Arquivo importado

Comunidade defente casal gay que sofreu homofobia em protesto no Água Verde

Redação Lado A 18 de Abril, 2017 02h46m

COMPARTILHAR

TAGS


Um casal homossexual foi alvo de panfletos homofóbicos no Água Verde, bairro de classe média alta, próximo ao Centro de Curitiba, na semana passada. O jornalista João Pedro Schonarth e o funcionário público Bruno Banzato estão construindo uma casa em uma rua do bairro pra onde pretendem se mudar e foram surpreendidos ao saberem que um panfleto homofóbico falando mal do casal, e com o endereço deles, foi distribuído pela rua. Indignados, familiares e amigos do casal organizaram um protesto na Praça Elias Abdo Bittar no último sábado, dia 15.
 
O folheto dizia: “Se fazem isso em público, imaginem o que fazem quando estão a sós ou com amigos mais próximos ou com as pessoas próximas a você”, ao trazer imagens de casais aleatórios se beijando. No final do texto, há ainda “endereço da baixaria”, com o endereço exato da casa em construção do casal.
 
O jornalista e o servidor público registraram um Boletim de Ocorrência e a polícia investiga os responsáveis. No sábado, alguns amigos, familiares e apoiadores da causa se reuniram para protestar contra a intolerância e o preconceito. O casal conta que esse encontro serviu para tirar a primeira impressão ruim que tiveram do local por conta dos panfletos. Eles denunciaram ainda que a obra da casa deles também foi alvo de boicote, quando foi inundada por uma mangueira e eles precisaram adiar a mudança.
 
“É muito positivo pensar que ao mesmo tempo que alguém pode fazer uma agressão tão gratuita para a gente, [é possível] juntar pessoas gratuitamente que vieram até aqui na praça para demonstrar apoio e solidariedade para uma causa que é acabar com o preconceito, de todas as formas. A homofobia foi a que a apareceu para a gente, mas na nossa sociedade o preconceito tem várias formas e várias caras”, pontuou João. 
 
Cerca de 100 pessoas participaram do protesto, que contou com cartazes, bexigas e palavras emocionadas do casal e ainda apresença de políticos, amigos, militantes e apoiardores. João Pedro e Bruno querem descobrir os responsáveis pela agressão homofóbica e o processo policial foi encaminhado, com auxílio do Grupo Dignidade e da OAB Diversidade, para a Delegacia de Vulneráveis, especializada em crimes de ódio, de Curitiba. 
O pessoal da produtora Trópico registrou o protesto em vídeo, assista:

 

 

Redação Lado A

SOBRE O AUTOR

Redação Lado A

A Revista Lado A é a mais antiga revista impressa voltada ao público LGBT do Brasil, foi fundada em Curitiba, em 2005, pelo jornalista Allan Johan e venceu diversos prêmios. Curta nossa página no Facebook: http://www.fb.com/revistaladoa

Banner Marcação 1000x220

COMPARTILHAR

TAGS


COMENTÁRIOS