Tadd Fujikawa é o primeiro golfista do mundo a se assumir gay

Redação Lado A 29 de Setembro, 2018 10h59m

COMPARTILHAR

TAGS


Mais uma personalidade do mundo dos esportes assumiu sua homossexualidade recentemente. Em 10 de setembro, o atleta de golf dos Estados Unidos Tadd Fujikawa, de 27 anos, fez um comovente post no Instagram para contar que é gay. Pela primeira vez ele falou abertamente sobre o assunto e como decidiu contar para todos os seus colegas e admiradores.

A postagem, além de falar sobre sua sexualidade, foi sensível à comunidade LGBT. O atleta não pediu que todos entendam ou aceitem a sua sexualidade, mas que a respeitem. “Minha esperança é que esse post inspire cada um de vocês a ser mais empático e amoroso uns com os outros”, escreveu.

Tadd contou que passou muito tempo fingindo ser quem não era. Depois, escreveu que sabendo de sua sexualidade, preferia mantê-la em segredo porque ela não importava para os outros. No entanto, ele considerou que sua história poderia ser importante para a vida de outras pessoas LGBT. O atleta disse que tem a esperança de ser uma inspiração, uma referência de apoio, e fazer a diferença para a sua comunidade. Para Tadd, é importante lutar por espaço, respeito e representatividade enquanto pessoas ainda estiverem morrendo por serem LGBT.

“Eu não quero que isso seja focado em mim. Eu só quero espalhar amor e aceitação para os outros que estão em uma situação semelhante. Se alguém estiver lutando, por favor, não hesite em me procurar. Mal posso esperar pelo dia em que todos podemos viver sem nos sentirmos diferentes e excluídos”, publicou.

A postagem recebeu muito mais interações do que as outras publicações das redes sociais do atleta. Os comentário, em sua maioria, também foram muito gratificantes. Amigos e admiradores apoiaram e enalteceram a atitude do atleta, uma importante iniciativa de representatividade para a comunidade LGBT. Suas demais postagens espalham amor e empatia, para ajudar pessoas que estejam passando por problemas. Em 2017 Fujikawa já havia mencionado que passou por depressão.

Veja o post

View this post on Instagram

*PLEASE READ* Coincidentally, today is world suicide prevention day. However, I was going to share this regardless. So…I'm gay. Many of you may have already known that.😅 I don't expect everyone to understand or accept me. But please be gracious enough to not push your beliefs on me or anyone in the LGBTQ community. My hope is this post will inspire each and every one of you to be more empathetic and loving towards one another. I've been back and forth for a while about opening up about my sexuality. I thought that I didn't need to come out because it doesn't matter if anyone knows. But I remember how much other's stories have helped me in my darkest times to have hope. I spent way too long pretending, hiding, and hating who I was. I was always afraid of what others would think/say. I've struggled with my mental health for many years because of that and it put me in a really bad place. Now I'm standing up for myself and the rest of the LGBTQ community in hopes of being an inspiration and making a difference in someone's life. Although it's a lot more accepted in our society today, we still see children, teens, and adults being ridiculed and discriminated against for being the way we are. Some have even taken their lives because of it. As long as those things are still happening, I will continue to do my best to bring more awareness to this issue and to fight for equality. Whether the LGBTQ is what you support or not, we must liberate and encourage each other to be our best selves, whatever that may be. It's the only way we can make this world a better place for future generations. I don't want this to be focused on me. I just want to spread love and acceptance to others who are in a similar situation. If anyone out there is struggling, please don't hesitate to reach out to me. YOU ARE LOVED AND YOU ARE ENOUGH…AS IS, EXACTLY AS YOU ARE!❤️ I can't wait for the day we all can live without feeling like we're different and excluded. A time where we don't have to come out, we can love the way we want to love and not be ashamed. We are all human and equal after all. So I dare you…spread love. Let's do our part to make this world a better place.🏳️‍🌈❤️💛💚💙💜

A post shared by Tadd Fujikawa (@taddy808) on

 

Redação Lado A

SOBRE O AUTOR

Redação Lado A

A Revista Lado A é a mais antiga revista impressa voltada ao público LGBT do Brasil, foi fundada em Curitiba, em 2005, pelo jornalista Allan Johan e venceu diversos prêmios. Curta nossa página no Facebook: http://www.fb.com/revistaladoa

Banner Marcação 1000x220

COMPARTILHAR

TAGS


COMENTÁRIOS