Androginia é inspiração de diversos desfiles na Semana de Moda de Curitiba

Homens de saia, com armação de vestido, de legging, de rosa, de transparência, cetim, com renda... Homens de verdade mas com um toque feminino. A androginia, aquela tendência de não saber identificar o gênero ao primeiro olhar, foi presente em vários looks masculinos na Semana de Moda de Curitiba. O evento aconteceu na última semana e reuniu propostas de estilistas locais no Museu Oscar Niemeyer, na capital paranaense. 
 
No desfile dos alunos de moda das faculdades Uniandrade, no Domingo, peças masculinas com muito rosa, cetim, decotes super insinuantes, renda francesa e até uma saia masculina, sob o tema e trilha de O Fantasma da Ópera e com referência aberta ao andrógino. O desfile da marca Erre Nove, no sábado, inspirado em uma viagem com referência em São Francisco, EUA, corte e estampas que até pouco tempo não entrariam no guarda roupa masculino. A impressão é exatamente a oposta: a moda masculina saiu do armário, pelo menos na semana de moda da até pouco tempo conservadora Curitiba.
 
No desfile dos alunos do Centro Europeu, mais elementos da androgenia. Dois modelos entraram com armações de vestidos inspirados no século XIX, com direito a roupa de baixo preta de compreensão alta e lateral transparente em desfile inspirado no Barroco. A moda, como sempre, antecipa o que virá em termos de comportamento e temas universais. A moda dá sinais claros de que mais uma revolução já começou.
  
 
 

Categoria: 

Tags: 




Comentários

Comentar

Conteúdo relacionado