Após quatro anos, bailarino Heyws Antony continua desaparecido

Redação Lado A 12 de Julho, 2018 17h59m

COMPARTILHAR

TAGS


O bailarino Heyws Anthony está desaparecido há quatro anos. No dia 19 de julho de 2014, o rapaz com então 25 anos; saiu para trabalhar em um sábado de manhã e não voltou mais. A última mensagem enviada pelo rapaz para sua mãe, às 11 da manhã, dizia que ele iria realizar um trabalho. Desde então, a família nunca mais teve nenhum tipo de contato.

Heyws Antony de Oliveira morava em Jundiaí, no estado de São Paulo. Após passar mais de cinco anos trabalhando em um navio de cruzeiro, Antony passou dois meses em Várzea Paulista. Depois desse período, retornou a Jundiaí. A irmã do rapaz, Tamiris de Oliveira, disse que ele não costumava manter contato devido ao trabalho, mas estranhou quando passou dias sem receber notícias.

A família de Antony registrou boletim de ocorrência no Departamento de Investigações Gerais (DIG) e no Departamento de Homicídios e de Proteção à Pessoa (DHPP), de São Paulo. No dia de seu desaparecimento, Heyws estaria usando uma jaqueta quadriculada, calça e tênis pretos. De documentação, o rapaz levou apenas sua carteirinha de artista, o DRT. Antony ainda tinha duas tatuagens com as palavras “Imagine” e “Agradeça”. O rapaz tem olhos e cabelos castanhos escuros e 1,75m de altura.

Tráfico de pessoas

Devido às características de Antony, a família não acredita que ele não queira ser encontrado. A polícia levantou essa suspeita após rastrear o celular da vítima e perceber que ele foi usado em Santa Catarina. Assim, a polícia não pediu a quebra de sigilo do telefone para avançar nas investigações. Em contrapartida, a família acredita que o jovem tenha sido vítima de tráfico humano.

Devido à sua rotina agitada e lotada de viagens, a família de Antony suspeita que ele estaria mais suscetível a um sequestro. Segundo Tamiris, irmã do rapaz, ele teria saído de casa atraído por alguma proposta de emprego e ela teme que ele possa estar sendo mantido em reclusão. Seus pertences pessoais ficaram em casa, indicando que ele saiu para retornar logo.

Qualquer informação sobre Heyws Antony deve ser comunicada à polícia, no telefone 181. Também é possível fazer contato com seus familiares nos telefones (11) 96404-6865, (11) 97317-3229, (11) 97395-6360, (11) 95109-5892.

 

 

Redação Lado A

SOBRE O AUTOR

Redação Lado A

A Revista Lado A é a mais antiga revista impressa voltada ao público LGBT do Brasil, foi fundada em Curitiba, em 2005, pelo jornalista Allan Johan e venceu diversos prêmios. Curta nossa página no Facebook: http://www.fb.com/revistaladoa

Banner Marcação 1000x220

COMPARTILHAR

TAGS


COMENTÁRIOS