Últimas Notícias

Federico Devito é gay sim, e daí? Colírio sai do armário em vídeo

Há alguns anos, o gatinho nascido na Argentina, descoberto em Balneário Camboriú, Federico Devito, 22, virou Colírio e protagonizou o seriado da Capricho “Vida de Garoto” e virou uma celebridade teen. Ontem, ele postou um vídeo assumindo ser gay em um ato de coragem. O rapaz conta que depois que postou uma foto com um ex em fevereiro deste ano, as pessoas cataram que ele era gay, e os fãs gays começaram a cobrar conselhos dele, e que ele resolveu usar seu canal no Youtube para se comunicar com eles.




Casamento coletivo gay público carioca reúne 160 casais em sua quinta edição

Neste sábado, no Armazém Utopia, zona portuária do Rio de Janeiro, aconteceu a quinta edição do casamento civil homoafetivo da Secretaria de Estado de Assistência Social e Direitos Humanos em parceria com o Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro e a Associação Estadual dos Registradores de Pessoas Naturais. O evento teve abertura com a cantora e atriz trans Jane Di Castro que emocionou os presentes com a música “Emoções”, de Roberto Carlos. A própria cantora oficializou sua união de mais de 47 anos!




Ex líder ex gay se casa com companheiro e diz que quer ser feliz

Durante 18 anos, o norte americano John Smid (à dir.) liderou o grupo “Amor em Ação”, da Igreja Exodus Internacional que entre seus slogans e “verdades” pregava que a homossexualidade era pecado e que era preciso rezar para afastar a homossexualidade de pensamentos e desejos, vindas de forças do mal. O grupo de terapia de conversão e a Igreja acabaram em 2011, hoje Smid se dedica a pregar o amor em sua nova entidade, a “Truth Wins Out”, que prega exatamente o contrário da entidade que provocou dor por décadas e difundiu suas idéias copiadas em todo o mundo de que Deus não ama os gays.



Em cartada final dupla, bancada evangélica quer proibir adoção e casamento gay

Depois que o Supremo Tribunal Federal por ação vinculante decidiu, em 2011, no julgamento de uma Ação Direta de Inconstitucionalidade, que a união estável entre pessoas do mesmo sexo é válida no país, e por consequente o casamento, que deve ser facilitado segundo a lei, pessoas contrárias a estas uniões vem tentado derrubar este direito adquirido na Justiça pela comunidade gay.



Time de hóquei da Universidade de Nottingham fica pelado contra a homofobia

Seguindo  o exemplo de outras equipes de diversos esportes da Europa, o time de hóquei sobre patins da Universidade de Nottingham, na Inglaterra, resolveu fazer a sua parte. Em apoio ao projeto do Centro Acadêmico da Universidade “Voice Your Rights”, Dê Voz aos Seus Direitos, os atletas tiraram tudo, jogaram sem roupas segurando os dois “tacos”, tímidos mas comprometidos, e posaram para fotos com escritas no corpo e gravaram vídeos que viraram um clipe contra o preconceito. Alguns bem gatinhos!

 
Confira fotos e videos:





Novela inglesa inova com primeiro personagem protagonista portador do vírus HIV

Na soap opera inglesa Hollyoaks, do Canal 4, o protagonista Ste Hay, vivido pelo ator Kieron Richardson, 28, descobrirá que tem o vírus da Aids. Gay assumido, o rapaz descobrirá depois de transar com um desconhecido, Connor, que não sabia que era soropositivo. A história será revelada em janeiro de 2015 e irá marcar a história da TV inglesa com o primeiro personagem de destaque em uma trama lidando com o hiv.




Como um gay afeminado seria tratado nas ruas de Nova York?

Depois dos vídeos sobre as cantadas que homens e mulheres levam na cidade de Nova York, dois dos mais acessados e discutidos no mês passado, o canal de humor no You Tube Dennis Cee TV resolveu escancarar a homofobia. Ele gravou por 3 horas a reação das pessoas a um homem com trajes e trejeitos que o identificariam como gay, segundo o estereótipo da sociedade, e o personagem foi xingado mais de 50 vezes!!! E teve ainda cena de agressão física, bullying e olhares condenatórios!




Primeiro gay da NBA se aposenta aos 35 anos por falta de contrato

O pivô Jason Collins, 35, sem time desde o ano passado quando jogava pelo Brooklyn Nets, não conseguiu um novo contrato e anunciou que vai se aposentar, depois de 13 anos de carreira. O atleta surpreendeu a todos no ano passado ano anunciar que era homossexual. “É maravilhoso fazer parte dessa quebra de tabus no esporte e nos direitos dos gays, ser elogiado pelo público, técnicos, jogadores, pela liga e pela história", afirmou o atleta para a revista "Sports Illustrated".




Páginas