Bomba em área gay de Nova York deixa 29 feridos

Os Estados Unidos sofreram com uma série de ataques e explosões em áreas urbanas do seu território no último final de semana. O bairro de Chelsea, em Nova Iorque, bastante habitado pela comunidade LGBT, foi atingida por uma bomba, que feriu 29 pessoas. O ataque aconteceu próximo às 20h30m de sábado, entre a Sexta e a Sétima Avenidas. 
 
Outro dispositivo foi encontrado e desativado pela polícia próximo ao local. Um blog no Tumblr chamado “I’m the NY Bomber” - eu sou o responsável pela bomba de NY - revelou que o ataque teria sido planejado por um gay por estar descontente com as injustiças civis sofridas pela comunidade. Entretanto, o Departamento de Polícia de Nova Iorque, o FBI e o prefeito da cidade, Bill de Blasio, já deram declarações informando que o blog é um trote de mau gosto. As investigações estão tentando conectar os diversos ataques que aconteceram ao redor do país, como em Nova Jersey.
 
O desenrolar da história está com novos desdobramentos a cada instante, mas o que se sabe até o momento é que a polícia prendeu Ahmad Khan Rahami na manhã de ontem. Acredita-se que ele seja o responsável pelos ataques de Chelsea e Elizabeth, em Nova Jersey, ou que pelo menos esteja envolvido com o planejamento. Poucas informações foram reveladas sobre o caso, o que dá mais preocupação para a mídia. 
 
O Governador do Estado Andrew Cuomo disse à mídia que não acredita ter sido um atentado internacional, mesmo sabendo da origem afegã de Rhami. Entretanto, ele acredita que o ataque tenha sido intencional, com o objetivo de ferir pessoas que passavam pela região. Agora, o objetivo da polícia é determinar as causas e os motivos da explosão. Todos os 29 feridos já receberam alta do hospital. 

 
 

Categoria: 

Tags: 




Comentar

Conteúdo relacionado