Hi-Fi, internet, camisinha e a cama vazia a ser preenchida

Arrumei um amante. Pronto. Deixei minha vida um pouco mais complicada...

O Jackson foi pro México (Puerto Vallarta) por um mês e me deixou aqui nesse frio infernal, se é que isso faz sentido. Nasceu de um momento de tesão misturado com a falta de sono. Eu tinha tudo que precisava ao meu dispor: Vodka e suco de laranja, um computador, camisinha e lubrificante e o apartamento só pra mim.

Então... não sei se no Brasil usam craigslist.org, acho que não, mas é um site onde você acha, e pode oferecer, de tudo. Sim, TUDO! “Urso procurando por urso”... hummm, muito me interessa! Na verdade não me considero um urso, e sim um filhote. Um filhote que, aliás, precisa perder 10 quilos, que o pneuzinho passou de moto pra caminhão... tá foda amigas, tá foda...

Mesmo assim, respondi. E ele não me manda uma foto de volta sentado num trator?! Humideci! Dei o endereço e número de telefone. Achei que ele não viria. Veio. Quando abri a porta, puta merda. Gostoso. Te digo isso. Gostoso.

Beija super bem, mas claro, passivo. Tudo bem, sou versátil, o que, aliás, todos deveriam ser. Versatilidade é o futuro da humanidade. Deveria contar como ponto positivo no curriculum vitae de uma pessoa!

Beijei a noite inteira, trepamos pois trepar é consequência, né? Dai, claro, veio a confusão de sentimentos. Quase traí a mim mesmo pensando que não poderia gostar de mais de um ao mesmo tempo.

Amar mais um não significa que eu tenha que parar de amar a quem já amo... Ahn?! É, faz sentido se você reler. Amo o Jackson e tenho sentimentos leves por Don, que englobam e encabeçam, em sua maioria, minha carência e vontade de beijar. O Jackson não beija, sei lá porque. Foda-se.

O Don beija super bem, e trepa super bem. E num é que é versátil?! Não quero misturar as coisas, acho que ele tava meio que se apaixonando, mas quem não se apaixonaria por mim, néverdade?!

Expliquei “tá, então eu vou pra casa, termino tudo com o Jackson, me mudo pra tua casa. Você vai me aguentar e me bancar? Não. Então, o que a gente tem tá bom... não estraga.”, ele não é burro nem nada, entendeu.

Eu meio que sinto ciúmes dele mas decidi que não é justo. Falei que ele pode fazer o que quiser, não me deve satisfação. (Mas se eu não mando mensagem ele fica louco, todo dia pelo menos uma pra dizer oi) Amor, não amo. Infatuated, maybe.

Em verdade vos digo, tenho o melhor dos dois mundos. Melhor marido, admito, vida sexual perto de zero, mas que me dá a liberdade que preciso pra sair e encontrar o amante perfeito. E não é que achei?
A tua sorte é você quem faz!




Comentários

Puxa, Antonio, que situação... Sinceramente: não vejo com bons olhos essa relação. Talvez eu seja quadrado demais; talvez sejam preconceitos de mais... Católico a vida toda dá nisso, né?! Namoro há 5 anos; larguei, voltei... algumas vezes. Mas mesmo "entre tapas e beijos", o que nos manteve unidos esses anos todos foi a fidelidade. Nunca procuramos outras pessoas - pelo menos não enquanto vivemos nosso relacionamento. Somos felizes um com o outro e nos amamos. Isso faz toda a diferença. Nós, homossexuais, precisamos dar a cara a tapa, dizendo que queremos, sim ser reconhecidos; queremos nos casar porque o casamento é uma instituição válida! É ótimo casar, ser casado e permanecer casado! Para mim, entretanto, casamento é entre duas pessoas - enquanto cristão, diria três (sine qua non): eu, Deus e meu esposo.

Sou casado a 6 anos e minha vida sexual não vai lá muito bem... mas mesmo assim não teria coragem em trair meu "marido", como o Eric disse a fidelidade deve ser o laço de um verdadeiro amor. Mas não serei hipócrita em dizer que meus pensamentos são pegos divagando em outros corpos. Mas tudo é fase, espero!!

Acho tudo muito válido e acredito em monogamia e casamento. Tenho a dizer em minha defesa que todo relacionamento é diferente, e havendo respeito e confiança, tudo é possível. Como disse, amo meu parceiro e sei que ele me ama. Sexo e amor são duas coisas diferentes. E não estou traindo, meu parceiro sabe que tenho relações sexuais com outras pessoas e foi ele quem recomendou que eu o fizesse. Mas aprecio suas opiniões!

Comentar

Conteúdo relacionado