na sua diversidade e inclusão. Os eventos em Stonewall foram o ponto de partida do movimento para os direitos da comunidade homossexual e na história da nossa nação”, afirmou  Meenakshi Srinivasan, presidente do comitê. O reconhecimento veio na semana do 46° Aniversário da Revolta de Stonewall.
 

 
Redação Lado A

SOBRE O AUTOR

Redação Lado A

A Revista Lado A é a mais antiga revista impressa voltada ao público LGBT do Brasil, foi fundada em Curitiba, em 2005, pelo jornalista Allan Johan e venceu diversos prêmios. Curta nossa página no Facebook: http://www.fb.com/revistaladoa

Banner Marcação 1000x220

COMPARTILHAR

TAGS


COMENTÁRIOS