João Dória retira material com conteúdo sobre diversidade sexual das escolas de São Paulo

Redação Lado A 03 de Setembro, 2019 16h06m

Um livro didático da disciplina de Ciências foi recolhido das escolas estaduais de São Paulo. O motivo é que o material continha conteúdos sobre diversidade sexual e identidade de gênero. Por isso, o governador, alegando não aceitar “ideologia de gênero”, ordenou que os materiais fossem retirados de circulação.

O comunicado sobre a retirada dos materiais foi publicado no Twitter de Dória nessa manhã. O governador considerou o material destinado aos estudantes do 8º anos do ensino fundamental com um “erro inaceitável”. Além disso, Dória anunciou que solicitou providências ao Secretário de Educação. “Não concordamos e nem aceitamos apologia à ideologia de gênero”, disse.

O conteúdo criticado faz parte do livro de Ciências ao abordar sexualidade humana. A parte do livro versa sobre os termos como identidade de gênero, sexualidade e sexo biológico. Com explicações didáticas, o livro aborda as diferenças numa linguagem adequada para a idade dos alunos, que têm entre 13 e 14 anos.

A apostila apresenta ainda informações retiradas do Ministério da Saúde. De acordo com a pasta, a identidade de gênero é uma construção ligada a elementos externos como a cultura. Além disso, o conteúdo do Ministério da Saúde também repeita a identidade de gênero independentemente do órgão genital ou sexo biológico.

Nota

A Secretaria da Educação de São Paulo emitiu uma nota para justificar o recolhimento dos materiais. Segundo a instituição, o conteúdo da apostila não é próprio para a idade dos estudantes. Além disso, a Secretaria aformou que o material não segue as diretrizes da gestão de Dória.

Outra argumentação da Secretaria de Cultura citou a Base Nacional Comum Curricular (BNCC). O documento que determina os conteúdos e disciplinas da educação básica foi aprovado em 2017, no governo de Michel Temer. De acordo com a Secretaria, o material também estaria em desacordo com a BNCC, incorporada à educação de São Paulo no mês passado.

 

Redação Lado A

SOBRE O AUTOR

Redação Lado A

A Revista Lado A é a mais antiga revista impressa voltada ao público LGBT do Brasil, foi fundada em Curitiba, em 2005, pelo jornalista Allan Johan e venceu diversos prêmios. Curta nossa página no Facebook: http://www.fb.com/revistaladoa

Banner Marcação 1000x220

COMENTÁRIOS