Apesar da crise, podemos rir com essas vagas

Que nosso país passa por uma crise econômica, todos sabemos. Como consequência disso, de acordo com a Organização Internacional do Trabalho, em 2016, mais de 9 milhões de pessoas estão desempregadas nesse Brasil varonil -o  equivalente à população de Pernambuco.
 
E a coisa fica mais tensa (e também hilária) quando olhamos os classificados e nos deparamos com algumas descrições de vagas que deveriam fazer qualquer funcionário de RH ter vergonha de botar a cara no sol:
 
Vaga 1: “Área de especialização: Informática... Requisitos básicos: gostar de café (e saber fazer) também é um plus! Todos nós fazemos café por aqui! ”.
>> Odeio café, até sei fazer, mas acho que não conseguiria essa vaga! #chateada.
 
Vaga 2: “Precisa-se de vendedora com experiência (OBS: Sem Whatsapp)”
>>  Sem zapzap não rola. Como sobreviver sem as correntes, orações, piadas, fotos, vídeos e áudios “impróprios” de cada dia? 

Vaga 3: “Estágio de Direção de Criação/Design. Requisito: baixa ambição salarial”. 
>>  Como manter nossos cabelos de vários salários mínimos? 

Vaga 4: “INFORMÁTICA. Trabalho para quem gosta de trabalho, mas muito trabalho. Dedicação o tempo inteiro. Salário R$ 800”.
>> Miga, apenas pare. Quem gosta de trabalho, mas muito trabalho? E por esse salário!

Vaga 5: “Carga Horária: 180 horas semanal”.
>> Sou de humanas, por isso sei que 180 horas exigem o uso do plural no “semanal”. E para cumprir essa carga, seria preciso trabalhar 25 horas por dia, de segunda a domingo... Não, obrigado!

Vaga 6: “Customer happiness superstar. Requisitos: a pessoa tem que ser resistente ao estresse e feliz”.
>> Achei o nome chique! Mas ser resistente ao estresse e feliz ao mesmo tempo? Não sei se daria conta... Nem me candidataria!

Vaga 7: “Encantador de clientes”. 
>> ACHEI! Ideal para mim! Li todos os livros e vi todos os filmes do Harry Potter! Cliente agitado? Petrificus Totalus! Sonhador? Vingardium Leviosa! Devedor? Avada Kedavra. \o/
Pois é, se depender das empresas que divulgaram essas vagas, o desemprego por aqui logo será equivalente à população da China!

Leandro até usaria um feitiço destrói-emprego-fajuto de deixar o Dumbledore orgulhoso, mas nasceu trouxa e não frequentou Hogwarts... 

Ilustração by rafabr
 

Tags: 




Comentar

Conteúdo relacionado