curitiba

Rapaz gay é atacado com ácido e pode perder a visão em Curitiba

Um ataque homofóbico brutal está sendo investigado pelo setor de Vulneráveis da Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) da Polícia Civil de Curitiba. No último domingo, Cleverson, um homossexual de 40 anos, vendedor autônomo, foi alvo de um suposto assalto em que acabou banhado com uma substância que o levou a ser internado em seguida com queimaduras por todo o tórax. O rapaz está internado no Hospital Evangélico, com queimaduras de segundo e terceiro graus, e corre risco de perder a visão de um dos olhos.



Curitiba tem vigília contra a LGBTfobia na Santos Andrade

Em 17 de maio de 1990, a homossexualidade foi retirada do rol de doenças mentais da Organização Mundial da Saúde.  Infelizmente, ainda hoje, mais de 70 países condenam a homossexualidade como crime e em cinco deles com a pena de morte. No Brasil, mais de 300 assassinatos LGBTfóbicos apontam que é preciso ainda lutar muito contra o preconceito e o ódio à gays, lésbicas, bissexuais, transexuais e travestis. Por isso o dia 17 de maio também virou um dia de resistência.



Curitiba conta com vários eventos culturais LGBTs em Maio

A programação cultural da Cidade de Curitiba conta com três eventos importantes voltados para a temática LGBT no mês de maio. Os eventos são em homenagem ao Dia Internacional de Combate a Homofobia, que é celebrado no mundo todo no dia 17 de maio. Fazem parte do calendário a Exposição Temática - Personagens LGBTs, o Cinedebate - Websérie Her Story e a Roda de Leitura - Dia Internacional Contra a Homofobia.



Adolescente curitibano de 16 anos lança segundo livro sobre adoção por casal homoafetivo

A Casa Hoffmann, localizada no centro histórico de Curitiba, foi o local do lançamento do segundo livro escrito pelo jovem de 16 anos, Alyson Miguel. “Kayke, o menino transformado” traz a história de um garoto de São Paulo que é adotado por um casal de lésbicas e precisa lidar com a sua rebeldia para entender de onde vem o amor das mães. Publicado pela editora Appris, a obra tem inspirações auto bibliográficas.
 
Assim como Kayke, Alyson teve que se ver sendo separado da família biológica por conta de uma decisão judicial.



Terceiro Encontrão LGBT de Curitiba já tem data marcada para Abril

No domingo do dia 30 de abril, a comunidade LGBT de Curitiba vai poder participar do 3º Encontrão LGBT - Bonde da Alegria, lá na Praça do Ciclista, na tradicional Rua São Francisco. O objetivo do evento é criar um espaço seguro de confraternização para a comunidade, com música, correio elegante, paquera, beijo na boca, bebida e muito close certo.
 
Depois do sucesso da primeira e da segunda edição do Bonde da Alegria, os organizadores decidiram correr para marcar a data de um novo encontro. Desta vez, algumas novidades vão agitar a festa, que vai das 14h às 17h.



“Momo: Para Gilda com Ardor” e a subversão do teatro paranaense

A 2ª Curitiba Mostra é uma seleção do Festival de Curitiba de peças regionais, trabalhadas em cima de textos de autores paranaenses, que são apresentadas ao público gratuitamente. Um dos destaques de 2017 foi a peça “Momo: Para Gilda com Ardor”, que fala sobre a subversão da identidade de gênero e orientação sexual de forma realista, sem deixar de ser vista sob o ponto de vista da arte.
 
Uma criação de Ricardo Nolasco, que performa na peça como a travesti Gilda.



Segunda Marcha pela Diversidade de Curitiba acontece em Maio

Em celebração ao Dia Internacional contra a Homofobia e Transfobia, que acontece no dia 17 de Maio, o Grupo Dignidade de Curitiba promove a Segunda Marcha pela Diversidade no dia 21 de Maio, saindo da Praça Santos Andrade, com concentração às 13h30. O objetivo do evento é adicionar mais uma data importante para a luta de direitos de lésbicas, gays, travestis, transexuais e bissexuais. 
 
Durante a concentração, vai acontecer uma oficina de cartazes, para que os participantes possam escrever seus protestos de forma orientada e consciente.



Fringe: De Salto Vermelho conta a história de três homossexuais, no Festival de Curitiba

O Festival de Curitiba está chegando a sua reta final, mas muitos dos grandes espetáculos ainda estão por vir. É o caso de “De Salto Vermelho”, que será representado nos dias 08 e 09 de Abril na Casa Hoffmann, no bairro São Francisco. A peça passeia pela história de três protagonistas homossexuais, da infância à vida adulta, caminhando pelo drama e a comédia da vida real. 
 
Dirigido por Léo Nunes, a peça conta com cinco atores no elenco, que interpretam, ao todo, sete personagens homossexuais.



Hiperrealista: Gaymada tem homofobia e chuva em Curitiba

A proposta do espetáculo “Campeonato Interdrag de Gaymada”, do coletivo Toda Deseo, que aconteceu na região central de Curitiba durante a abertura do Festival de Teatro era fazer uma intervenção urbana para representar a diversidade sexual e de gênero e criar um debate sobre lgbtfobia, gênero e orientação sexual. Mas o primeiro dia do espetáculo, 29 de março, acabando tendo uma cena bem realista.



Guia LGBTQ do Festival de Teatro de Curitiba 2017

Entre os dias 28 de Março a 9 de Abril, Curitiba recebe um dos mais prestigiosos eventos culturais do Brasil, o Festival de Teatro que, na sua 26ª edição, amplia seus horizontes para novas formas de arte. Serão 329 espetáculos divididos em seis mostras diferentes: sendo a Mostra Principal e o Fringe, as principais delas.



Curitiba tem casamento coletivo com participação de casais do mesmo sexo

A Prefeitura anunciou em fevereiro a realização de um casamento coletivo, em parceria com o Poder Judiciário do Estado do Paraná e o Sistema Fecomércio Sesc Senac, cujas inscrições foram até o último dia 01 de março. Agora, o órgão de imprensa da cidade revela que o evento vai acontecer no próximo dia 31 de março, no Memorial de Curitiba, com horário à definir. Casais gays também vão participar. 
 
Casais homoafetivos vão participar de uma cerimônia de caráter público, sendo respeitados e tendo seus direitos garantidos.



Cursinho Tô Passada de Curitiba comemora aprovações e abre inscrições para este ano

O “Tô Passada” é um cursinho preparatório destinados a pessoas trans, gays, lésbicas, bissexuais e travestis. O objetivo é ajudar a encaminhar alunos para serem aprovados no Exame Nacional do Ensino Médio, o ENEM, e conquistar aprovações em universidades do país. Outra vertente do projeto é dar suporte para o crescimento profissional do grupo, com oficinas sobre construção de curriculum, desenvolvimento pessoal e profissionalismo.



Páginas