Florianópolis reúne 50 mil pessoas na IV Parada da Diversidade

Neste último final de semana, cerca de 50 mil pessoas se reuniram em Florianópolis para as comemorações da Parada da Diversidade, realizada na Avenida Beira Mar Norte. Os participantes já começaram a marcar presença às 15h e dançaram ao som de três trios elétricos. No mesmo dia, foi encerrada a “Semana da Diversidade” em que foram realizados diversos eventos, lançamento de livros, sessões de cinema, exposições e debates sobre homossexuais e seus direitos. 

De acordo com informações da prefeitura, a lotação nos hotéis durante o feriado chegou a 80%, uma boa parcela veio especialmente para a “Semana da Diversidade”. Na parada, não havia somente homossexuais, mas sim muitas famílias que vieram prestigiar o evento, alguns por curiosidade, e outros por achar divertido e bonito a passeata.

Antes de a festa começar o prefeito Dário Berger (PMDB), assinou uma lei municipal de Florianópolis que pune a discriminação sexual, uma multa de R$500 foi estipulada caso haja desrespeito ou preconceito aos homossexuais. Na sexta-feira à noite o ex-BBB Jean Willys aproveitou a oportunidade e divulgou o lançamento do seu livro intitulado “Tudo ao mesmo tempo agora”.Também participou do trio elétrico, como destaque entre várias celebridades. Ele ainda falou sobre respeito aos homossexuais, que deveria ser praticado fora das paradas gays. "Vamos levar a discussão sobre o preconceito para além das paradas gays", disse. "Durante a festa, muitas famílias vão e acabam participando com alegria. Só que depois das paradas os homossexuais continuam sofrendo graves preconceitos", disse Jean.

Categoria: 




Comentar

Conteúdo relacionado