Nadador olímpico Amini Fonua assume ser gay

Mais um atleta olímpico sai do armário e assume sua homossexualidade. Depois do jogador de basquete norte americano Jason Collins ter revelado ao mundo que era homossexual, a vez agora é o nadador Amini Fonua que representou a nação de Tonga (ilha do Pacífico Sul), nos jogos Olímpicos de Londres. 

O nadador assumiu sua homossexualidade através do jornal da universidade A&M do Estado do Texas, EUA, onde estuda.  A revelação do atleta pegou muita gente de surpresa, uma vez que a universidade onde o jovem estuda é uma das menos simpatizantes à população LGBT. Para Fonua, as pessoas fazem sensacionalismo com a questão da homofobia. "Homofobia tem em toda universidade, não somente na A&M. Pode ser um pouco mais forte aqui, mas eu acho que as pessoas fazem sensacionalismo do que realmente é", relatou o rapaz.
 
 Fonua ainda disse que de acordo com os princípios velados na universidade, um “Anggie” (como é chamada sua equipe) não poderia mentir.  O jovem ainda encoraja outras pessoas a se libertarem: “E se você está vivendo no armário, você está vivendo uma mentira" afirmou. Após o comentário, numa postagem em seu Twitter completou: "Não deixe que nada fique no caminho de seus sonhos”, ensinou o atleta gatíssimo. 

 
 

Categoria: 

Tags: 




Comentar

Conteúdo relacionado