Últimas Notícias

Peça sobre conto de fadas brasileiro em que a princesa se apaixona por uma costureira gera polêmica

A prefeitura da cidade de Jundiaí, em São Paulo, causou polêmica ao apresentar a programação da Semana da Diversidade Sexual de Jundiaí. Isso porque no meio da lista de apresentações está a peça teatral “A princesa e a costureira”, a qual narra a história de amor entre duas mulheres. A polêmica surgiu quando o site “Gospel Prime – o cristão bem informado” publicou a notícia de que a cidade estava promovendo um conto de fadas gay para crianças. Após essa matéria, republicada por diversos veículos de comunicação, o grupo Jundiaí Pela Vida fez uma petição para barrar a peça.



Conhecido artista drag e ativista gay é morto em plena rua em São Francisco

O conhecido DJ, artista e ativista  Anthony Torres, também conhecido pelo seu nome de drag “Bubbles”, foi assassinado a tiros na madrugada de sábado, por volta das 3h, nas ruas do bairro de Tenderloin, em San Francisco, Califonia. Segundo testemunhas, depois de tocar em uma casa noturna da região, ele foi abordado por um homem, e que começaram a discutir logo em seguida. Apesar do relato, a polícia não está tratando como um crime de ódio.



Hotel da Tailândia faz alerta e exige autorização de hóspedes para entrada de ladyboys

Os hóspedes do Omni Complex Hotel, em Bangkok, capital da Tailândia, cidade famosa pela prostituição e por ter uma das maiores comunidades trans do mundo, estão recebendo um formulário da recepção, caso tentem levar para seus quartos, um profissional do sexo que seja percebido como “ladyboy”, termo usado no país para descrever mulheres transgêneros, ou até mesmo, homossexuais afeminados.



Campos de concentração para gays na Chechênia ainda torturam e matam

Desde março de 2017 a ong Russia LGBT Network está denunciando casos de intolerância contra homossexuais na Chechênia. De acordo com a organização pelos direitos LGBT’s, o país incita que as famílias matem seus membros homossexuais em nome da honra da pátria. A censura e controle estão cada vez mais fortes dentro do país. Existem depoimentos de pessoas que, ao se encaixarem na menor suspeita, são torturadas e até mortas. Segundo alguns sobreviventes, os policiais prendem qualquer pessoa que lhes pareça homossexual com a justificativa de que estão fazendo controle sobre drogas.



Concurso Miss USA tem a sua primeira competidora transgênero e ela é formidável

Anita Green, 26, é a primeira mulher transgênero a participar do concurso Miss USA, no Estado de Montana, nos Estados Unidos. O evento de beleza que aconteceu no sábado dia 9 de setembro, classifica mulheres a partir de critérios estéticos e elenca as vencedoras para outras etapas que, se vencidas, levam ao concurso do Miss Universo, o mais importante e almejado concurso de beleza do mundo. 



Soldado denuncia em vídeo homofobia dentro de quartel da PM em SP

O soldado da Polícia Militar Adriell Rodrigues Alves Costa, 35 anos, em vídeo, como seu último recurso, afirma ser vítima de assédio moral, homofobia e tortura psicológica e física dentro do 39º Batalhão da Polícia Militar, em São Vicente, no litoral de São Paulo.  No vídeo divulgado na semana passada, ele diz "temer pela vida", e que, apesar das enumeras denúncias ao comando e corregedoria, nada foi feito. Segundo ele, apenas ignoraram seu apelo e, em forma de desespero, ele resolveu gravar o vídeo e publicar na internet para que alguma medida fosse tomada.  




Projeto pretende criar primeira antologia da poesia gay brasileira

Com previsão de lançamento em dezembro deste ano, o projeto Poesia Gay Brasileira está em financiamento coletivo através do site Catarse. O projeto consiste em um livro contendo o que melhor representa a poesia gay brasileira. São poemas assumidamente gays, como as próprias autoras classificam, descobertos através de uma extensa pesquisa na literatura brasileira. As obras selecionadas incluem autores do século 19 que já tratavam do tema em suas produções. Os poetas passam por questões como amor, sexo, amizade e preconceito, sempre relacionadas a homossexualidade.



Pastores criadores da primeira Bíblia inclusiva do Brasil processam pastor baiano por difamação

Em junho de 2016, você conferiu aqui na Revista Lado A a entrevista com o pastor José Marvel Queiroz de Sousa, criador da primeira Bíblia inclusiva brasileira. A obra, que leva o nome de Bíblia Graça Sobre Graça, ficou conhecida como “Bíblia gay”. Entretanto, os comentários inclusivos contidos na versão vão além da questão LGBT, incluindo idosos, negros e mulheres.



Páginas