Arquivo

Bandeira LGBT gigante marca campanha estadual contra a LGBTfobia no futebol paraense

Redação Lado A 12 de Maio, 2017 11h59m

COMPARTILHAR

TAGS


A final do campeonato estadual do Pará deste ano, que teve o clássico Paysandu contra Remo, RexPa, no tradicional estádio do Mangueirão, deu um grande exemplo no último domingo, dia 07 de maio com os jogadores com camisas com a escrita “Diversidade. Eu respeito e você?” e uma brande bandeira do arco-íris que deu volta olímpica no estádio nas mãos das  líderes de torcida dos dois times. O jogo foi vencido pelo Paysandu, por 2×1, que levou a taça Açaí.  

Já no dia 10, quarta-feira, o Paysandu enfrentou o Santos e a bandeira LGBT mais uma vez foi levada ao estádio no jogo pelas oitavas de final da Copa do Brasil por 3×1.  A torcida da Banda Alma Celeste desceu a brande bandeira de 9 metros até o campo, em uma linda imagem registrada pela TV, antes do hino do estado ser executado. A ação fez parte da Campanha Contra a LGBTFobia, do Governo do Pará, lançada na semana anterior, que chama a atenção paraa  violência e o preconceito enfretados por gays, lésbicas, bissexuais, travestis e transexuais.
 
Para Jorge Toti, diretor de Marketing e Comunicação do Paysandu, a ação traz um retorno positivo à imagem do clube e toca em um dos pontos primordiais da ética do time: o combate a qualquer tipo de discriminação. “Temos convicção da importância desta campanha para o Estado, e muito mais dentro dos estádios. A discriminação é um mal a ser execrado da sociedade e, pra nós, participar desta ação que envolveu os maiores clubes da Região Norte do país é de extrema necessidade para esta causa”, afirmou.
 
Redação Lado A

SOBRE O AUTOR

Redação Lado A

A Revista Lado A é a mais antiga revista impressa voltada ao público LGBT do Brasil, foi fundada em Curitiba, em 2005, pelo jornalista Allan Johan e venceu diversos prêmios. Curta nossa página no Facebook: http://www.fb.com/revistaladoa

Banner Marcação 1000x220

COMPARTILHAR

TAGS


COMENTÁRIOS