Jay-Z fala sobre mãe que se assumiu lésbica: “Chorei de felicidade”

Redação Lado A 05 de Abril, 2018 02h01m

COMPARTILHAR

TAGS


O rapper americano Jay-Z disse que chorou de felicidade quando sua mãe, Gloria Carter, assumiu ser lésbica. Durante uma entrevista sobre sua participação na atração “My Next Guest Needs No Introduction with David Letterman”, da Netflix, Jay-Z disse que ficou feliz pela liberdade da mãe.

O artista contou que sabia da sexualidade da mãe, mas que ela teve que viver no armário por muito tempo por temer envergonhar os filhos. “Para a minha mãe, viver como alguém que ela não era, se esconder, era isso. Ela não queria que ficássemos envergonhados ou alguém nos atacasse por conta de quem ela era. Ela passou muito tempo agindo assim”, relembrou o rapper. “Imagine viver sua vida por outra pessoa. Pensar que você está protegendo seus filhos”, completou.

Gloria Carter revelou sua homossexualidade na canção “Smile”, lançada por Jay-Z no ano passado. Ao contar sobre sua sexualidade para o filho, Carter disse amar sua parceira e gerou comoção. “Quando ela se sentou na minha frente e disse que amava sua parceria, eu comecei a chorar. É uma história real. Eu chorei de felicidade por ela, porque ela finalmente estava livre”, contou Jay-Z.

 

 

 

Redação Lado A

SOBRE O AUTOR

Redação Lado A

A Revista Lado A é a mais antiga revista impressa voltada ao público LGBT do Brasil, foi fundada em Curitiba, em 2005, pelo jornalista Allan Johan e venceu diversos prêmios. Curta nossa página no Facebook: http://www.fb.com/revistaladoa

Banner Marcação 1000x220

COMPARTILHAR

TAGS


COMENTÁRIOS