“Somos família e seremos família”: Parada LGBTI de Londrina leva milhares às ruas

Redação Lado A 03 de Setembro, 2018 16h24m

COMPARTILHAR

TAGS


No último domingo, dia 2 de setembro, Londrina recebeu a 2ª Parada Cultural LGBTI+. O tema desta edição foi “Somos família e seremos família” em protesto contra a deslegitimação das famílias formadas por LGBT. Além disso, famílias que possuem LGBTs em seus núcleos também participaram do evento que reuniu mais de 9 mil pessoas.

Um dos motivos para a escolha desse tema para a Parada LGBTI foi a importância de falar sobre a família para essa comunidade. Diante dos inúmeros casos de rejeição familiar, o evento mostrou o quanto é importante que as famílias apoiem seus filhos e parentes gays, lésbicas, bissexuais, transexuais e intersexo.

O evento contou com a presença de importantes movimentos sociais como o grupo Mães pela Diversidade. Para a representante desse movimento, Andreia Regina, é muito importante que as famílias apoiem e ajudem seus filhos LGBT a enfrentar com o preconceito, mostrando que eles não estão sozinhos nessa luta.

Em 2017 foram recebidos 5 mil participantes. Com relação à edição atual, os organizadores estão satisfeitos com o número de participantes.  Quase duas vezes maior do que o evento do ano anterior, o número de pessoas chegou a 9 mil. O evento foi organizado pelo Movimento Construção e antes da Parada foram realizadas atividades como debates, palestras e oficinas em diversos pontos de Londrina.

Atrações

A 2ª Parada LGBTI+ de Londrina foi um grande agito. A concentração começou na Avenida Paraná com apresentações de drag queens, por volta das 15 horas. Durante mais de uma hora a caminhada trouxe protestos e música. Nesse ano, estiveram presentes as drag queens Dimmy Kieer, montada pelo londrinense Dicesar Ferreira, maquiador e ex-BBB (Big Brother Brasil). Além dele, animou a festa a drag queen Melissa Star, considerado o movimento importante para as famílias LGBTI.

 

Redação Lado A

SOBRE O AUTOR

Redação Lado A

A Revista Lado A é a mais antiga revista impressa voltada ao público LGBT do Brasil, foi fundada em Curitiba, em 2005, pelo jornalista Allan Johan e venceu diversos prêmios. Curta nossa página no Facebook: http://www.fb.com/revistaladoa

Banner Marcação 1000x220

COMPARTILHAR

TAGS


COMENTÁRIOS