Últimas Notícias

Europride deve atrair mais de 500 mil pessoas

Londres recebe no dia 1º. de julho a Europride, com expectativa de atrair meio milhão de pessoas, o dobro da última edição, realizada ano passado em Oslo, Suécia. A parada londrina conta com o apoio governamental, além de um grupo de patrocinadores de primeira: Virgin celulares, British Air, Ford, os sites gaydar.com e gay.com e da prefeitura de Londres. Quem apadrinha o evento é o cantor e lord inglês Sir. Elton John.




Homem pega prisão perpétua por assassinar gay na Jamaica

O país do Reagge deve mudar o tom de suas músicas, algumas preconceituosas, após o assassino do líder gay Brian Williamson ser condenado à prisão perpétua. Dwight Hayden, de 25 anos, matou o ativista  com 70 facadas no pescoço no dia 7 de junho 2004. Hayden ainda tentou alegar que era um assalto e não um crime de ódio, para tentar fugir da pena máxima.




Assassinato em SC

Wellington Menezes Correia, 21 anos, confessou ser o assassino do empresário Pedrinho Gabriel Schneider, de 57 anos, de Treze Tílias, Santa Catarina. O crime ocorreu na noite de 15 de maio quando a vítima saiu de um bar em companhia do assassino. Schneider era dono de uma rede hoteleira e foi encontrado próximo a um milharal com vários cortes de faca.




Padre Pinto em clube gay de Salvador

 

O ex-padre Pinto assume a sua sexualidade em entrevista para site gay do nordeste. Em declaração para uma dragqueen “repórter”, o padre elogia o ambiente, o dote dos freqüentadores, fala que foi vítima de homossexuais de dentro da Igreja e ainda dançou.




Buba do Bem

























Quinta Sexy do Bem
A mais tradicional boate gay do sul do país, a Cats Club, que fica na Al. Muricy, aqui em Curitiba, promoveu na última quinta-feira, dia 08, uma festa beneficente para o lançamento da G Magazine de dezembro. A revista voltada para o público gay traz na capa o curitibano Edílson, o Buba, da terceira edição do reality show Big Brother Brasil.




Entrevista: Lucca Kosta


Como começou a sua intimidade com as artes?

Desde criança, sempre tive algum envolvimento com artes. Comecei com o  ballet, aos cinco anos de idade, depois veio a música. Estudei piano, canto, violão clássico, até guitarra. Teatro veio bem mais tarde, meio por acaso. Música é minha grande paixão. A profissão de cantora foi uma escolha consciente, mas já fiz um pouco de cinema, bastante teatro, que ainda faço, assim como o ballet.


Houve algum tipo de pressão quando você escolheu seguir os estudos em artes?




Fogo amigo na militância do Psol


No congresso nacional dos trabalhadores, CONAT – que aconteceu entre os dias 5 e 7 de maio, a diretora da Alem (Associação Lésbica de Minas) e do Sindeess (Sindicato da Saúde Privada de MG), Soraya Menezes, propôs que a classe trabalhadora deve lutar contra o preconceito. Tudo ia bem até que ela pisou pesado no calo do movimento gay, ao qual chamou de burguês: "Além de denunciar a  discriminação, o movimento deve lutar também por saúde, emprego e direitos.



Páginas