polêmica

Vídeo de Testemunhas de Jeová ensina crianças que gays não entram no paraíso

As crianças não nascem mas  aprendem a ser preconceituosas e um vídeo na internet mostra muito bem isso. O desenho direcionado para crianças feito por uma associação de estudo da Bíblia da igreja Testemunhas de Jeová, de Nova York, está causando polêmica. Em “um homem e mulher”, da série “Seja amigo de Jeová”, Sofia questiona a mãe sobre a família de sua amiga Clara, que tem duas mães.



Chemsex: os riscos do uso de drogas e bebidas antes do sexo

Você já foi convidado para uma festa onde a atração principal é a prática sexual após o consumo de drogas e álcool? Essa nova modalidade chama-se chemsex, que vem do inglês chemical sex, ou sexo com uso de substâncias químicas. Geralmente associada ao uso de o uso de mefedrona, metanfetamina e GHB, a prática sexual é realizada entre grupos e pode durar dias, por efeito das drogas.



National Geographic lança documentário sobre identidade de gênero

Depois da polêmica edição da revista National Geographic chamada “Gender Revolution”, o canal de TV pago NetGeo lança, também, inclusive no Brasil, o documentário “Revolução de Gênero: Uma jornada com Katie Couric”. É uma série documental que acompanha a jornalista e pesquisadora Katie Couric pelos EUA, em busca de médicos, cirurgiões, políticos, personalidades e nomes de referência quando o assunto é gênero. O filme, com mais de duas horas, também deve estrear em 171 países.
 
Em que idade nos aprendemos e aceitamos o nosso gênero?



Artistas LGBTs são censurados pelo Modo Restrito do YouTube

A plataforma de compartilhamento de vídeos YouTube está causando polêmica entre artistas, youtubers e usuários gays, lésbicas, travestis, transexuais, bissexuais e simpatizantes. O motivo é o recém criado “Modo Restrito” para uso de crianças, que bloqueia conteúdos considerados ofensivos e pesados, ou seja, que teriam classificação para maiores de 16 anos. Este modo bloqueia vídeos de artistas como Lady Gaga, Pabllo Vittar e Lia Clark.
 
A repercussão foi negativa entre os usuários, de maioria jovem.



Fora do armário: Jesus é gay e discreto na série The Walking Dead

Em fevereiro, o criador da série, Robert Kirkman, havia anunciado que o personagem Jesus seria gay na série de TV da mesma forma que acontece nos quadrinhos. Mas, até então, o personagem não tinha falado sobre isso. No último episódio que foi ao ar, na noite do dia 19, Jesus finalmente saiu do armário durante um diálogo com Maggie. Fãs já pensam em juntá-lo com o outro personagem gay da série, Aaron. 
 
No diálogo, Jesus é discreto: “Pela primeira vez, eu sinto que pertenço a algum lugar.



Amigos, amigos, sexo a parte

Há algumas semanas postei em meu perfil em uma rede social a seguinte frase: “Amigos não transam”, com uma sequência mais polêmica ainda em que dizia que assumissem suas “promiscuidades” e não esquecessem que amigos eram como “família”. Volto ao tema aqui, primeiro porque algumas pessoas não entenderam a subjetividade da postagem, e também porque outros concordaram demais com ela. Não sejamos hipócritas: todos já fizeram ou quiseram fazer sexo com um amigo.



Grindr se recusou a ajudar em caso de jovem desaparecido encontrado morto

O corpo de Dakota James, de 23 anos, estudante da Universidade Duquesne, na Pensilvânia, nos Estados Unidos, foi encontrado no Rio Ohio na altura de Robinson Township. Depois de mais de um mês desaparecido, o jovem foi encontrado morto sem suspeitas do que aconteceu. Ao longo das investigações do desaparecimento do jovem, a família de James e os investigadores tentaram obter acesso às mensagens e ao rastro do GPS do aplicativo Grindr usado pelo jovem.



Brasileiro lindo assume que tem HIV em rede social e fala abertamente sobre o assunto

O vírus do HIV ainda é um grande estigma social. O assunto é cheio de controvérsias e a ignorância está presente nos discursos que usam a infecção do vírus como sinônimo de AIDS, por exemplo. Por isso, toda vez que alguém trabalha para desconstruir esse tabu com sua história, é um serviço à comunidade LGBT. O goiano Geovanni Henrique, 24 anos, vive agora em Caxias do Sul, Rio Grande do Sul, onde considera a sua qualidade de vida melhor. Com porte de galã e olhos lindos, o jovem sempre fez sucesso nas redes sociais por sua beleza.



Favorito em pesquisas presidenciais da França tem sua sexualidade questionada e afirma ser hétero

Emmanuel Macron é um político francês de 39 anos, um dos favoritos à presidência da França nas eleições de 2017. Rumores duvidam sobre sua sexualidade. Há quem espalhe boatos de que ele é homossexual, mesmo sendo casado com Brigitte Trogneux - 24 anos mais velha do que ele. Macron nega, afirma ser heterossexual e sempre que é questionado, responde com bom humor, sem qualquer repúdio ou preconceito. 
 
O principal argumento da oposição, que reforça o boato acreditando ser negativo, é de que o casamento de Macron com uma mulher 24 anos mais velha é uma farsa.



Formation: Família de ativista gay morto processa Beyoncé em US$ 20 milhões

Pela primeira vez na carreira musical de Beyoncé, ela larga o Pop e se lança com músicas afiadas, que expõe o racismo institucionalizado na sociedade americana. Em seu novo álbum Lemonade, Beyoncé fala sobre a opressão da polícia contra a população negra, o racismo e a inferiorização da cultura negra. A música e o clipe de Formation são uma aula sobre cultura black e, por isso, estão indicados ao Grammy. Entretanto, nem todos enxergam o sucesso da música dessa forma.



Ator brasileiro sai do armário e faz carta manifesto contra a homofobia

Se a vida te dá um limão, faça uma limonada (ou uma caipirinha). E foi assim que o ator Leonardo Vieira veio a público esta semana, aos 48 anos, comentar um beijo seu com outro homem que tomou a internet. Com frases como “eu não vou pedir desculpas por ser gay” e “não escolhi ser gay”, ele conta como lidou com sua sexualidade e reage à homofobia que vem enfrentado na internet, mas que de alguma forma o acompanhou a vida inteira.



Rapazes são flagrados em banheiro público e filmados por seguranças

Dois homens que faziam sexo em um banheiro da Fundação Espaço Cultural – Funesc, de João Pessoa, na Paraíba, foram expostos por um vídeo feito por seguranças do local, depois de flagrados. Segundo os seguranças, um pai alertou a eles do uso indevido do espaço e no vídeo os seguranças afirmam várias vezes que não são homofóbicos e que estão apenas fazendo o trabalho deles.
 
A pergunta é se gravariam e colocariam na internet um vídeo se fosse um casal heterossexual. Provavelmente não.



Páginas