Nas redes sociais: Um mais um é igual a zero

As redes sociais são uma ferramenta de inegável ajuda na comunicação hoje em dia. Através delas temos acesso a notícias de portais, sites e blogs. Além das informações que nos são passadas pelas pessoas com as quais mantemos vínculo.

Por isso, seja no Twitter, no Facebook ou Orkut (que ainda é a que faz mais sucesso no Brasil), se você quer estar conectado às novidades do ultimo minuto, precisa ter um perfil em uma dessas redes.
Eu entendo que algumas pessoas comprometidas, com menos confiança em si e no outro, fiquem verdes de ciúmes e, com a pulga atrás da orelha, quando o parceiro tem perfil pessoal em algum site de relacionamento.

Mas, pelo amor de qualquer coisa! Obrigar o cara a deletar a conta em um site é o cúmulo da falta de respeito. Pedir a senha pra checar o que se passa, então, é quase um insulto. Quase, porque pra mim, ainda tem uma coisa muito pior do que essas duas que eu citei.

Acredito que essa prática foi criada para “satisfazer” o desejo de inclusão no mundo virtual de um dos namoradinhos, que bateu o pé e teve o direito concedido pela outra parte da relação amorosa. Não imagina que prática seja essa? Pois eu te conto: Fazer UM perfil para os DOIS pombinhos que se amam imensamente. Assim ambos têm a mesma senha e acesso ao perfil. O que proporciona monitoramento das atividades do outro.

Acho besteira. Quem garante que seu namorado não tem um fake pra putaria on line? Mesmo que estivessem 24 horas juntos, se seu namorado quiser te trair, ele vai arrumar um jeito pra fazer isso. Fato.
Pra que atestar publicamente que você tem auto-estima baixa e que não confia no seu namorado? É o outro que tem ciúmes de ti e você só agüenta esse lance do perfil duplo pra não causar atritos? Ah, vá! O que parece é que você tem medo do seu namorado e não tem voz ativa pra fazer valer um direito seu.

Desculpe a franqueza, eu sei que com esse texto não erradicarei os perfis duplos da face da terra, mas precisava desabafar.
Acho falta de personalidade ter um perfil do tipo “João e Julião – Eternamente juntos”. E nesse caso sou obrigado a dizer que perfil de um mais um, pra mim, é igual a zero (à esquerda). Sua privacidade vale muito (até mesmo nas redes sociais, onde ela é quase nula). Então lute por ela, pombinho.

Visite o Blog do Leandro: www.doqueosgaysgostam.com 




Comentários

Coração, é a primeira coisa,antes mesmo do nome do carinha, a senha do Orkut,Msn,Face e outros. Posso afirma isso! Sei de um caso que o menino pegou a senha e deletou logo o último peguete ...Sei que vai rir! Adorei o texto.

O problema não são as redes sociais, mas sim como a forma que a pessoa a utiliza, seja para colocar uma mensagem com poder de Ostentação ou Ofensiva para alguém. Isso é o cúmulo do redículo. Finalizo com o que penso: "Até agora não entendo o porquê as pessoas insistem nestas redes sociais para ficar obtendo status virtual através de comentários nada frutíferos?"

Oi Bruno. Então somos dois na comunidade "privacidade´. rs Bjs, obrigado pelo comentário. Lê.

Comentar

Conteúdo relacionado