homofobia

Gay discreto de 32 anos é encontrado morto, nu e amarrado em parque de Florianópolis

Na madrugada deste sábado, o ex comissário de bordo e músico Alexandre Santiago, 32, foi encontrado morto, sem roupas e com os pés amarrados no Parque Náutico Walter Lange, em Florianópolis. Região atrás da Rodoviária da cidade, onde passa a continuação da ciclovia Beira-Mar Norte, conhecido ponto de uso de crack, prostituição e pegação da cidade. Apedrejado e quase irreconhecível, a polícia chegou a afirmar que ele seria um morador de rua e havia sido um desentendimento entre desabrigados.



Pai espanca filho depois que ele revela ser gay em São Paulo

Ninguém espera ser espancado pelo pai aos 17 anos, mas um jovem de São Paulo, que vive no bairro do Grajaú, sentiu na pele as dores da agressão que resultou da homofobia. Ao contar para o pai sobre sua orientação sexual, teve a violência como resposta: foram chutes, socos, chibatadas com alça da bolsa em brasa e tentativa de enforcamento. Tudo piorou quando o seu pai pediu que a madrasta buscasse uma faca. “Eu sabia que ele ia me matar.”
 
Tudo começou quando o jovem voltou para casa, na última sexta-feira, 26, do terreiro umbandista.



Sesc Rio é condenado em segunda instância a pagar dano moral após assédio moral e homofobia

A juíza Flávia Alves Mendonça, da 57ª Vara Trabalhista, já havia condenado a instituição privada sem fins lucrativos Serviço Social do Comércio do Rio de Janeiro, Sesc Rio, que é mantida por verba prevista em lei, por assédio moral e homofobia no trabalho sofrido por um auxiliar administrativo. A sentença diz respeito ao caso que envolveu o funcionário Jerry Correia Lavinas, que relatou ter sofrido preconceito da sua gerente, que tinha o hábito de humilhar profissionais que não correspondiam com suas expectativas.



Jornal australiano pede desculpas quase 40 anos depois por capa homofóbica

O Editor Chefe do The Sydney Morning Herald, Darren Goodsir, escreveu um pedidos de desculpas oficial à comunidade LGBT por conta de uma capa homofóbica do jornal, 40 anos atrás, sobre a 1ª Parada do Orgulho da cidade australiana, em 1978. Na época, cerca de 500 pessoas saíram às ruas para protestar contra as leis anti gays do país e, mesmo com autorização da prefeitura, os policiais prenderam 53 manifestantes. Há relatos de violência e abuso policial na prisão arbitrária.



Estudante gay é agredido brutalmente em frente a escola no estado de São Paulo

Um caso de agressão homofóbica chocou a comunidade escolar de São José dos Campos, em São Paulo. Lucas S. de 18 anos foi agredido no portão da escola por cinco adolescentes, todos entre 14 e 16 anos, com pauladas, chutes e socos. Ele conta que já se sentia ameaçado dentro da instituição e que frequentemente era perseguido por um desses jovens, que o xingava por ser homossexual.



Gaymada no Piauí ganha apoio da OAB-PI depois de comentário homofóbico de advogada

A tarde do último sábado, 20, foi de muita luta e visibilidade no Parque Potycabana, em Teresina, capital do Piauí. A comunidade LGBTQ local se reuniu para a segunda edição local da Gaymada, que tem ganhado adeptos no país todo.  O esporte é a mesma queimada de sempre, onde os jogadores precisam acertar os do outro time com uma bola de borracha, só que dessa vez, toda forma de diversidade é celebrada e incentivada. Cerca de 500 pessoas, entre drag queens, travestis, gays, lésbicas e transexuais ajudaram a fazer o evento ficar maior e mais colorido.



Abrigos para refugiados homossexuais são inaugurados na Europa

No mês de janeiro noticiamos, aqui na Lado A, que refugiados homossexuais em Berlim haviam relatado ter sofrido homofobia nos acampamentos e albergues da cidade, foram registrados, pelo menos, 10 casos de violência do gênero. Em providência dos problemas, a Assessoria para os Homossexuais de Berlim se mobilizou para abrir na última terça-feira, 23, o primeiro abrigo exclusivamente voltado para os refugiados LGBTQs. Esta semana, as primeiras 17 pessoas chegam ao local, que fica no bairro de Treptow.
 
O novo espaço conta com 122 vagas distribuídas em 29 imóveis.



Participe você também do Desafio contra machismo e homofobia nas redes sociais

Um desafio que promete combater o machismo e a homofobia está rodando os perfis de usuários brasileiros no Facebook. A ideia segue o princípio do balde com gelo (contra a ELA): é preciso gravar um vídeo, onde homens, independente da orientação sexual, vestem roupas de mulheres e se empoderam do lado feminino que há neles. O presidente da Aliança LGBT, ONG curitibana, já entrou na brincadeira e conta um pouco mais para a Lado A sobre o espírito do desafio.
 

 



O pastor e Secretário dos Direitos Humanos do Rio é exonerado depois de declarar acreditar em “cura gay”

Em entrevista concedida ao jornal O Globo, publicada na última quarta-feira, 17, o então Secretário estadual de Assistência Social e Direitos Humanos, pastor Ezequiel Teixeira, declarou acreditar na possibilidade de cura para pessoas homossexuais, colocando-as no mesmo patamar de doenças como câncer e Aids. Além das declarações controversas, o funcionário já havia autorizado a demissão de mais de 65 funcionários do Programa Rio Sem Homofobia, desabilitado a rede de denúncias por telefone e fechado quatro centros de assistência a pessoas LGBTQs.



Sem aulas sobre diversidade sexual, escolas ainda são espaço de preconceitos

A pesquisa "Juventudes na Escola, sentidos e buscas: por que frequentam?", realizada através de uma parceria entre a Faculdade Latino-Americana de Estudos Sociais, a Organização dos Estados Ibero-americanos e o Ministério da Educação, aponta que cerca de 20% dos estudantes não gostariam de ter um colega homossexual ou trans em sala de aula. A pesquisa afirma ainda: “a homofobia é um dos principais tipos de preconceitos nas escolas”.
 
Nela, percebe-se que a percepção entre as mulheres e os homens é distinta.



Homofobia no BBB 16: Ana Paula chama Renan de “querida”, “senhora” e “falsa” e deve ser punida

Na manhã deste sábado, o Big Brother Brasil 16 teve mais um episódio grotesco de desrespeito e incentivo à homofobia. Em semana enfezada, Ana Paula, que voltou de um paredão falso no qual descobriu a antipatia de alguns moradores da casa por ela, depois de assistir a tudo que acontecia em sua ausência, foi mais uma vez perturbar Renan. O modelo que tem sua sexualidade coloca em dúvida a todo instante, dentro e fora da casa, foi chamado pela moça no feminino por diversas vezes.



Professor gay faz vaquinha depois de ter vídeo erótico vazado e perder emprego

Um professor do ensino médio de uma escola de Little Rock, no Arkansas, EUA, teve um vídeo íntimo, onde praticava sexo consensual com outro homem, postado no site da escola para que todos os alunos, profissionais e pais pudessem acessar. Aos 29 anos, Brian Cody Bray perdeu o seu emprego na Maumelle Charter High School depois que um hacker conseguiu acesso aos seus arquivos do Drop Box, e-mail e outras redes. 
 
Ele estava em casa quando um membro do quadro administrativo da escola o telefonou informando sobre o vazamento do vídeo.



Páginas