Nego do Borel poderá ser processado por Luisa Marilac por comentário transfóbico

Redação Lado A 29 de Janeiro, 2019 17h37m

Um comentário em que Nego do Borel foi transfóbico com Luisa Marilac rendeu uma grande discussão. Para que o cantor se retrate, Luisa pediu para que ele realizasse algum projeto de conscientização voltado à comunidade LGBTI+. Caso não cumpra o acordo, Luisa anunciou que entrará com um processo contra o funkeiro.

Na data de hoje, Marilac postou um vídeo no Youtube. A publicação aproveitou o Dia da Visibilidade Trans para falar sobre o assunto. No início, Luisa contou um pouco sobre a luta de travestis e transexuais no Brasil. De acordo com as palavras da youtuber, a data de hoje pode não ser importante para heterossexuais, pois não precisam lutar pela sobrevivência como as transexuais.

Outro assunto abordado por Luisa foi a expectativa de vida de pessoas trans. No Brasil, com os altos índices de violência e segregação, as transexuais vivem em média 35 anos. Luisa falou ainda sobre as diversas formas de preconceito contra as transexuais e travestis. Além disso, antes de falar sobre Nego do Borel, ela comentou sobre seu processo de transição durante o qual ela enfrentou muita violência e discriminação.

Sobre Nego do Borel, Luisa disse que já entrou em contato para pedir que o cantor faça o projeto de conscientização. De acordo com a youtuber, ele poderia usar toda a sua visibilidade para orientar seu público com relação às questões de respeito aos LGBTs. Segundo a Marilac, houve muitos ataques nas redes sociais por parte dos fãs do cantor. “Eu quero que, depois de ele ter feito o mal, que pague com o bem”, disse Marilac. Por enquanto, a youtuber está aguardando o posicionamento do cantor, que no caso de não aceitar o acordo, poderá ser processado.

Comentário e retratação

Em 12 de janeiro Luisa comentou uma foto de Nego do Borel elogiando o cantor. Ele então respondeu que Luisa era “um homem gato também”. Diante do comentário transfóbico, Luisa disse que se sentiu mal, mas antes disso a polêmica já havia tomado conta da internet. Até mesmo a cantora Anitta se envolveu ao defender seu amigo que foi recebido com vaias em um show no Rio de Janeiro.

Para se retratar, Nego do Borel gravou um vídeo em que dizia estar arrependido e que precisava aprender as formas corretas de tratar uma pessoa trans. Além disso, em outro post de “retratação”, Borel postou uma foto de saia. “Agora também sou um de vocês”, escreveu na legenda. A publicação, em vez de ajudar na imagem do cantor, acabou piorando ainda mais a polêmica.

Veja o vídeo

 

Redação Lado A

SOBRE O AUTOR

Redação Lado A

A Revista Lado A é a mais antiga revista impressa voltada ao público LGBT do Brasil, foi fundada em Curitiba, em 2005, pelo jornalista Allan Johan e venceu diversos prêmios. Curta nossa página no Facebook: http://www.fb.com/revistaladoa

Banner Marcação 1000x220

COMENTÁRIOS