militancia

Rede de hotéis Marriott faz campanha voltada ao público LGBT

“#LoveTravels (O amor viaja ou viagens do amor) Quando você pode ser você mesmo, sem importar quem seja ou onde vai” é o mote da campanha lançada pela rede de hotéis de luxo Marriott para comemorar o mês do orgulho gay. Com peças publicitárias exibindo casais gays, transexuais, gays e lésbicas famosos, a rede de hotéis presente em mais de 40 países quer ser a preferida dos gays, lésbicas e transgêneros.




Menino de 13 anos de Curitiba lança livro sobre adoção por casais gays

Alyson Miguel Harrad Reis, de apenas 13 anos de Curitiba, é o autor do livro “Jamily: a Holandesa Negra”. Filho do casal de militantes Toni Reis e David Harrad, Alyson foi destaque em uma entrevista na edição de setembro – outubro do ano passado na Lado A. Seu primeiro livro fala da história real de uma jovem holandesa mas faz paralelo com sua própria biografia. O livro será lançado no dia 30 de agosto pela editora Appris e está em pré venda com desconto.




Veja quem são os 10 Inimigos Públicos dos Gays em 2014

A tradicional lista anual da Revista Lado A, a mais antiga revista impressa para a comunidade gay brasileira, “Os 10 inimigos públicos dos gays no Brasil” enumera as personalidades brasileiras, que por meio de ações ou declarações na mídia, promovem o preconceito à comunidade de gays, lésbicas, bissexuais e transgêneros no Brasil. São declarações que desqualificam os cidadãos homossexuais e promovem o preconceito que em um cenário maior sustentam um sistema de opressão que resultam em assassinatos, bullying, discriminação e suicídios.



Wagner Moura posta foto com frase: “Homofobia não é a nossa praia”

O ator Wagner Moura é uma unanimidade nacional. Depois de fazer a sequência Tropa de Elite, foi alçado ao patamar de maior astro do cinema brasileiro na atualidade. Depois de uma carreira consagrada no teatro e na TV, Moura mostra todo seu talento mais uma vez em “Praia do Futuro”, do diretor Wagner Moura. Mas, desta vez, ele vive um homossexual e o público parece não estar entendendo bem o novo papel do ator.
Um cinema da Paraíba chegou a alertar os clientes da cena de sexo gay do filme, muitas pessoas por todo o país abandonam a sessão do polêmico filme.



Paraíba tem lindo comercial com beijo gay contra a homofobia e pelo amor na TV! Assista!

Neste fim de semana, a ONG Movimento do Espírito Lilás (MEL), em parceria com o Ministério Público do Trabalho, lançou a campanha “O amor une. A homofobia, não”, que será veiculada em todo o estado em canais abertos de televisão. O trabalho é bonito e lembra as tradicionais campanhas de margarina, surpreendendo pelo casal de homens. O lançamento da campanha marcou a celebração do Dia Internacional de Combate à Homofobia, que é comemorado no dia 17 de maio.




SP: Casarão na Paulista vai virar Museu da Diversidade, promete governador

O palacete Franco de Mello, na Avenida Paulista 1.919, datado de 1905, o último prédio deste período na famosa avenida paulistana, deve virar um museu LGBT, segundo afirmou o governador Geraldo Alckmin (PSDB) durante coletiva de imprensa da Parada Gay, neste final de semana. O imóvel ainda não foi desapropriado e aguarda decisão da Justiça, mas o Alckmin já afirmou que irá começar a licitação para o restauro. O antigo casão da Era dos barões do café é imponente mas precisa ser inteiramente restaurada.




OEA quer resposta do governo brasileiro sobre tortura e violação de direitos de casal de sargentos gays

Esta semana o Brasil recebeu uma notificação oficial da Comissão Interamericana de Direitos Humanos da Organização dos Estados Americanos (OEA) por conta do caso dos ex sargentos do Exército Fernando e Laci de Alcântara. Depois de julgados em tribunal militar, os dois foram condenados e desligados da corporação, que afirma que não houve homofobia ou tortura no cumprimento dos procedimentos disciplinares internos julgados na Justiça Militar. O país tem até maio para responder o pedido de informações do Centro pela Justiça e pelo Direito Internacional (Cejil).



Em nota, Comissão da Arquidiocese de São Paulo defende direitos gays pela primeira vez

O mundo está mudando e nunca é tarde para mudar. Partindo do “dar voz aqueles que não tem voz”, frase de seu fundador Dom Paulo Evaristo Ars, a Comissão Justiça e Paz Arquidiocese de São Paulo publicou ontem uma nota oficial histórica em que reflete o preconceito e homofobia da sociedade e os princípios cristão. O texto foi postado na rede social Facebook três dias antes da 18.ª Parada do Orgulho de Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis e Transexuais de São Paulo, que acontece Domingo, na Avenida Paulista.



Quando o mundo virou alternativo e o orgulho gay foi perdido?

Há 15 anos, quando fazíamos IRContros (salas de chat de um programa primitivo em tempos de internet lenta), havia uma piada interna no canal #GaySC: “Pai, eu não sou gay, eu sou alternativo”, dito por um dos membros ao sair do armário em casa. De repente, passou a moda clubber, as drags, as paradas, podemos casar, a homofobia é discutida todos os dias, e cá estamos, em um mundo alternativo, de um lado com a ameaça evangélica e do outro o mundo goy. O que aconteceu?




Novo livro “Tempo Bom, Tempo Ruim” do deputado federal Jean Willys aborda sua trajetória e pensamentos

O sempre combatente militante e político Jean Wyllys, “Tempo bom, tempo ruim” será lançado no próximo dia 3 maio, e traz textos seus sobre assuntos polêmicos como minorias, manifestações de junho, homofobia, politica e maconha. Eleito como melhor deputado federal do Brasil em 2013 e 2012, pela revista Congresso Em Foco, por meio de votação popular, o parlamentar formado em jornalismo, vencedor do Big Brother Brasil 5, nascido na pequena cidade de Alagoinhas, no interior da Bahia, é hoje um dos principais defensores das minorias e dos direitos humanos no Congresso Nacional.




Suprema Corte da Índia reconhece terceiro gênero

As transexuais e travestis indianas, mais conhecidas como “hijras”, categoria a qual também se incluem os eunucos, conseguiram na Justiça o direito de serem consideradas um terceiro sexo e, por conseguinte, não serem enquadradas na lei que pune a homossexualidade, resgatada no ano passado e que tornou o sexo gay ilegal no país. Agora, as transexuais poderão se enquadrar em “outros” e não apenas nos gêneros masculino e feminino.



18ª Parada do Orgulho LGBT de SP pede a criminalização da homofobia. Confira todos os temas até hoje!

No dia 4 de maio, a Avenida Paulista recebe mais uma edição da maior parada gay do mundo, a Parada do Orgulho LGBT de São Paulo, em sua 18ª edição. Este ano o tema será “País Vencedor é País Sem Homolesbotransfobia: Chega de Mortes! Criminalização Já!”. O tema foi alterado para incluir os segmentos das lésbicas e das transexuais, já que falar apenas homofobia subentende-se que não se pede a criminalização explícita da violência e preconceito contra as transexuais e lésbicas, segundo seus movimentos.




Itália: Corte ordena que cidade reconheça casamento gay realizado no exterior

A corte da cidade de Grosseto, na Toscana, abriu um precedente importante na Itália. Stefano Bucci e Stefano Chigiotti, casados desde 2012 nos EUA, solicitaram o reconhecimento oficial da união em um cartório da cidade e tiveram o pedido recusado. Eles entraram com processo alegando a legalidade do reconhecimento da união realizada no exterior, assim como acontece com casais heterossexuais que se casam no estrangeiro. A corte da cidade reconheceu o direito da legalização da união realizada em país que reconhece o casamento gay pela primeira vez na Itália.




Deprimente: Ideli Salvatti é nova ministra dos Direitos Humanos e Maria do Rosário promete lei contra homofobia

Enquanto ministra da Secretaria de Relações Institucionais, a senadora catarinense Ideli Salvatti protagonizou um verdadeiro escândalo no final do ano passado, quando em troca do apoio dos evangélicos à reeleição da presidente Dilma, ousou interferir na votação do PLC 122 na Câmara. A mando do Palácio do Planalto, Ideli telefonou aos parlamentares petistas para que o projeto de lei que criminalizaria a homofobia só fosse à votação depois das eleições deste ano. A informação vazou e queimou a ministra com o movimento gay, ou deveria ter queimado.



Ativista Harvey Milk deve virar selo dos EUA com direito a bandeira gay

Segundo um site de filateria dos EUA, já está aprovada a estampa do selo dos US Post (Correios dos EUA) que será lançado este ano, no aniversário da morte de Harvey Milk, em 22 de maio, data que marca o nascimento do primeiro político gay eleitos nos EUA, que completaria 74 anos. O supervisor de São Francisco e militante gay foi assassinado em 1978 junto ao prefeito da cidade, por outro supervisor eleito. O político é o primeiro ativista do movimento gay a ser homenageado com um selo oficial dos Estados Unidos.



Páginas