Vamos fazer a nossa parte

Dia desses, recebi um e-mail com imagens da Terra vista do espaço. Era um pontinho insignificante naquela imensidão do Universo e isso me deixou perplexa diante da fragilidade de nosso planeta, de nossa vida diante das intempéries da natureza e da destruição causada pelo próprio homem. Percebam: o homem destrói seu único lar, pois, até agora, não temos para onde fugir e nos fixarmos.

Já que estamos na mesma "casa", por que não vivermos com humanidade, irmandade, compreensão, amando as pessoas e o Planeta que nos fornece tudo que precisamos pra viver? É como se tivéssemos irmãos muito travessos, que destroem o bem comum, roubam, mentem, matam, discriminam e até nos odeiam, causando caos.

Percebi que é efêmera nossa passagem por aqui e que precisamos uns dos outros e não percebemos disso. Não percebemos como temos o "poder" e a necessidade de mudar toda nossa existência e preservar a Terra que é abençoada.

Não há amor, respeito, ajuda mútua, humildade. Ver as pessoas como nossos irmãos, pessoas como nós, que têm necessidades, sofrimentos, esperança e direitos como nós. Parece que queremos dividir o mundo em tribos, que se rejeitam, discriminam e se abominam. Nos achamos uns melhores do que os outros e não percebemos que somos todos iguais.

Se cada um cuidasse como deveria de suas vidas e que ao olhar para o lado ajudasse alguém caído, ou desse um sorriso, um abraço, o mundo já mudaria. Mas como fazer isso se a humanidade não percebe que está se matando aos poucos? Temos que fazer a nossa parte, pois com exemplos bons o mundo será melhor, com certeza.




Comentar

Conteúdo relacionado