“Serão todos garotos de programa e prostitutas”, diz Théo Becker sobre polêmica de HQ com beijo gay

Redação Lado A 11 de Setembro, 2019 14h04m

O polêmico ator Théo Becker resolveu se pronunciar sobre um dos mais comentados assuntos dos últimos dias. Durante a Bienal do Livro do Rio de Janeiro, o prefeito Marcelo Crivella mandou censurar um livro dos Vingadores que estampa em uma de suas páginas um beijo gay entre dois personagens. Sobre o ocorrido, Becker disse em um comentário nas redes sociais que “serão todos garotos de programa e prostitutas”.

A polêmica começou quando a atriz Regina Duarte fez um post  sobre o assunto. Apesar de ser conhecida por um posicionamento conservador, a artista criticou a censura da obra dos Vingadores. A atriz postou que em muitos quadrinhos existem cenas de violência, mas que esses assuntos não são censurados como um beijo gay.

Em resposta à postagem de Duarte, Becker se referiu aos manifestantes contrários à censura de forma ofensiva. “Destruindo a família. Serão todos garotos de programa e prostitutas… Assim a esquerda impera”, disse Becker. Não demorou muito tempo para que o ator fosse duratemente criticado nas redes sociais, inclusive por outros famosos.

Defesa

Théo Becker postou um comunicado nas redes sociais para explicar a polêmica. No entanto, o ator não se desculpou por seu comentário e afirmou sua posição. O artista disse que apoia o prefeito Marcelo Crivella e o presidente Jair Bolsonaro. “Não vou parar com as postagens a favor da direita e da família”, disse.

Sobre os comentários que rebateram seu posicionamento nas redes sociais, Becker também deu uma resposta. O ator afirmou que os internautas estão tentando “denegrir” sua imagem com afirmações de fatos do passado que segundo ele são inverídicas. Ele negou, por exemplo, que já se relacionou com a ex-BBB transexual Ariadna Arantes. O ator se revoltou porque Ariadna contou sobre a antiga relação entre os dois enquanto outros internautas lembraram que Becker já posou para a revista gay G Magazine.

 

Redação Lado A

SOBRE O AUTOR

Redação Lado A

A Revista Lado A é a mais antiga revista impressa voltada ao público LGBT do Brasil, foi fundada em Curitiba, em 2005, pelo jornalista Allan Johan e venceu diversos prêmios. Curta nossa página no Facebook: http://www.fb.com/revistaladoa

Banner Marcação 1000x220

COMENTÁRIOS