gente

Tom of Finland vai virar emojis e promete fazer muito sucesso

Tom of Finland foi um artista Finlandês que contribuiu para a transformação da imagem do universo homossexual no século XX. Responsável pelas ilustrações eróticas mais icônicas da década de 60, 70 e 80, o artista representou um universo de erotismo e fetichismo baseado em homens musculosos, machos e selvagens, que fizeram parte da sua adolescência e vida adulta nas ruas e fazendas finlandesas.




Domingueiras fazem sucesso em Curitiba: Slainte, Simão, Cats e Route 69

Quem disse que domingo é dia de descansar está muito enganado. O povo quer mais é festar, beber, cair e levantar. Em Curitiba, algumas casas noturnas estão dominando as tardes e noites de domingo com as suas festas domingueiras. Slainté, com o seu pop e público bem diversificado, o Simão, com matinê, a Cats Club e a Route 69 com suas festas temáticas. Conheça um pouco mais sobre as festas de cada casa, todas inclusivas:
 
Slainté
Domingo é dia de festas temáticas no Slainté Irish Pub, no Batel. A Coolt e a Puta Festas são alguns exemplos.



Favorito em pesquisas presidenciais da França tem sua sexualidade questionada e afirma ser hétero

Emmanuel Macron é um político francês de 39 anos, um dos favoritos à presidência da França nas eleições de 2017. Rumores duvidam sobre sua sexualidade. Há quem espalhe boatos de que ele é homossexual, mesmo sendo casado com Brigitte Trogneux - 24 anos mais velha do que ele. Macron nega, afirma ser heterossexual e sempre que é questionado, responde com bom humor, sem qualquer repúdio ou preconceito. 
 
O principal argumento da oposição, que reforça o boato acreditando ser negativo, é de que o casamento de Macron com uma mulher 24 anos mais velha é uma farsa.



Formation: Família de ativista gay morto processa Beyoncé em US$ 20 milhões

Pela primeira vez na carreira musical de Beyoncé, ela larga o Pop e se lança com músicas afiadas, que expõe o racismo institucionalizado na sociedade americana. Em seu novo álbum Lemonade, Beyoncé fala sobre a opressão da polícia contra a população negra, o racismo e a inferiorização da cultura negra. A música e o clipe de Formation são uma aula sobre cultura black e, por isso, estão indicados ao Grammy. Entretanto, nem todos enxergam o sucesso da música dessa forma.



Lady Gaga grava participação em nova temporada de RuPaul´s Drag Race

A Logo TV, produtora do reality RuPaul’s Drag Race, liberou uma semana depois do cast da 9ª temporada, um vídeo com a cantora Lady Gaga completando a frase da Mama Ru “Ladies, start your engines, and may the best women win”. Logo em seguida, as queens participantes da nova temporada entram em euforia. O que será que Gaga vai fazer no programa? Vai ser jurada convidada ou há mais surpresa por aí?
 
O vídeo traz Gaga produzida no melhor estilo estravaganza das queens, ao lado de RuPaul, que veste um conjunto amarelo gema.



Lady Gaga canta hino gay Born This Way no Super Bowl

A cantora Lady Gaga foi a principal atração do intervalo do SuperBowl, final da NFL (National Football League), um dos principais eventos esportivos e televisivos dos Estados Unidos. Os comentários sobre a apresentação quebraram as Redes Sociais até no Brasil, onde o evento não é tão acompanhado. Fato é que Lady Gaga cantou Born This Way, hino LGBT, no evento, em um estádio do Texas, um dos estados mais conservadores do país.
 
O portal “USA Today” ressaltou que durante a letra de Born This Way, há a estrofe “não importa se você é gay ou bi, lésbica ou transgênero”. Esta seria a primeira vez que a palavra transgênero fora dita em um Super Bowl. Apesar do marco, a apresentação de Gaga deixou a desejar para muitos fãs, que esperavam mais ousadia e ativismo da sua parte. 
 
“O público esperava algo mais politicamente explícito”, comentou Daniela Mussi no Facebook. Seja por ordens da organização ou por escolha de um repertório com críticas embutidas, Lady Gaga não fez nenhum discurso abertamente contra Trump, mesmo tendo declarado publicamente a sua posição contrária ao presidente. Fato é que Gaga deu um espetáculo e não deixou a desejar ao homenagear a comunidade LGBT com Born This Way.
 
A apresentação foi o 2º Maior Show do Intervalo do Super Bowl em número de audiência, ficando atrás apenas do apresentado por Katy Perry, em 2015. Gaga foi confirmada logo em seguida para o Rock In Rio deste ano, na programação do primeiro dia.


Confira o show da Mama Monster:






 
A cantora Lady Gaga foi a principal atração do intervalo do SuperBowl, final da NFL (National Football League), um dos principais eventos esportivos e televisivos dos Estados Unidos. Os comentários sobre a apresentação quebraram as Redes Sociais até no Brasil, onde o evento não é tão acompanhado. Fato é que Lady Gaga cantou Born This Way, hino LGBT, no evento, em um estádio do Texas, um dos estados mais conservadores do país.
 
O portal “USA Today” ressaltou que durante a letra de Born This Way, há a estrofe “não importa se você é gay ou bi, lésbica ou transgênero”. Esta seria a primeira vez que a palavra transgênero fora dita em um Super Bowl. Apesar do marco, a apresentação de Gaga deixou a desejar para muitos fãs, que esperavam mais ousadia e ativismo da sua parte. 
 
“O público esperava algo mais politicamente explícito”, comentou Daniela Mussi no Facebook. Seja por ordens da organização ou por escolha de um repertório com críticas embutidas, Lady Gaga não fez nenhum discurso abertamente contra Trump, mesmo tendo declarado publicamente a sua posição contrária ao presidente. Fato é que Gaga deu um espetáculo e não deixou a desejar ao homenagear a comunidade LGBT com Born This Way.
 
A apresentação foi o 2º Maior Show do Intervalo do Super Bowl em número de audiência, ficando atrás apenas do apresentado por Katy Perry. 



It Gets Better Brasil será lançado em março em Curitiba

 
Curitiba será mais uma vez pioneira ao receber a parceria do projeto It Gets Better, que se consagrou como um movimento mundial de ajuda a jovens LGBTs em situação de opressão e abuso. O Espaço Paranaense da Diversidade anunciou, com alegria, a chegada do material promocional da campanha, camisas, bottons e adesivos, e informou sobre a gravação do primeiro vídeo em Curitiba, que acontecerá no dia 17 de março, durante as comemorações dos 25 anos do Dignidade.



Miguel Falabella desconstrói mitos sobre a homossexualidade com peça “God”

E se Deus estivesse cansado de todo esse preconceito e julgamento errado que acontece no mundo todo, o que ele faria? Na peça “God”, de Miguel Falabella, Deus desceria para a Terra, ou melhor, para os palcos, e ao lado dos seus arcanjos Gabriel e Miguel, questionaria as noções religiosas sobre os seus mandamentos, por meio de muita comédia. A peça está em cartaz no teatro Procópio Ferreira, em São Paulo, até o dia 19 de fevereiro. Mas já passou por Curitiba e pretende voltar para o sul do país.
 
Falabella interpreta o Todo-Poderoso, além de ser o diretor da peça.



Participante mais velha do BBB 17 se emociona ao mencionar filha lésbica

Ieda é a participante mais velha na casa do BBB 17. Aos 70 anos, a Miss Canoas 1964 foi motivo de memes antes do programa começar por ter apoiado o Movimento de Impeachment contra a ex-presidente Dilma Rousseff. Mas, nesta semana, já no reality, emocionou-se ao contar sobre como lidou com a descoberta da homossexualidade da sua filha Tanara Oliveira, 27. 
 
Ela estava falando sobre o jeito apaixonante da filha quando contou que passou por momentos difíceis para aceitar a orientação sexual dela.



Gays, latinos e negros americanos tem medo da perda de direitos e espaços no governo Trump

A eleição do presidente conservador Donald Trump, que tomou posse este mês nos Estados Unidos, colocou a comunidade LGBT do país em alerta e estado de profunda preocupação. Apesar de algumas poucas declarações em defesa da diversidade, o posicionamento anti-LGBT da sua política é claro. A nomeação de políticos que sempre votaram contra projetos de leis a favor da comunidade é um dos pontos preocupantes.




História real de aprendizado de professor com aluna trans vira e-book Uma Questão de Jeito

 
Luiz era um professor da rede pública que sempre ensinou voltado para os alunos com maior facilidade de aprendizado. Quando se deparou com a verdade de estar deixando de lado os alunos menos favorecidos, decidiu encarar novos desafios. Foi no seu primeiro dia de aula como professor substituto numa escola nova, que Luiz conheceu Clara, uma estudante transexual que desafiava tudo e todos para se impor com respeito.



Famosos e anônimos vítimas da Aids ganham perfil homenagem com suas histórias no Instagram

Um homem anônimo de 42 anos, que vive na Escócia, criou um perfil no Instagram para servir como memorial às vítimas fatais da epidemia da AIDS que aconteceu nas décadas de 1980 e 1990. O mosaico traz perfis de pessoas importantes e anônimas do mundo todo que perderam suas vidas nessa batalha. O objetivo do criador é resgatar a evolução do tratamento e a história da comunidade LGBT que está ligada a esse período. 
 
The AIDS Memorial, como é chamado o perfil, traz histórias como a de Carl Wittman, ativista LGBT, David Cole, compositor e Danny Pintauro, ator norte-americano.



Tradicional cereal Kellogg’s ganha anúncio com casal gay

A multinacional Kellogg’s, que produz seus tradicionais cereais a base de milho, entre eles o da marca Kellogg's, vai ganhar uma nova campanha de nove meses chamada #myperfectbowl com anúncios que incluem um casal gay no Reino Unido. A proposta é trazer diversos casais para falar sobre como eles consomem o cereal matinal. O vendedor Chris Hall, 42, e o cabeleireiro Mark Hearfield, 59, foram convidados para fazer parte desse elenco e ficaram empolgados com a perspectiva de trazer a conversa sobre as novas famílias para essa marca tão tradicional no mercado norte-americano.



Humor: DPF – Depressão Pós Floripa. Sintomas e Diagnóstico

Seu amigo anda calado, desmotivado, pensativo na vida? Ele passou algum tempo em Florianópolis durante o Verão e voltou para casa? Esta pessoa pode estar sofrendo de uma doença ainda não catalogada mas bem conhecida no Sul do país: Depressão Pós Floripa ou DPF. Os sintomas, além dos já citados, incluem esquecer as horas que passou no trânsito, querer voltar para Floripa (e perceber que fora da Virada e do Carnaval a cidade é outra, e no inverno outra mais distante ainda), e ainda ficar comentando horas e horas da viagem, mesmo com quem estava lá. 



O que há de errado com os garotos de Ipanema?

O Morro Dois Irmãos é testemunha:

–  Oi, você conhece esse garoto aqui? (Foto enviada)
–  Não, por quê?
–  Você sabia que ele está passando HIV pra geral?
–  Como assim? Deixa eu entender, ele te passou HIV?
–  Não, claro que não!
–  E como você sabe que ele é soropositivo e está contaminando todo mundo?
–  Um colega me contou...



Ator brasileiro sai do armário e faz carta manifesto contra a homofobia

Se a vida te dá um limão, faça uma limonada (ou uma caipirinha). E foi assim que o ator Leonardo Vieira veio a público esta semana, aos 48 anos, comentar um beijo seu com outro homem que tomou a internet. Com frases como “eu não vou pedir desculpas por ser gay” e “não escolhi ser gay”, ele conta como lidou com sua sexualidade e reage à homofobia que vem enfrentado na internet, mas que de alguma forma o acompanhou a vida inteira.



Páginas