polêmica

Brasileiro lindo assume que tem HIV em rede social e fala abertamente sobre o assunto

O vírus do HIV ainda é um grande estigma social. O assunto é cheio de controvérsias e a ignorância está presente nos discursos que usam a infecção do vírus como sinônimo de AIDS, por exemplo. Por isso, toda vez que alguém trabalha para desconstruir esse tabu com sua história, é um serviço à comunidade LGBT. O goiano Geovanni Henrique, 24 anos, vive agora em Caxias do Sul, Rio Grande do Sul, onde considera a sua qualidade de vida melhor. Com porte de galã e olhos lindos, o jovem sempre fez sucesso nas redes sociais por sua beleza.



Favorito em pesquisas presidenciais da França tem sua sexualidade questionada e afirma ser hétero

Emmanuel Macron é um político francês de 39 anos, um dos favoritos à presidência da França nas eleições de 2017. Rumores duvidam sobre sua sexualidade. Há quem espalhe boatos de que ele é homossexual, mesmo sendo casado com Brigitte Trogneux - 24 anos mais velha do que ele. Macron nega, afirma ser heterossexual e sempre que é questionado, responde com bom humor, sem qualquer repúdio ou preconceito. 
 
O principal argumento da oposição, que reforça o boato acreditando ser negativo, é de que o casamento de Macron com uma mulher 24 anos mais velha é uma farsa.



Formation: Família de ativista gay morto processa Beyoncé em US$ 20 milhões

Pela primeira vez na carreira musical de Beyoncé, ela larga o Pop e se lança com músicas afiadas, que expõe o racismo institucionalizado na sociedade americana. Em seu novo álbum Lemonade, Beyoncé fala sobre a opressão da polícia contra a população negra, o racismo e a inferiorização da cultura negra. A música e o clipe de Formation são uma aula sobre cultura black e, por isso, estão indicados ao Grammy. Entretanto, nem todos enxergam o sucesso da música dessa forma.



Ator brasileiro sai do armário e faz carta manifesto contra a homofobia

Se a vida te dá um limão, faça uma limonada (ou uma caipirinha). E foi assim que o ator Leonardo Vieira veio a público esta semana, aos 48 anos, comentar um beijo seu com outro homem que tomou a internet. Com frases como “eu não vou pedir desculpas por ser gay” e “não escolhi ser gay”, ele conta como lidou com sua sexualidade e reage à homofobia que vem enfrentado na internet, mas que de alguma forma o acompanhou a vida inteira.



Rapazes são flagrados em banheiro público e filmados por seguranças

Dois homens que faziam sexo em um banheiro da Fundação Espaço Cultural – Funesc, de João Pessoa, na Paraíba, foram expostos por um vídeo feito por seguranças do local, depois de flagrados. Segundo os seguranças, um pai alertou a eles do uso indevido do espaço e no vídeo os seguranças afirmam várias vezes que não são homofóbicos e que estão apenas fazendo o trabalho deles.
 
A pergunta é se gravariam e colocariam na internet um vídeo se fosse um casal heterossexual. Provavelmente não.



Vereadores de Curitiba negam novamente reconhecimento de utilidade pública à ONG gay

Por 14 a 8, o título de utilidade pública ao IBDSEX, Instituto Brasileiro de Diversidade Sexual - Instituto Dignidade, foi rejeitado em 2º turno na Câmara de Vereadores, em nova votação nesta segunda-feira. A votação anterior foi anulada depois que os vereadores acataram que o prazo estipulado para a segunda votação da proposta havia não sido respeitado. Apesar de aprovado em primeira votação, a entidade enfrentou forte embate com a bancada conservadora da Câmara.




Depois de polêmica, evento de cura gay é cancelado

A unidade Portugal da Igreja Batista Getsêman, de Belo Horizonte, anunciou esta semana nas redes sociais um evento polêmico: uma palestra com a "psicopedagoga"  Isildinha Muradas com o tema "Como prevenir e reverter a homossexualidade". Com a repercussão negativa da propaganda do evento e até a manifestação de entidades ligadas à psicopedagogia, a organização apagou a postagem e refez o cartaz colocando "Orientando pais sobre a sexualidade de seus filhos". Nesta quarta-feira, o evento foi cancelado.



Câmara de Curitiba irá rever utilidade pública de Ong LGBT

Depois de negar no início deste mês o pedido de utilidade pública da ONG Instituto  Brasileiro de Diversidade Sexual, IBDSEX – Instituto Dignidade, a Câmara dos Vereadores de Curitiba irá rever nesta quarta-feira um requerimento que questiona a validade da decisão. Isso porque  na votação em segundo turno do dia 6 de setembro, a matéria foi retirada de pauta por 25 sessões, após pressão da bancada evangélica.  



Saias Masculinas

Portaria publicada em 14 de setembro de 2016, no colégio D. Pedro II (da cidade do Rio de Janeiro), suprimiu a obrigação de os rapazes trajarem fardamento tipicamente masculino, e de as moças envergarem roupas tipicamente femininas, embora mantivesse a imposição de uso de uniforme. A alteração visa a propiciar liberdade de opção dos alunos e das alunas transgêneros, que poderão trajar-se consoante o gênero com que se sintam identificados, o que, na prática, permite o uso de saias pelos rapazes que assim o desejarem.



Personagem gay tem overdose fatal antes de desfecho de romance com bofe

A novela das nove, “A Lei do Amor”, da Rede Globo, traz o personagem Zelito (Danilo Ferreira).  Negro, gay e gato, o jovem lembra 21 anos depois o personagem negro gay pioneiro de Lui Mendes, o Jefferson, em A Próxima Vítima (1995).
 
Zelito é barman em um club e conhece o frentista Wesley (Gil Coelho), depois do sumiço de sua amiga Isabela (Alice Wegmann), ex companheira de Wesley, dada como morta, com quem o frentista tem um filho.  É numa discussão com um suspeito do sumiço da garota que eles vão se declarar um ao outro.



Candidato a prefeito de Curitiba dá resposta mito sobre sexualidade e viraliza

O candidato a prefeito Rafael Greca de Macedo, do PMN, de Curitiba, que disputa o segundo turno da capital paranaense neste Domingo, viralizou mais uma vez, nas redes sociais, agora por conta de uma resposta que deu em janeiro deste ano, no programa Direto ao Ponto, da Rede Mercosul, da Record News Paraná. Esta semana, as imagens com a resposta polêmica ressurgiram nas redes sociais em postagem da página XV Curitiba.



Rapazes de programa: qual o preço do seu sexo?

Se você imaginou que esse artigo fosse meter o pau nos homens que vendem o corpo por dinheiro - se deu mal. A intenção aqui é justamente o oposto: confrontar as nossas atitudes para entendermos, de uma vez por todas, que somos todos farinha do mesmo saco.
 
Meio mundo levanta a bandeira de que jamais faria sexo por dinheiro, por interesse; batem na tecla de que o corpo físico é o seu bem mais precioso... ‘Eu? Imagina, sou uma pessoa íntegra, preferiria morrer’.  Já podemos encomendar os caixões.



A nova polêmica do beijo gay censurado pela Globo poderá ser decidida pelo público

A nova série da Globo, que estreia no dia 27 de Setembro, Nada Será o Mesmo, teve uma cena de beijo gay gravada entre a personagem de Bruna Marquezine e Letícia Colin. Mas o beijo cortado pela direção compartilhada de Guel Arraes, José Luiz Villamarim e Jorge Furtado, por motivo de evitar excessos, como foi falsamente divulgado, não foi cortada de forma definitiva. Entretanto, a cena pode voltar, dependendo da aceitação do público com as personagens. 
 
Nada Será o Mesmo contará a história da televisão no Brasil, seu início na década de 50.



Alunos protestam a proibição a beijo gay em escola de Brasília

A homofobia começa em casa, mas, muitas vezes, continua na escola. A máxima é concretizadas por ações como a do colégio particular Sigma, no Distrito Federal, que advertiu um estudante por estar se beijando com outro garoto em frente ao colégio. O aluno teria sido chamado na coordenação da escola e advertido. A direção diz que não foi um ato de homofobia, mas que a ação foi tomada por conta dos exageros entre os dois estudantes.



Bloco de religiosos anglicanos se assume gay e pede reconhecimento da Igreja

Um grupo de 14 padres e bispos da Igreja Anglicana da Inglaterra enviou uma carta à alta cúpula revelando sua homossexualidade e oferecendo suporte à comunidade LGBT que faz parte da religião. A agência de notícias Ansa afirma que isso aconteceu depois que o bispo Chamberlein, de Grantham, assumiu publicamente sua homossexualidade. A carta é um apelo para que as doutrinas voltadas aos relacionamentos homoafetivos sejam repensadas.
 
A carta foi assinada tanto por padres, quanto por bispos e leigos.



Páginas