Arquivo

Homofobia: corpo de pizzaiolo é encontrado com ferimentos na cabeça em Pontal do Paraná

Redação Lado A 19 de Dezembro, 2017 09h22m

COMPARTILHAR

TAGS


O pizzaiolo Marcole Lima, de 48 anos, foi encontrado na quinta-feira, dia 14 de dezembro, soterrado na areia do balneário Leblon e apresentava ferimentos na cabeça. O corpo estava sem documento de identificação, mas apesar de a polícia ainda não ter divulgado laudo oficial, a população informou que a vítima se tratava do pizzaiolo Marcone Lima, muito conhecido na região. Morto com pancadas na cabeça, Marcone era funcionário de uma pizzaria no balneário Ipanema, a poucos metros de onde seu corpo foi encontrado. 

 
Marcone Lima era homossexual, e o crime pode ter forte ligação com a sexualidade da vítima, pois era muito conhecido e estimado pela população. A Polícia Civil está comandando as investigações com informações dos moradores. Segundo testemunhas, por volta das 4 horas da madrugada do dia 14 de dezembro, um carro encostou próximo do local onde o corpo foi encontrado e os ocupantes do veículo foram em direção a praia. 
Homofobia
Marcone Lima é o 21° caso de morte por homofobia no Paraná. No Brasil, segundo dados do Grupo Gay da Bahia (GGB), 343 pessoas foram mortas em virtude de LGBTfobia, maior número desde os anos de 1970. Em 2017, já foram documentadas mais de 400 mortes, um número que extrapolou os indicadores dos anos anteriores. 
 
Redação Lado A

SOBRE O AUTOR

Redação Lado A

A Revista Lado A é a mais antiga revista impressa voltada ao público LGBT do Brasil, foi fundada em Curitiba, em 2005, pelo jornalista Allan Johan e venceu diversos prêmios. Curta nossa página no Facebook: http://www.fb.com/revistaladoa

Banner Marcação 1000x220

COMPARTILHAR

TAGS


COMENTÁRIOS