Últimas Notícias

Vergonha da Prefs: Por pressão de evangélicos Prefeitura de Curitiba retira do ar imagem com menção a casamento igualitário

E ficou só na boa intenção. Depois de elogiarmos a imagem do perfil da Prefeitura de Curitiba, vereadores evangélicos fizeram uma moção de repúdio e pressionaram a prefeitura que removeu de seu Facebook há pouco uma imagem que mostrava tipos diversos casais e um coração, em apoio ao casamento igualitário, em matéria sobre um casamento coletivo que acontecerá em dezembro na cidade.



Carrefour cria Guia da Diversidade e proíbe a homofobia, inclusive por motivo religioso

Os funcionários da empresa francesa de supermercados Carrefour no Brasil receberam este ano a cartilha Guia da Diversidade, com perguntas e respostas com objetivo da inclusão do tema LGBT entre seus colaboradores, onde há o capítulo “Como tratar pessoas LGBTs”. A empresa aderiu ao grupo que apoiou a cartilha da ONU “Construindo a igualdade de oportunidades no mundo do trabalho: combatendo a homo-lesbo-transfobia”, lançada esta semana, no Instituto Carrefour, e mostra que já está fazendo o dever de casa.




ONU lança no Brasil manual sobre direitos LGBT no ambiente de trabalho

A Organização das Nações Unidas e seus parceiros no Brasil lançaram nesta terça-feira (30/9), em São Paulo, no Instituto Carrefour , o manual “Construindo a igualdade de oportunidades no mundo do trabalho: combatendo a homo-lesbo-transfobia”. O material traz histórias reais de discriminação no ambiente profissional e diretrizes para a promoção dos direitos humanos de pessoas LGBT no mundo. O lançamento do manual faz parte também das ações da ONU no âmbito da campanha Livres e Iguais.



Triste: Governador Beto Richa faz bullying homofóbico em debate no Paraná

No último debate do primeiro turno da corrida ao Governo do estado do Paraná, da RPC TV, afiliada local da Rede Globo, na noite desta terça-feira, o candidato à reeleição, o governador Beto Richa fez uma insinuação machista e homofóbica direcionada ao candidato e senador Roberto Requião. O governador, depois de ser elogiado ironicamente pelo opositor, que deve ir a segundo turno com ele, disse: "Requião tem me elogiado muito, disse que me estou bem vestido, elogiou a minha cor de pele, até agora eu vinha levando na brincadeira, mas começo a achar que ele quer alguma coisa comigo”.




Dilma afirma que fala de Fidelix foi um absurdo e que a discriminação é um câncer

Reunida com lideranças LGBT nesta segunda-feira, a presidente Dilma Rousseff se manifestou sobre o episódio ocorrido no debate eleitoral de domingo, em que o candidato Levy Fidelix foi altamente homofóbico e deselegante. A presidente considerou as palavras de Fidelix um "absurdo". Dilma afirmou que o tema é "uma questão de civilidade", e que "a homofobia é um câncer que corrói a sociedade". Para a presidente, a atitude do candidato não condiz com o tamanho do Brasil e que todos devemos aprender e ser contra a homofobia.

Confira a fala:




Filme holandês Jongens (Garotos) aborda descoberta da sexualidade entre adolescentes

Um ambiente bucólico é o cenário da revelação do amor entre dois amigos, Sieger (Gijs Blom) e Stef (Stijn Taverne), ambos com 15 anos e membros do clube de atletismo da escola que frequentam. O drama holandês traz cenas fortes e fotografia belíssimas, e aborda a sexualidade de rapazes em que um deles não se vê como gay mas que descobrem um amor um pelo outro depois de um beijo trocado em um lago. A reação dos personagens, das famílias, dos amigos pautam o longa de Mischa Kamp.




A união faz a força: Conheça os candidatos LGBT e vote!

Os candidatos LGBT buscam seu voto para combater os conservadores que impedem o avanço dos nossos direitos igualitários. Aqui em nosso site, nos próximos dias, teremos espaço abertos para os candidatos LGBT de todo o Sul se manifestarem em busca do voto de nossos leitores. Nestas eleições, encontramos 18 candidatos LGBTS (lésbicas, gays,bissexuais e transgêneros - travestis e transexuais) para os pleitos a candidato estadual e federal. As mulheres, incluindo as mulheres trans, são a maioria.



Campanha criada por drag queen quer modificar política de nome real do Facebook

A drag queen Olivia LaGarce, Rainha gay 2014 de Seattle, nos EUA, criou no site Change.Org uma campanha que está prestes a atingir o objetivo de conseguir 35 mil assinaturas para que o Facebook reveja sua política adotada neste ano que proíbe termos e exige comprovação do nome real nos perfis que julgar que podem ser falsos. A medida do site que visa o aumento da segurança no uso da rede social trouxe a alteração de muitos nomes de artistas e principalmente de pessoas transexuais e travestis.



E Se Fosse Eu: Campanha em redes sociais choca para sensibilizar sobre homofobia

Uma curiosa campanha nasceu nas redes sociais mobiliza gays, lésbicas, bissexuais, transexuais e simpatizantes para a luta contra a violência que vitimiza a cada 26h um LGBT no Brasil, segundo dados do GGB. Intitulada #eSeFosseEu, o perfil no Facebook incita as pessoas a utilizarem suas fotos e postarem uma notícia falsa de que ela foi assassinada, com requintes de crueldade, por ser LGBT, para mostrar aos amigos nas redes sociais que todos nós estamos sujeitos à homofobia.




Ação sobre Direitos de transexuais e travestis parada no Supremo promete polêmica

A Ação Direta de Inconstitucionalidade (ADI) n.º 4275, movida pela Procuradoria-Geral da República em 2009 deve finalmente entrar em discussão ainda este ano no Supremo Tribunal Federal (STF). A ação questiona o reconhecimento do direito das pessoas transexuais mudarem seu nome e sexo antes da realização da cirurgia de readequação genital (mudança de sexo). Para a Procuradoria-Geral da República, a apresentação de laudos psicológico e psiquiátrico apontando a patologia de disforia de gênero deveria bastar.




Páginas