Heterogenia na estética gay ou gaygenia na estética hétero

Já percebeu que a cada dia é mais difícil de identificar e diferenciar o hetero do gay? Pois é, agora tanto um quanto o outro tem corpo malhado, usa roupas de grifes, apertadinhas, são tatuados, falam gírias e têm peito depilado.

Em academias, onde há alguns anos era ambiente quase que exclusivamente para homens heteros, hoje podemos encontrar em certos horários verdadeiros lounges gays. E em raves, por exemplo, onde encontramos rapazes bombados, de peitos depilados, usando roupas Calvin Klein, Armani, Dolce & Gabanna e muitas vezes sem camisa nos levaria a crer que são gays. E, é aí que nos enganamos. Esses dois segmentos que não freqüentavam os mesmo locais, agora, se esbarram o tempo todo.

E então surge a dúvida: quem está imitando quem? Há alguns meses o jornal Folha de S. Paulo fez uma reportagem sobre esse mesmo assunto e entrevistou tanto gays quanto heteros para saber qual era a opinião de cada um. Eis algumas repostas: "Eles vêem que a gente é sarado, sabe se vestir, dançar, e está sempre rodeado das mulheres mais bonitas e desencanadas, e nos imitam para ver se conseguem se aproximar delas", diz Diego Tavares, dentista, homossexual. Em contra-partida, a posição dos heteros é outra: "A maioria quer parecer com a gente porque nos acha bonitos, e também para passar despercebida. Gay sente atração por ‘homem-homem’, não por bicha afetada", diz Fernando Piedade.

E você, o que você acha? Talvez, não seja nada disso. Talvez, os gays estejam buscando ter o corpo que eles próprios se interessam. Talvez, os heteros estejam quebrando os preconceitos, buscando valorizar mais sua saúde física e sentindo-se livres para usar a roupa que quiser apenas por estética. Não sei. Só sei que agora tenho até medo de paquerar um cara e não saber se ele também está me paquerando ou me “intimando”, rs.

Mas, o bom de tudo isso é que está havendo uma integração. O fato de o hetero e o gay dividirem o mesmo espaço, pode ser um sinal de que as coisas estão mudando. Pode ser que a tolerância esteja crescendo, que nós poderemos, um dia, nos sentar com nossos namorados em uma mesa de um shopping qualquer e trocar carinhos, assim como qualquer casal hetero faz. Sem o medo de que venha um segurança e nos peça para parar com aquele ato. Não sei o que está havendo, mas quero pensar que seja algo de bom.




Comentários

Pois é... quantas vezes já nos deparamos em situações onde você tem certeza absoluta que está diante de um gay e quebra a kara quando fica sabendo que o mesmo é hetero... o perfil do hetero e do gay como mencionado acima realmente está mt semelhante um com o outro... no meu ponto de vista é claro que os heteros estão copiando os gays... Afinal, durante muito tempo as pessoas que usavam roupas e camisetas coladinhas sempre foram tachadas de gays... Hj os heteros seguem os mesmos estilos em relação aos vestuários... já em relação ao comportamento podemos afirmar que mts gays têm atitudes de homens mas não pelo fato de estar copiando mais sim pelo fato de manter descrilção e não concordo que para ser gay precisar ser afetado...

na real eu acredito q cada dia mais os heteros estao se liberando e aproveitando esta onda pra provareme se liberarem tb, pq acredito q no fundo todos somos BI, sexo eh bom de qq maneira, lado ou posicao...

Ixi muito complicador sabermos quem está imitando quem... A tempos os gays usam roupas apertadas e coloridas e ultimamente os heteros estão fazendo o mesmo, assim como os gay´s estão cada vez mais cuidando do seu corpo, fazendo academia e tal pq nós buscamos algo como somos então: se queremos gatinhos sarados e tal temos que estar no nível...

Conteúdo relacionado