Arquivo

As baladas estão seguras? Policiais armados ajudam ou são um risco a mais?

Redação Lado A 08 de Julho, 2016 17h09m

COMPARTILHAR

TAGS


Um policial federal causou constrangimento e assustou clientes em uma casa alternativa de Curitiba nesta quinta-feira. O homem queria fazer valer seu direito de andar armado mesmo sendo solicitado a aguardar até que fossem providenciadas as burocracias previstas em lei municipal para policiais armados. O homem discutiu com o gerente do estabelecimento e o ameaçou, fazendo com que a casa chamasse a Polícia Militar, que chegou com várias viaturas, criando ainda mais burburinho sobre o caso. No dia seguinte, hoje, na internet, as histórias foram aumentando e abriu-se uma discussão sobre a segurança nos clubes, sobretudo em boates GLS.
 
Segundo a lei municipal Nº 14699, policiais, mesmo de folga, podem andar armados mas precisam ser identificados nos estabelecimentos noturnos e terem uma comanda de consumo de cor diferente dos outros clientes, constando a proibição de venda de álcool para eles. Ainda, precisam assinar um termo de responsabilidade. Na prática, eles acabam bebendo na comanda de amigos, disseram as fontes ouvidas pela Lado A.
 
A lei surgiu na cidade depois que dois policiais exibiram suas armas dentro de uma casa sertaneja e depois de diversos incidentes de abuso de poder. A discussão é antiga mas necessária. Por um lado, eles representariam hipoteticamente um lugar mais seguro, no caso de algum atentado ou incidente, por exemplo, porém, por outro, podem gerar uma tragédia, como várias já vistas, por algum descontrole. 
 
Cresce a necessidade de uma campanha “Se estiver armado, não beba”. Policiais devem ainda enfrentar fila e pagar entrada, como todos os clientes, salvo em exercício de função, quando devem apresentar suspeita de flagrante de delito ou ainda decisão judicial autorizando a ação da casa noturna. Além disso, é abuso de poder. 

 

 
Redação Lado A

SOBRE O AUTOR

Redação Lado A

A Revista Lado A é a mais antiga revista impressa voltada ao público LGBT do Brasil, foi fundada em Curitiba, em 2005, pelo jornalista Allan Johan e venceu diversos prêmios. Curta nossa página no Facebook: http://www.fb.com/revistaladoa

Banner Marcação 1000x220

COMPARTILHAR

TAGS


COMENTÁRIOS