Últimas Notícias

Ser muito bonito é uma dádiva ou uma maldição?

Será que ser uma pessoa bonita, atraente e sexy tem só pontos positivos ou tem também os seus contras? Um em cada cinco brasileiros gostaria de fazer alguma cirurgia plástica de embelezamento. O mercado da beleza é um dos maiores movimentadores da economia nacional. Até que ponto ser bonito e manter a boa aparência é uma dádiva? Estar preso às rotinas da beleza pode ser uma maldição?
 
O modelo e matemático Pietro Boselli, muso que ficou famoso pela beleza em sala de aula, acredita que há poucos pontos negativos em ser bonito.



Miss Gay Brasil Tur celebra a diversidade e universo drag em Curitiba

Com o teatro Lala Schneider lotado, a primeira edição do Miss Gay Brasil Tur foi um sucesso. Com muito bom humor e pró-atividade, o concurso reuniu seis concorrentes belíssimas para disputar o título de beleza transformista em Curitiba na última segunda-feira, dia 13 de março.  A apresentação ficou por conta de Bettyna Brasfont, organizadora do evento e que com sua equipe, e muita perseverança, fez um evento lindo.



Ativista gay refugiado sofreu sequestro e violência sexual por dois dias na França

Zak Ostmane, 35, é um ativista gay argelino que fundou a ONG “Shams - France”, destinado a ajudar a população LGBT refugiada em países europeus. No dia 03 de março, Zac foi assaltado, sequestrado, espancado e violentado por dois dias na cidade francesa de Marselha. O ativista havia fugido da sua cidade natal por conta de perseguições.
 
Na Argélia, qualquer prática homossexual masculina ou feminina são ilegais e punidas por lei, com até vinte anos de prisão.



Fantástico traz menina trans de 11 anos em nova série "Quem sou eu?"

“Olhe no espelho. Imagine que o que você vê não é o que você é”, é com essa frase que começa a primeira reportagem da série “Quem sou eu?”, que vai contar a história de pessoas transexuais em diferentes partes da vida, na infância, adolescência, vida adulta e mais além na terceira idade. A série é produzida pelo programa Fantástico, da Rede Globo, e apresentado por Renata Ceribelli. Na primeira matéria, apresentada neste Domingo, conhecemos Melissa, de 11 anos. 
 
A reportagem faz um paralelo com a história “Alice no País das Maravilhas”, de Lewis Carrol.



Rede AccorHotels se torna membro do Fórum de Empresas e Direitos LGBT

No mês passado a rede francesa de hotéis AccorHotels, por meio da AccorHotels América do Sul, passou a integrar o Fórum de Empresas e Direitos LGBT, entidade fundada em 2013, em São Paulo, com objetivo de organizar e criar 10 compromissos para empresas em instituições, em respeito e promoção da comunidade LGBT. A rede reúne as bandeiras IBis, Mercure, Novotel, Adagio, Pullman, entre outros, com 310 na América do Sul, sendo 274 deles no Brasil. 



Transexual de São José dos Pinhais faz canal no YouTube para falar da sua transição

A atriz transexual Laysa Machado, que vive em São José dos Pinhais, criou um canal no YouTube para falar sobre a sua transição e suas experiências como uma mulher transexual. “Coisa da Laysa”, como é chamado, já está no ar desde agosto de 2016 e foi selecionado para o Prêmio Educando para o Respeito à Diversidade Sexual, do Instituto Brasileiro de Diversidade Sexual.
 
No primeiro vídeo do canal, Laysa fala sobre a sua transição, como foi o processo de identificação, descoberta e as mudanças de parâmetros ao se assumir trans.



Imperdível, participe: Festival de Curitiba começa com Gaymada na Praça Osório

O Festival de Curitiba é o maior evento cultural do Paraná e até mesmo do Sul do país. Reconhecido por suas apresentações de teatro e dança, o evento traz novas manifestações e intervenções na edição de 2017. O “Campeonato Interdrag de Gaymada”, organizado pelo coletivo Toda Deseo, de Belo Horizonte,  fará intervenções na Praça Osório e no Passeio Público nos dias 29 e 30 de março, em uma tentativa de discutir a diversidade de gênero no espaço público.



Irmão gato de Luciano Huck sai do armário e lança canal falando de sexualidade

Diretor de documentários como “Coração vagabundo” e “Quebrando o Tabu”, Fernando Andrade, de 36 anos, é meio irmão do apresentador Luciano Hulk e se assumiu gay recentemente. Jornais do Brasil todo trataram sobre a sexualidade de Fernando, depois de ter dado uma entrevista à Folha de S. Paulo falando sobre como se sentiu ao se descobrir gay. “Criminoso” e “doente” foram as palavras que usou ao lembrar seus primeiros sentimentos de auto rejeição, algo muito comum entre jovens gays, bombardeados por preconceito de que ser homossexual é algo errado .



Páginas