Deputado Ratinho Junior (PR) diz ser contra casamento gay e que não quer que filha veja dois homens se beijando

Em entrevista para a rádio Band News na última sexta-feira, o deputado federal Ratinho Junior reeleito pelo Paraná falou sobre diversos temas e se manifestou contra o casamento gay e a liberdade de expressão dos homossexuais. Filho do apresentador Ratinho, o político já participou da Frente Parlamentar LGBT pela Livre Orientação Sexual, hoje Frente Parlamentar pela Cidadania GLBT, mas afirma que não gostaria que uma de sua filha presenciasse dois homens se beijando em praça pública.

“Não sou homofóbico. Eu tenho amigos entre os GLTs. Tenho princípios cristãos. Não podemos segregar ninguém. Temos de respeitar a todos, a todas as opções. Mas não sou a favor do casamento homossexual. Casamento é uma questão religiosa. A discriminação deve ser banida. Mas não podemos confundir liberdade com libertinagem. Eu tenho filhas. Eu não quero que a minha filha de sete anos veja dois homens se beijando em praça pública. Isto eu não quero para a minha filha. Eu fiquei fascinado com a questão do aborto sendo discutida pelos políticos. Tenho posição a favor do ser humano e as pessoas devem entender que os políticos têm posições, sim.  Devem deixar bem claro os seus posicionamentos para que a população os conheça bem. O Projeto de Lei 122 torna crime a discriminação por orientação sexual e identidade de gênero. Eu sou a favor disto, mas há muitas outras coisas a serem discutidas, porque o projeto também fala sobre casamento gay e eu sou contrário a isto. Acho que pode haver uma união civil. Isto sim. Eu sou a favor de jamais desrespeitar a opção sexual de qualquer pessoa. Mas reforço as leis e a família como pontos fundamentais para se manter uma linha de conduta, de ordem no país”, afirmou o jovem político de 29 anos.

Categoria: 




Comentários

Se é contra a libertinagem tbm não deixará sua filha ver novelas, ou saírem para qualquer festa onde haja 2 pessoas se beijando, hipócrita. Antes de proibir, dê educação para que o povo saiba distinguir o certo do errado.

Eu acho que as pessoas tem o

Eu acho que as pessoas tem o direito de discordar das atitudes gays... e suas decisoes... porem devem respeita-las... sem agressividade ou insultos... Mas tambem acho que os gays... querem impor aceitação a todo custo... e não respeitam quando discordao de sua postura sexual... o que gera conflitos... ser gay não é natural... e uma escolha... com consequencias... e ninguem tem obrigação de concordar com escolhas de outros... mas tem que respeitar...

Sinto tanta insegurança, qdo vejo pessoas como este deputado, que apoiam questões, tão sérias na vida de milhares de pessoas, e que não sabem distinguir ou até ensinar para os próprios filhos o que certo ou errado.... A união civil não é questão religiosa, e sim, um acordo civil que visa direitos civis... Sr. deputado o senhor esta mesmo respeitando pessoas???? Ou querendo escolher diretrizes para o futuro?? Sua filha é livre, o sr não tem poder sobre a escolha.......

ENGRACADO QUE ELE TEM PARCERIA COM UM DEPUTADO FABIO CAMARGO QUE DIZ APOIAR E TEM GENTE QUE VOTA. SO QUEREM OS VOTOS GAYS DEPOIS JOGAM NO LIXO

Ratinho dá a entender que o casamento que o tal projeto pretende legalizar é o religioso. Quanta ignorância! Ao governo não compete o casamento religioso, mas sim o civil. Ou seja: este casamento do qual fala o Projeto de Lei 122 não trata de "uma questão religiosa", mas sim de uma questão de estado. O deputado parece então confundir Igreja e Estado. Acho que se for assim é de se esperar que ele condene também o segundo casamento. O segundo casamento não deixa de ser um casamento. Logo, para o Ratinho, trata-se de uma questão religiosa. E a religião, como se sabe, não permite o segundo casamento. Então o que é que Ratinho está esperando? Vamos lá, deputado: seja coerente com suas afirmações e vá lutar pela proibição do segundo casamento. E não se esqueça também de proibir o divórcio...

FAto: A base da homofobia ocidental é a biblia! E base da homofobia das religiões se dá devido ao fato das divindades se originarem na fertilidade! Logo o que não procria seria o "mal"! (Nem vamos citar as super populações destruindo o mundo né! rs) "Crescei-vos, procriai-vos, e destrui-vos o mundo!" Fato: Toda origem do preconceito contra os gays, sofrido aqui no brasil vem da religião cristã! Se "deus" não aceita, logo todos até os criminosos se apadrinham no preconceito e utilizam o gay como alvo de pancadas! Fato: Toda violencia contra homossexuais aqui no Brasil tem base no pensamento preconceituoso da homofobia cristã! Isto é o que estes "pais de familia" muito moralistas deveriam saber! Sem contar na covardia sofrida pelo gay quando criança neste meio religioso! Fica indefeso, e os que mais deveriam o apoar(pais e sarcedotes) são os que o violentam! Este por muitas vezes até se mata! Quando menos fica com graves problemas psiquiátricos devido a violencia moral e social! Fato: Lixo é a homofobia cristã!

Se é contra a libertinagem tbm não deixará sua filha ver novelas, ou saírem para qualquer festa onde haja 2 pessoas se beijando, hipócrita. Antes de proibir, dê educação para que o povo saiba distinguir o certo do errado.

Sinto tanta insegurança, qdo vejo pessoas como este deputado, que apoiam questões, tão sérias na vida de milhares de pessoas, e que não sabem distinguir ou até ensinar para os próprios filhos o que certo ou errado.... A união civil não é questão religiosa, e sim, um acordo civil que visa direitos civis... Sr. deputado o senhor esta mesmo respeitando pessoas???? Ou querendo escolher diretrizes para o futuro?? Sua filha é livre, o sr não tem poder sobre a escolha.......

ENGRACADO QUE ELE TEM PARCERIA COM UM DEPUTADO FABIO CAMARGO QUE DIZ APOIAR E TEM GENTE QUE VOTA. SO QUEREM OS VOTOS GAYS DEPOIS JOGAM NO LIXO

Ratinho dá a entender que o casamento que o tal projeto pretende legalizar é o religioso. Quanta ignorância! Ao governo não compete o casamento religioso, mas sim o civil. Ou seja: este casamento do qual fala o Projeto de Lei 122 não trata de "uma questão religiosa", mas sim de uma questão de estado. O deputado parece então confundir Igreja e Estado. Acho que se for assim é de se esperar que ele condene também o segundo casamento. O segundo casamento não deixa de ser um casamento. Logo, para o Ratinho, trata-se de uma questão religiosa. E a religião, como se sabe, não permite o segundo casamento. Então o que é que Ratinho está esperando? Vamos lá, deputado: seja coerente com suas afirmações e vá lutar pela proibição do segundo casamento. E não se esqueça também de proibir o divórcio...

FAto: A base da homofobia ocidental é a biblia! E base da homofobia das religiões se dá devido ao fato das divindades se originarem na fertilidade! Logo o que não procria seria o "mal"! (Nem vamos citar as super populações destruindo o mundo né! rs) "Crescei-vos, procriai-vos, e destrui-vos o mundo!" Fato: Toda origem do preconceito contra os gays, sofrido aqui no brasil vem da religião cristã! Se "deus" não aceita, logo todos até os criminosos se apadrinham no preconceito e utilizam o gay como alvo de pancadas! Fato: Toda violencia contra homossexuais aqui no Brasil tem base no pensamento preconceituoso da homofobia cristã! Isto é o que estes "pais de familia" muito moralistas deveriam saber! Sem contar na covardia sofrida pelo gay quando criança neste meio religioso! Fica indefeso, e os que mais deveriam o apoar(pais e sarcedotes) são os que o violentam! Este por muitas vezes até se mata! Quando menos fica com graves problemas psiquiátricos devido a violencia moral e social! Fato: Lixo é a homofobia cristã!

Olá.... Ratinho Junior esta

Olá.... Ratinho Junior esta certissimo... pois aceitar o casamento com Gays seria o mesmo que aceitar o crime dentro do Pais, ja que não faz parte da natureza, esta questão,não é questao de preconceito como muitos estao falando, mas isto significa colocar ordem dentro da casa, pra quem não gosta de algazarras esta é a forma mais coerente que um vereador de bons costumes poderia e deveria fazer..!!!

Fica A DICA AI PRA UNS

Fica A DICA AI PRA UNS Quem assume sua verdade age de acordo com os valores da vida, mesmo enfrentando o preconceito e pagando o preço de ser diferente, passa credibilidade, obtem respeito e se realiza.

O mais engraçado é que ele ,

O mais engraçado é que ele , fala que e contrA o casamento gay, Mas os mais preconceituosos sao aqueles que saem dao o rabo e vem querer dar uma de macho na sociedade.. E VEM QUERER FALAR EM RESPEITO... ELE QUE TEM QUE SE DAR AO RESPEITO PRIMEIRO. SO POR E UMA MERDA DE UM DEPUTADO ACHA QUE E GRANDE COISA... TA ALI COM O DINHEIRO DO POVO, Nos que pagamos o salario desse babaca.

Eu também sou contra outro

Eu também sou contra outro dia eu fui no shopping Curitiba e minha filia de 4 anos me perguntou se era normal 2 homens se beijarem e eu disse que não e dai eu perguntei o porque da pergunta e ela me disse para olhar para o lado, eu fiquei bem constrangida, e educadamente eu pedi para eles manterem a compostura e fui muito ofendida por eles, eu acho que todos temos o direito de ir e vir desde que respeite o direito do próximo, sou totalmente contra o casamento gay porque eles falam tato em respeito mas eles não demonstram respeito por ninguem.

Olá ..vi seu questionamento e

Olá ..vi seu questionamento e seu constrangimento com o seus filhos, entendo perfeitamento o que passou, pois recebeu durante sua vida uma educaçao na qual aquele comportamento era errado, lembre-se as leis foram ciradas para organizar uma sociedade para que todos pudesse viver em harmonia.Hoje se fala muito em liberdade! E chegou o momento de prepararmos sim nossos filhos pra este mundo onde as pessoas cansaram de viver dentro do armário e estão buscando serem felizes em suas condiçoes..isso é assumirem sua sexualidade.Acho que será mais fácil vc instruir seus filhos, pra que você e nem seus filhos sofram com esta mudança..ou..terá de esconder os seus filhos dentro de um casulo..Ja pensou..se um dia vir descobrir que um dos seus filhos tb tem esta preferencia? acho que esta na hora de rever seus conceitos..abraços..

Não ouvi o Ratinho Falar, por

Não ouvi o Ratinho Falar, por isso não devo acusá-lo, mas..Na a minha opinião é a seguinte: Tenho uma filha hoje com 13 anos que aos 09 decidi contar que sou assumido. A questão do Beijo quando ele for apenas pra demonstração de afeto acho que não há problema algum, agora aquele beijo que ascende tudo e o cara parece engolir o outro! nem em um casal heero é bonito em público. Quanto ao casamento...ele deve rever princípios, pois pra Deus casamento não é aquela cerimônia e festa que todos fazem e pensam ser o tal, casamento é compromisso registrado na aliança entre duas pessoas perante Deus e não é um padre ou um pastor que irá dizer se é ou não é casamento.Simplesmente se ja é lei o compromisso público de união Estável, nao é ele quem vai definir se é ou nao é casamento.

ao enves de se preocupar com

ao invés de se preocupar com o casamento gay....pq esse otario naum se preocupa em tirar as crianças da rua...desafogar os postos de saude....isso sim merece prioridade...queria ver ele levar a mae dele em um posto de saude daqui e ficar esperando 6 horas para ser atendido...como dizem...é um tempo razoavel para se esperar.....aaaaaa va cata coquinhuuuuu!

simplesmente devemos

simplesmente devemos respeitar a opinião de cada pessoa sim!! vimemos em um mundo onde nem tudo é aceitável ,porém algo que deveria ser imposto é apenas mais respeito pela decisão de cada pessoa onde visto por muitas pessoas que o mundo gay é sujo ... isso não é verdade pois tem sim gay que não sabe se dar valor, assim como héteros também e os filhinhos e filhinhas de papai que se prostituem é bonito ????cada coisa que se vê eles fazendo nas ruas é bonito ?? ??? o que precisamos mesmo é de lei mais rígidas que acabem com essa porra de violência que hoje o nosso pais vive pessoas matam brincando o desrespeito que tá imenso ...precisamos e de mais amor entre as pessoas seja ela gay ,bi ,hetero ,enfim .... respeito uma atitude que mudaria bastante o nosso dia dia ..

Pessoal essa noticia ai esta

Pessoal essa noticia ai esta manipulada, escutem a entrevista dele e oq ele realmente falou http://bandnewsfmcuritiba.com/2012/08/29/ratinho-junior-e-entrevistado-na-bandnews-fm/ a partir de 8:40 eles começam a falar sobre o assunto, e ele não fala nd do que esta nessa reportagem ai, ele só fala q ele como pessoa publica acha q não deve tomar partido na parte religiosa do casamento, que isso quem tem q decidir são as igrejas... oq esta escrito a mais ai ele nem sequer fala, muito menos da filha dele kkkkkkkkkkk... esse foi o único ponto que achei discutível da entrevista dele...

vamos orar para Deus...!!!!

vamos orar para Deus...!!!! para que os filhos desse sujeito não tenha a mesma ignorância que o mesmo... dois homens se beijando ele não gostaria que a filha dele vice... mas um homem e uma mulher sim,,, quanta hipocrisia

Comentar

Conteúdo relacionado