Após apoiar Trump, Caitlyn Jenner protesta contra retirada de direitos trans nos EUA

Redação Lado A 25 de Outubro, 2018 10h22m

COMPARTILHAR

TAGS


A atriz transexual e ex-atleta Caitlyn Jenner, de 68 anos, está protestando contra as medidas de Donald Trump. O presidente dos Estados Unidos está tomando atitudes que prejudicam a comunidade LGBT, em especial, a população transexual. Nas eleições de 2016, Jenner foi uma das personalidades que mais apoiou a candidatura do presidente que derrotou Hillary Clinton.

Na última terça-feira, 23 de outubro, Jenner fez um manifesto em suas redes sociais na qual postou “pessoas trans não serão apagadas”. Apesar de ter defendido o governo Trump, ela percebeu os frequentes ataques do presidente à população trans. A última medida é a de que o governo pretende voltar ao reconhecimento de gênero de acordo com a genitália, segundo reportagem do The New York Times.

Mesmo com o posicionamento de Caitlyn contra Trump, a internet não deixou de criticá-la. Muitos internautas responderam ao seu post dizendo que ela apoiou o presidente em 2016. Alguns comentários mencionaram até que ela envergonha a comunidade LGBT.

Medidas contra transexuais

Além de voltar a estabelecer o gênero pela genitália, Trump já propôs outros retrocessos nos direitos de pessoas trans. Logo no início do mandato, em fevereiro de 2017, Trump sugeriu revogar a lei que permite que transgêneros usem o banheiro de acordo com o gênero com o qual se identificam. O direito foi garantido no governo anterior, de Barack Obama, e agora é questionado por conservadores. Segundo os aliados de Trump e demais fundamentalistas, a medida de Obama é uma interferência aos assuntos escolares.

Em março de 2018, outra ameaça. Para Donald Trump, as pessoas transgênero não são capacitadas para o serviço militar. O direito ao alistamento militar por transexuais também foi concedido por Barack Obama. O antigo presidente permitia que, além de se alistar, a pessoa poderia continuar com sua transição dentro do exército, com todo o aparato necessário.

Com a ameaça de retirada de direitos, muitos artistas e famosos endossaram os protestos contra as atitudes de Trump. Além de Caitlyn Jenner, Laverne Cox e Lady Gaga também estão protestando. Para Laverne, atriz transexual e negra, estrela de Orange Is The New Black, a atitude do governo é apenas uma amostra do quanto a comunidade trans ainda precisa lutar por espaço.

 

 

Redação Lado A

SOBRE O AUTOR

Redação Lado A

A Revista Lado A é a mais antiga revista impressa voltada ao público LGBT do Brasil, foi fundada em Curitiba, em 2005, pelo jornalista Allan Johan e venceu diversos prêmios. Curta nossa página no Facebook: http://www.fb.com/revistaladoa

Banner Marcação 1000x220

COMPARTILHAR

TAGS


COMENTÁRIOS