Padre é acusado de roubar dinheiro da igreja para bancar garotos de programa

Redação Lado A 23 de Agosto, 2019 13h51m

COMPARTILHAR

TAGS


Um padre da Filadélfia, nos EUA, foi acusado de roubar aproximadamente 100 mil dólares da igreja em que pregava. Joseph McLoone, de 56 anos, liderava uma paróquia na cidade de Downington, na Pensilvânia. O valor equivalente a quase 400 mil reais era usado, segundo as acusações, para custear garotos de programa.

Desde 2010 McLoone comandava a mesma paróquia, mas não há comprovações sobre o tempo que ele desviava dinheiro. Testemunhas disseram que perceberam a ação do padre há pelo menos um ano. De acordo com as investigações policiais, o padre abriu uma conta secreta para guardar o dinheiro. Os valores era desviados das doações de fiéis que frequentavam a igreja.

Com o valor de seus fiéis em mãos, McLoone procurava parceiros sexuais no aplicativo Grindr. Vários homens foram custeados com o dinheiro roubado. Além disso, o padre foi acusado de pagar jantares e presentes caros para seus convidados.

A investigação apontou até mesmo uma casa comprada para outro rapaz custeada pelo dinheiro desviado. De acordo com a acusação, o padre ainda transferiu dinheiro direto para as contas de seus parceiros, sendo um deles, um presidiário.

Para manter seus gastos pessoais, o padre aumentou o valor de contribuição dos fiéis. Valores que antes eram mais acessíveis para batizados, casamento e velórios, tiveram aumento considerável. Além disso, os padres também contribuem para o funcionamento da paróquia. Assim, McLoone determinou um aumento no valor da contribuição dos sacerdotes também. O padre foi preso nesta quarta-feira, 20 de agosto, e aguarda julgamento.

 

Redação Lado A

SOBRE O AUTOR

Redação Lado A

A Revista Lado A é a mais antiga revista impressa voltada ao público LGBT do Brasil, foi fundada em Curitiba, em 2005, pelo jornalista Allan Johan e venceu diversos prêmios. Curta nossa página no Facebook: http://www.fb.com/revistaladoa

Banner Marcação 1000x220

COMPARTILHAR

TAGS


COMENTÁRIOS