No furacão

No programa SBT Repórter deste domingo, Roberto Cabrini entrevistou o pastor Silas Malafaia que se defendeu das acusações que vem enfrentando na Justiça, sobre lavagem de dinheiro e corrupção. Ele acusa os esquerdistas, ativistas gays e pessoas que odeiam evangélicos de montarem as acusações. Malafaia aproveita para acusar a Disney de expor as crianças a conteúdo sexual e querer converter as crianças. Ele ataca o movimento gay - diz que os homossexuais são responsáveis pela desgraças da homofobia ao afirmar que jovens LGBTs se matam mais por serem seduzidos a uma vida diferente e que não reconhece as famílias homoafetivas. O pastor diz que não é homofóbico e que aceitaria um funcionário homossexual, desde que competente. Segundo o pastor, ele não concorda e isso é democracia. Cabrini chega a perguntar se ele acredita em Deus e o que acha de ser chamado de mercador de almas.

     

Tags: 




Comentar

Conteúdo relacionado