Gays não beijam em público por medo de represálias

Um beijo, um inocente beijo entre pessoas do mesmo sexo, é um tabu na sociedade brasileira. Na novela, levanta polêmica e há quem diga que não é certo pois choca a sociedade conservadora. O toque de lábios que é uma expressão de amor, não é nenhum crime, mas é vista como lascivo quando seus autores são dois homens. “Beijo gay em público não é crime no Brasil. Você beija?” foi a enquete desta semana no site da Lado A.

Como resposta, maioria dos leitores diz que beija sim, mas alguns tomam alguns cuidados. 30% disseram que beijam em público mas em locais onde não há risco de ser agredido, ou seja, em territórios onde se sentem seguros como casas noturnas para gays ou lugares amistosos com o público GLS. Outros 14% disseram que beijam até como protesto, já que “temos direitos iguais” (6%) e “não me importo com o que os outros pensam”(8%).

Já 38% abrem mão deste direito, de manifestar o carinho em público com um beijo. As razões apontadas são: “Tenho vergonha” (3%), “tenho medo de chocar as pessoas” (4%), e “acho desnecessário”(26%).  Estas respostas podem apontar que muitos deixam de beijar em público para evitar o conflito. Seja com os homofóbicos, seja por uma questão direta de auto-estima. Se beijar não é crime, por que ter vergonha?

Achar desnecessário um beijo em público foi o argumento de um quarto dos leitores. É o argumento de não provocar, de não se expor. Este argumento é exatamente o que defendem aqueles que são contra o beijo gay. Colocar um ato de amor na obscuridade, nos enviar aos guetos, é uma forma de negar a nossa existência e colaborar com a invisibilidade dos gays. Claro, tem que ter cuidado, não precisa se expor, e não precisa ser um herói. Beijar faz bem para a saúde e o beijo gay em público ainda educa a sociedade de que toda forma de amor vale a pena. Andar de mãos dadas e beijar são direitos, ainda não acessados por muitos, mas que aos poucos vão sendo inseridos na cultura do gay brasileiro e do resto da população.

Na redação, ninguém beija em público e venceu a opção “Acho desnecessário”... E esse argumento é perigoso, pois o mesmo será usado ao “casamento gay”. Um direito não pode ser “desnecessário”. Antes de tudo é um direito e temos que fazer ele valer, mesmo que não usemos dele ou que não concordemos em tê-lo, mas se os outros o possuem, todos devem poder igual.

Categoria: 




Comentários

Gente, meus parabéns. Terminei de ler o texto com lágrimas nos olhos. Ao mesmo tempo com dor de saber que esta é a realizade da comunidade LGBT e por acreditar que um dia será diferente.

Eu não beijo em público para evitar Conflitos. Gostaria muito, mas há muito preconceito. Acredito que daqui há alguns anos tudo será mais Light, e ninguém mais vai ter que se oprimir.

Galera, quanto mais se esconderem, menos será aceito. Tudo que se torna demasiado se torna banal. Um dia não será mais motivos de vergonha. Hoje há muita lei defendendo os gays, sobretudo aqui no RJ onde é bem mais liberal. Façam o que tiverem vontade e quebrem a barreira. Não acredito que haverá muita agressão.

Acho que eles não devem realmente beijar em público, pois por mais que eu não tenha preconceito nem nada contra os homossexuais, eu vou me sentir constrangida em ver dois homens ou duas mulhres aos beijos nas vias públicas onde pessoas de todas as idades e crédulos vejam. Não acho convieniente

Sinceramente, o que a Eliane disse é totalmente preconceito, eu acho que sim , devemos ter o direito de expressar o amor com os nossos parceiros, sem exagero, ter respeito consigo mesmo é o mais fundamental, eu me sinto constrangido quando um casal hetero se beija no meio da rua, em uma "quase" relação sexual, é simplesmente constrangedor. Assim como heteros tem o direito de beijar em público, digamos, de uma maneira "sadía", os homossexuais também tem. A sociedade deve entender que existimos, e que , querendo ou não, fazemos as mesmas coisas que os heteros fazem, por que se esconder? Eliane, se fosse do jeito que você disse, deveria ser proibido qualquer manifestação de carinho em público, se heteros se sentem constrangidos, também deveria me sentir constrangido se dois heteros se beijam. Enfim, é hora de quebrar os tabus e simplesmente viver :) Abraços a todos.

Bem. Eu até arrisquei várias vezes beijar meu namorado em rua, shopping, etc, etc. Mas, como o Danilo bem comentou, o preconceito ainda é grande. Eu não faço questão de demonstrações de afeto públicas, pelos mesmo motivos que já citaram, não provocar os outros e não ser incomodado. Realmente dada minha situação prefiro a discrição. Talvez ae no Rio, Lou, já haja uma população homossexual melhor esclarecida, mas onde moro, o que vejo são modistas seguindo modismos. Não têm espírito crítico para vestir a camisa pela causa homossexual, são apenas gado manipulável. Ainda bem q em novelas da Globo agora sempre tem um casal homossexual. Talvez isso ajude na aceitação por parte da família, o primeiro círculo social q devia nos respeitar. E outra, eu acho q devem ser difundido mais valores familiares na comunidade gay. Como foi o caso de quem lutava para legalizar a instituição do casamento juridicamente válido. Isso sim é um ganho para a comunidade. Enquanto possuírem esse comportamento de frivolidade, infidelidade, volatilidade, e até mesmo futilidade excessiva, pelos quais somos rotulados, NUNCA seremos devidamente respeitados.

é verdade, eu sou gay não revelado, e passo uma vida daquelas, e tem muito medo. mas um dia nos vamos viver a nossa vida a vontade eu tenho certeza e Deus vai nos ajudar.

EU FICO MUITO TRISTE QUANDO UM AMIGO ME FALA ISSO, E QUE ME CRITICAM POR EU NÃO TER MEDO DE BEIJAR, DE ANDA DE MãOS DADA, ABRAÇA E TROCAR CARINHOS EM PUBLICA. CLARO QUE TEMOS QUE TER CUIDADO E TAMBÉM SABER DEMOSTRAR NOS AMOR E CARINHO RESPEITOSAMENTE. SEM GESTOS VULGARES COM ALGUNS CASAIS HETEROSSEXUAIS FAZEM, CLARO QUE SÃO TODOS. ENFIM A SOCIEDADE AINDA TEM A VISÃO QUE "GAY" É SOU CARAS AFEMINADOS E TRANS SEXY OU TRAVESTI.MAS NÃO E BEM ASIM OS CARA QUE NÃO SÃO AFEMINADOS, SE ESCONDEM COMO MEDO DE REPRESARIA! JÁ DESCULTI VARIAS COMO MUITOS AMIGO SOBRE ESTA ASSUNTO! "NOS TENHO QUE MOSTRA PARA SOCIEDADE QUE SOMOS GAY DISCRETOS, MAS QUE NÃO TEMOS MEDO DE MOSTRA O CARINHO E O AMOR COM O NOSSO PARCEIRO EM PUBLICO!" MAS SEMPRE FUI TAXADO POR ELES. QUANDO EU ESTAVA NAMORANDO, O MEU EX NAMORADO TINHA A MESMA VISÃO QUE EU TENHO, ENTÃO OS NOSSOS AFETOS ERAM TÃO BONS,E MARAVILHOSOS QUE JÁ SEM PERCEBER SAIAMOS DE MÃOS DADAS, ABRAÇÁVAMOS NO ÔNIBUS, E NOS BEIJÁVAMOS EM SHOP, PRAÇA, CINEMA, PIZZARIA, ENFIM... MAS O ESPANTO DAS DEMAIS PESSOAS ERAM TANTA QUE A GENTE FICA SIM CONSTRANGIDOS,MAS MESMO ASSIM EU SEMPRE BRINCAVA RELEVAVA, E APROVEITAVA PARA OLHAR FIXAMENTE PARA ELES, E VOLTAVA A TROCAR MEU AFETO COM MEU EX. E QUEM FICAVA MEIO CONSTRANGIDO JÁ ERA AS PESSOAS QUE SE INCOMODAVAM. BEM MAS NOS SEMPRE BUSCAMOS MOSTRA PARA ESTA PESSOAS QUE SOMOS UM CASAL NORMAL. NÃO SEI SE MINHAS ATITUDES FORAM RUIM, MAS SEI QUE FORAM MOMENTOS MARAVILHOSOS QUE TIVE COM ELE, ME SENTEI MAS VIVO E DIGNOS DO QUE NUNCA! HOJE EM MEU FACE SEMPRE COLO FOTOS E FRASES SOBRE O BEIJO, AMOR E CARINHO HOMO AFETIVO. HOJE TENTO ESCREVER HISTORIAS DE AMOR HOMOSSEXUAIS, PARA MOSTRA QUE O AMOR HOMOSSEXUAL EXISTE! QUE É DIFÍCIL SIM HOJE, MAS QUANDO TEMOS EM MÃO VALE APENA LUTAR E MOSTRA! PROVAR QUE O AMOR NÃO ESCOLHE, SEXO, RAÇA, RELIGIÃO,NACIONALIDADE, IDADE,E CLASSE SOCIAL!

Gente, meus parabéns. Terminei de ler o texto com lágrimas nos olhos. Ao mesmo tempo com dor de saber que esta é a realizade da comunidade LGBT e por acreditar que um dia será diferente.

Eu não beijo em público para evitar Conflitos. Gostaria muito, mas há muito preconceito. Acredito que daqui há alguns anos tudo será mais Light, e ninguém mais vai ter que se oprimir.

Galera, quanto mais se esconderem, menos será aceito. Tudo que se torna demasiado se torna banal. Um dia não será mais motivos de vergonha. Hoje há muita lei defendendo os gays, sobretudo aqui no RJ onde é bem mais liberal. Façam o que tiverem vontade e quebrem a barreira. Não acredito que haverá muita agressão.

Acho que eles não devem realmente beijar em público, pois por mais que eu não tenha preconceito nem nada contra os homossexuais, eu vou me sentir constrangida em ver dois homens ou duas mulhres aos beijos nas vias públicas onde pessoas de todas as idades e crédulos vejam. Não acho convieniente

Sinceramente, o que a Eliane disse é totalmente preconceito, eu acho que sim , devemos ter o direito de expressar o amor com os nossos parceiros, sem exagero, ter respeito consigo mesmo é o mais fundamental, eu me sinto constrangido quando um casal hetero se beija no meio da rua, em uma "quase" relação sexual, é simplesmente constrangedor. Assim como heteros tem o direito de beijar em público, digamos, de uma maneira "sadía", os homossexuais também tem. A sociedade deve entender que existimos, e que , querendo ou não, fazemos as mesmas coisas que os heteros fazem, por que se esconder? Eliane, se fosse do jeito que você disse, deveria ser proibido qualquer manifestação de carinho em público, se heteros se sentem constrangidos, também deveria me sentir constrangido se dois heteros se beijam. Enfim, é hora de quebrar os tabus e simplesmente viver :) Abraços a todos.

Bem. Eu até arrisquei várias vezes beijar meu namorado em rua, shopping, etc, etc. Mas, como o Danilo bem comentou, o preconceito ainda é grande. Eu não faço questão de demonstrações de afeto públicas, pelos mesmo motivos que já citaram, não provocar os outros e não ser incomodado. Realmente dada minha situação prefiro a discrição. Talvez ae no Rio, Lou, já haja uma população homossexual melhor esclarecida, mas onde moro, o que vejo são modistas seguindo modismos. Não têm espírito crítico para vestir a camisa pela causa homossexual, são apenas gado manipulável. Ainda bem q em novelas da Globo agora sempre tem um casal homossexual. Talvez isso ajude na aceitação por parte da família, o primeiro círculo social q devia nos respeitar. E outra, eu acho q devem ser difundido mais valores familiares na comunidade gay. Como foi o caso de quem lutava para legalizar a instituição do casamento juridicamente válido. Isso sim é um ganho para a comunidade. Enquanto possuírem esse comportamento de frivolidade, infidelidade, volatilidade, e até mesmo futilidade excessiva, pelos quais somos rotulados, NUNCA seremos devidamente respeitados.

é verdade, eu sou gay não revelado, e passo uma vida daquelas, e tem muito medo. mas um dia nos vamos viver a nossa vida a vontade eu tenho certeza e Deus vai nos ajudar.

EU FICO MUITO TRISTE QUANDO UM AMIGO ME FALA ISSO, E QUE ME CRITICAM POR EU NÃO TER MEDO DE BEIJAR, DE ANDA DE MãOS DADA, ABRAÇA E TROCAR CARINHOS EM PUBLICA. CLARO QUE TEMOS QUE TER CUIDADO E TAMBÉM SABER DEMOSTRAR NOS AMOR E CARINHO RESPEITOSAMENTE. SEM GESTOS VULGARES COM ALGUNS CASAIS HETEROSSEXUAIS FAZEM, CLARO QUE SÃO TODOS. ENFIM A SOCIEDADE AINDA TEM A VISÃO QUE "GAY" É SOU CARAS AFEMINADOS E TRANS SEXY OU TRAVESTI.MAS NÃO E BEM ASIM OS CARA QUE NÃO SÃO AFEMINADOS, SE ESCONDEM COMO MEDO DE REPRESARIA! JÁ DESCULTI VARIAS COMO MUITOS AMIGO SOBRE ESTA ASSUNTO! "NOS TENHO QUE MOSTRA PARA SOCIEDADE QUE SOMOS GAY DISCRETOS, MAS QUE NÃO TEMOS MEDO DE MOSTRA O CARINHO E O AMOR COM O NOSSO PARCEIRO EM PUBLICO!" MAS SEMPRE FUI TAXADO POR ELES. QUANDO EU ESTAVA NAMORANDO, O MEU EX NAMORADO TINHA A MESMA VISÃO QUE EU TENHO, ENTÃO OS NOSSOS AFETOS ERAM TÃO BONS,E MARAVILHOSOS QUE JÁ SEM PERCEBER SAIAMOS DE MÃOS DADAS, ABRAÇÁVAMOS NO ÔNIBUS, E NOS BEIJÁVAMOS EM SHOP, PRAÇA, CINEMA, PIZZARIA, ENFIM... MAS O ESPANTO DAS DEMAIS PESSOAS ERAM TANTA QUE A GENTE FICA SIM CONSTRANGIDOS,MAS MESMO ASSIM EU SEMPRE BRINCAVA RELEVAVA, E APROVEITAVA PARA OLHAR FIXAMENTE PARA ELES, E VOLTAVA A TROCAR MEU AFETO COM MEU EX. E QUEM FICAVA MEIO CONSTRANGIDO JÁ ERA AS PESSOAS QUE SE INCOMODAVAM. BEM MAS NOS SEMPRE BUSCAMOS MOSTRA PARA ESTA PESSOAS QUE SOMOS UM CASAL NORMAL. NÃO SEI SE MINHAS ATITUDES FORAM RUIM, MAS SEI QUE FORAM MOMENTOS MARAVILHOSOS QUE TIVE COM ELE, ME SENTEI MAS VIVO E DIGNOS DO QUE NUNCA! HOJE EM MEU FACE SEMPRE COLO FOTOS E FRASES SOBRE O BEIJO, AMOR E CARINHO HOMO AFETIVO. HOJE TENTO ESCREVER HISTORIAS DE AMOR HOMOSSEXUAIS, PARA MOSTRA QUE O AMOR HOMOSSEXUAL EXISTE! QUE É DIFÍCIL SIM HOJE, MAS QUANDO TEMOS EM MÃO VALE APENA LUTAR E MOSTRA! PROVAR QUE O AMOR NÃO ESCOLHE, SEXO, RAÇA, RELIGIÃO,NACIONALIDADE, IDADE,E CLASSE SOCIAL!

Comentar

Conteúdo relacionado