Universidade Estadual da Bahia disponibiliza cotas para transexuais e travestis

Redação Lado A 27 de Julho, 2018 09h36m

COMPARTILHAR

TAGS


Na segunda-feira, dia 23 de julho, a Universidade Estadual da Bahia (Uneb) anunciou que disponibilizará cotas para transexuais e travestis. Além desse grupo, a instituição também irá contemplar ciganos, quilombolas e portadores de deficiência. Outro segmento que terá cotas são pessoas autistas e com altas habilidades.

As vagas destinadas aos cotistas são vagas remanescentes. Assim, a porcentagem de vagas destinadas aos grupos sociais não atrapalham os candidatos às vagas de ampla concorrência. A universidade já disponibilizava 40% das vagas para negros e 5% para indígenas. A partir de 2019 cada novo grupo social terá direito também à 5% das vagas. O percentual de 60% de vagas de ampla concorrência será mantido.

Para o reitor da Uneb, José Bites, a medida é importante para popularizar a educação. O reitor considera que a universidade deve ser inclusiva e acessível a todos. A Uneb tem alcance em boa parte da Bahia, fazendo com que politicas de inclusão sejam necessárias e importantes.

Como concorrer

As cotas fazem parte de uma decisão tomada em unanimidade pelo Conselho Universitário (Consu) e valerá para todos os cursos de graduação ou pós graduação. Para concorrer às vagas, os candidatos devem ter cursado todo o ensino fundamental e médio em escola pública. Além disso, é necessário comprovar renda familiar de até quatro salários mínimos por mês.

 

 

Redação Lado A

SOBRE O AUTOR

Redação Lado A

A Revista Lado A é a mais antiga revista impressa voltada ao público LGBT do Brasil, foi fundada em Curitiba, em 2005, pelo jornalista Allan Johan e venceu diversos prêmios. Curta nossa página no Facebook: http://www.fb.com/revistaladoa

Banner Marcação 1000x220

COMPARTILHAR

TAGS


COMENTÁRIOS