Aos 18 anos, atriz Ana Karolina Lanes revela ser lésbica

Redação Lado A 02 de Outubro, 2018 15h54m

COMPARTILHAR

TAGS


Conhecida pela personagem de Ágatha na icônica novela “Avenida Brasil”, a atriz Ana Karolina Lannes cresceu. Após completar 18 anos em maio de 2018, a atriz já não mora mais com os pais e está cursando Artes Cênicas no estado do Mato Grosso do Sul. Além de conquistar a independência, a artista deu um passo importante para a representatividade LGBT: se assumiu lésbica.

Lannes disse que há um ano se revelou homossexual para a família. Ela contou ainda que nunca escondeu a sexualidade, mas também não falava sobre o assunto. Segundo a atriz, a omissão sobre ser lésbica foi para evitar exposição dela e da família. Hoje, a jovem trabalha como DJ em uma casa noturna LGBT da cidade onde estuda.

A atriz disse que sua família esperava que ela fosse uma “princesinha”, como ela mesma declarou. Criada em meio à uma família LGBT, a jovem não teve problemas para descobrir a sua sexualidade e se assumir. No entanto, seu único medo é de que sua família fosse acusada de “influenciar” sua sexualidade.

Pais gays

Em 2016, Ana Karolina criou um canal no Youtube para falar sobre como é ser filha de um casal gay. Com a audiência da novela “Avenida Brasil”, a jovem ficou conhecida e aumentaram as especulações sobre sua vida. Assim, não demorou para que os holofotes chegassem à sua família e revelassem que ela é filha de um casal homossexual.

“É como qualquer casal”, contou a atriz na época em que resolveu falar sobre os pais gays. Ana descreveu em seu canal sobre a rotina e educação recebida dos pais. A atriz contou que, como em muitos lares brasileiros, os pais prezavam por sua educação e dedicação aos estudos. Na verdade, um dos pais é tio de Ana, que a levou para morar com ele quando a mãe dela morreu. Na época, a criança tinha quatro anos de idade e, após se mudar para a casa do tio, ele conheceu o marido. Juntos, o casal criou Ana que chama o tio de pai.

Sobre sua sexualidade, ela disse que os pais em um primeiro momento ficaram apreensivos. Isso porque a sociedade ainda é muito homofóbica, e os pais temiam o que a filha poderia enfrentar. Por outro lado, também como família homoparental, os pais enfrentaram junto dela os comentários negativos e a ensinaram a lidar com isso.

 

 

Redação Lado A

SOBRE O AUTOR

Redação Lado A

A Revista Lado A é a mais antiga revista impressa voltada ao público LGBT do Brasil, foi fundada em Curitiba, em 2005, pelo jornalista Allan Johan e venceu diversos prêmios. Curta nossa página no Facebook: http://www.fb.com/revistaladoa

Banner Marcação 1000x220

COMPARTILHAR

TAGS


COMENTÁRIOS