Câmara celebra 50 anos de Stonewall com beijo entre Daniele Mercury e Malu Verçosa

Redação Lado A 25 de Junho, 2019 10h34m

COMPARTILHAR

TAGS


Uma sessão de iniciativa da deputada Erika Kokay (PT-DF) e do deputado David Miranda (PSOL-RJ) homenageou os cinquenta anos de Stonewall na Câmara dos Deputados. O evento contou ainda com a presença da cantora Daniela Mercury e sua esposa Malu Verçosa. Além disso, estiveram presentes várias entidades de defesa de direitos LGBT+.

Durante o evento que colocou no plenário uma bandeira LGBT+ os ativistas falaram sobre a necessidade de políticas públicas. De acordo com a cantora Daniela Mercury, o legislativo se omite em relação aos direitos LGBT+. A cantora disse ainda que enquanto era casada com homem tinha direitos que perdeu ao se casar com uma mulher.

A fala da artista ilustra a homofobia institucional que insiste em retirar direitos de LGBTs. Com relação à omissão do legislativo sobre o assunto, até mesmo o STF (Supremo Tribunal Federal) concordou com a afirmação desde o dia em que aprovou a criminalização da homofobia no início de junho.

Antes da sessão na Câmara, Daniela Mercury beijou sua esposa. Depois do evento a cantora comentou sobre o beijo e disse que foi um gesto entre um casal que serve para mostrar à Câmara que LGBTs existem e é preciso legislação. De acordo com Mercury, as conquistas de LGBTs são no âmbito do judiciário quando deveriam também ser discutidas pelo legislativo.

XVI Seminário LGBT no Congresso Nacional

Após a sessão sobre os cinquenta anos de Stonewall, a Câmara recebe hoje mais um evento LGBT+. Dessa vez o plenário receberá o XVI Seminário LGBT+ do Congresso Nacional. O evento é uma iniciativa da Comissão de Defesa dos Direitos da Pessoa Idosa, comissões de Legislação Participativa, comissões de Cultura, Direitos Humanos e Minorias, Seguridade Social e Família e comissões de Educação.

Serão discutidos no evento assuntos sobre Stonewall. Além disso, a resistência LGBT durante a ditadura no Brasil e a história de movimentos LGBT+ no Brasil e no mundo também serão assunto.

O seminário terá convidados como a americana Amika Tendaji, representante do movimento Black Lives Matter dos EUA. Além disso, está presente a historiadora Heliana Hemetério, Wellington Andrade e Jane Di Castro. Esse evento dura até o final da tarde desta terça-feira, 25 de junho.

Redação Lado A

SOBRE O AUTOR

Redação Lado A

A Revista Lado A é a mais antiga revista impressa voltada ao público LGBT do Brasil, foi fundada em Curitiba, em 2005, pelo jornalista Allan Johan e venceu diversos prêmios. Curta nossa página no Facebook: http://www.fb.com/revistaladoa

Banner Marcação 1000x220

COMPARTILHAR

TAGS


COMENTÁRIOS