Arquivo

Ex ministro gay denuncia tráfico de influência no governo Temer

Redação Lado A 25 de Novembro, 2016 16h57m

COMPARTILHAR

TAGS


São poucos os gays assumidos na política brasileira e não podemos deixar de elogiar o ex ministro da Cultura Marcelo Calero, único LGBT no primeiro escalão do governo Temer, que pediu demissão na semana passada. Esta semana, soube-se o motivo: ele foi pressionado a retirar um embargo da obra de um prédio em Salvador em que o ministro da Secretaria de Governo, Geddel Vieira Lima e sua família teriam investido. Geddel pediu demissão nesta sexta-feira, depois do escândalo aumentar.
 
Segundo o político, Temer o “enquadrou” para encontrar uma “saída”. O empreendimento em Salvador La Vue Ladeira da Barra foi embargado pelo Iphan (Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional). O prédio de 30 andares, ao lado do Forte da Barra, se envolveu em polêmica desde o início da sua construção. Para o Iphan, o porte da obra não se adequa a paisagem local. 
 
Na semana passada, Calero pediu demissão e acusou Geddel, em entrevista à Folha, de “pressioná-lo” para o que o órgão de patrimônio vinculado ao Ministério da Cultura liberasse a obra. Esta semana, ele acusa Temer de ter dito para ele deixar a Advocacia Geral da União resolver, ou seja, aplicou tráfico de influência e queria que a obra fosse liberada para evitar conflito com seu ministro. Ainda, Calero teria gravado todas as conversas e foi na Polícia Federal esta semana denunciar tudo.
 
A questão caiu como uma bomba esta semana em Brasília e o STF pode autorizar a Polícia Federal a investigar os envolvidos, inclusive o próprio presidente.
 
Redação Lado A

SOBRE O AUTOR

Redação Lado A

A Revista Lado A é a mais antiga revista impressa voltada ao público LGBT do Brasil, foi fundada em Curitiba, em 2005, pelo jornalista Allan Johan e venceu diversos prêmios. Curta nossa página no Facebook: http://www.fb.com/revistaladoa

Banner Marcação 1000x220

COMPARTILHAR

TAGS


COMENTÁRIOS