TV

Chamada de atenção de repórter brasileira ao vivo vira destaque internacional

A repórter Gabriela Moreira, da ESPN Brasil, ganhou destaque internacional depois que no último final de semana chamou a atenção  de um torcedor do Palmeiras que chamou o time do São Paulo de “bichas", ao vivo. A profissional interrompe a entrevista e pergunta a idade do torcedor e manda ele abrir a cabeça.  “Meu nome é Felipe. A expectativa é a gente ganhar dos bichas hoje, 2 a 1 para o Palmeiras, vamos ganhar"... “Rapaz, vou te falar uma coisa, não sei se vai ganhar... Mas com esse bicha? Não à homofobia, né? Você tem quantos anos, 25?



Conheça as séries Cucumber, Banana & Tofu do mesmo autor de Queer as Folk

Russell T Davies é o autor da série de sucesso Queer as Folk, exibida nos anos 90 no Reino Unido e que ganhou outra versão bafônica nos EUA em seguida. O primeiro e mais celebrado seriado gay de TV ganhou irmãos este ano, quando o fim da série americana comemorou 10 anos. Exibidos pelo Canal 4 no Reino Unido, Cucumber (pepino) e Banana são duas séries que se entrelaçam por meio de histórias e personagens mas cada uma com seu público distinto e linguagem. Cucumber aborda os gays de meia idade e enquanto Banana é mais voltado aos mais jovens.




Websérie gaúcha Garotos Noturnos conta vida de garotos de programa

Estreou em dezembro na internet a websérie Garotos Noturnos baseada no espetáculo teatral do mesmo nome de autoria do dramaturgo capixaba Gladston Ramos. Com muito esforço, o texto virou um seriado para internet dirigido pelo próprio autor. Tuco, Marcelo e outros personagens contam seus medos, convívio familiar, depressões, sexualidade, drogas e todas as peculiaridades desta profissão que envolve marginalidade, prazer e ganância.



Para especialista, “Personagens lésbicas da novela Babilônia são espelho positivo e libertador”

Para um dos maiores especialistas do Brasil em terapia afirmativa, o psicólogo Klecius Borges, autor do livro “Muito além do arco-íris”, o casal homoafetivo de “Babilônia”, a visibilidade do casal de lésbicas octagenárias vivido pelas atrizes  Nathália Timberg e Fernanda Montenegro será oportuna e colocará alguma luz sobre o tema: “Oportuna porque colocará alguma luz sobre as dificuldades e os conflitos que muitas mulheres enfrentam ao se assumirem publicamente, como um casal homoafetivo.



Babilônia estréia com beijo lésbico entre estrelas globais

As grandes damas da televisão brasileira Fernanda Montenegro e Nathália Timberg protagonizaram uma das primeiras cenas da nova novela das nove da Rede Globo, Babilônia, já com um beijo do casal de lésbicas da terceira idade Teresa e Estela. No meio de uma conversa familiar em a advogada Teresa chama a companheira de "querida", a cena termina com um lindo beijo entre as duas de mais de cinco segundos. A cena era aguardada mas não se sabia se iria mesmo ao ar, mas foi! Juntas há mais de 30 anos, Teresa é uma advogada ativista e Estela uma mãe incansável que sofre pela atitudes dos filhos.



“Transparent” fala de transexualidade e faz sucesso

Mort (Jeffrey Tambor) é um pai de família de Los Angeles em “Transparent” e a série começa com uma reunião onde o patriarca conta aos filhos Ali (Gaby Hoffman), Sarah (Amy Landecker) e Josh (Jay Duplass), adultos, que ele é transexual. Aos poucos o pai vai se assumindo como Maura e a série explora essas mudanças, a quebra de preconceitos e o direto do personagem de ser feliz. O tema é tratado com humor, apesar de sério e conquistou os EUA.



Beijo entre meninos de 13 anos em seriado americano causa polêmica (Assista)

A série americana The Fosters, produzida por Jennifer Lopez, trouxe uma cena de beijo entre os amigos de escola Jude (Hayden Byerly) e Connor (Gavin MacIntosh), ambos de 13 anos. A sequencia que se tornou viral foi exibida na última segunda-feira pela terceira temporada da atração, ainda inédita no Brasil. The Fosters é exibida pelo canal ABCFamily nos EUA e narra a vida de um casal de lésbicas com cinco filhos.



CBB: Perez Hilton é acusado de manchar imagem da comunidade gay

O blogueiro Perez Hilton foi duramente criticado por seu comportamento na casa do Big Brother Celebridades, que está sendo transmitido no Reino Unido, por sua colega Michelle Visage, juíza  do "The RuPaul’s Drag Race”. Depois do loiro que agora anda magro e abusado se empolgar e simular sexo na mobília da casa com direito a grunhidos, sem camisa, a drag afirmou: “O que acabamos de presenciar é ultrajante. Ele joga nossa comunidade de volta 50 anos. Ele é uma vergonha, eu não quero que as pessoas julguem a comunidade gay por causa deste bundão”.




Reality show sobre ex gays gera polêmica nos EUA

Neste domingo, estréia nos EUA o programa My Husband´s Not Gay (Meu Marido Não É Gay) do canal pago TLC. O programa que mostra quatro ex-gays mórmons e suas vidas com suas esposas no formato de reality show foi classicado como um desserviço pela GLAAD (Aliança Gay e Lésbica Contra a Difamação). Para a entidade, dizer que a homossexualidade pode ser revertida é algo perigoso e inconsequente. A GLAAD pede para que a TLC cancele a atração.




Renato Aragão diz que antes negros e gays não se ofendiam mas que hoje é preciso respeitar

Em entrevista a revista Playboy deste mês, o humorista Renato Aragão, que completa 80 anos na próxima semana, falou sobre os 55 anos de seu personagem Didi e relembrou Os Trapalhões, programa que ficou no ar por três décadas. Entre declarações polêmicas, o humorista afirmou que não vê preconceito em brincadeiras com negros e gays. Renato teve seu contrato renovado com a Globo até 2017.




Cena antológica de “Alto Astral” revive Christiane Torloni e Silvia Pfeiffer em explosão de shopping

Há 16 anos, o primeiro casal lésbico da teledramaturgia da Rede Globo era morto em uma explosão de um shopping, em “Torre de Babel”, de Silvio de Abreu. Condenadas à morte pela rejeição do público, foi apenas um dos diversos casais do mesmo sexo censurados pela emissora nos anos seguintes. Neste sábado, o autor da trama de 1998, que revisa a obra “Alto Astral”, de Daniel Ortiz, conseguiu dar paz às personagens junto com o autor, ou pelo menos se desculpar publicamente pelo casal Leila (Silvia Pfeiffer) e Rafaela (Christiane Torloni).



Gato e confuso: Nick Jonas vive lutador gay de MMA em série de TV

O gato Nick Jonas ataca de ator na série Kingdom, da Direct TV, em que vive o lutador de MMA gay Nate Kulina. Esta semana o rapaz finalmente revelou detalhes de seu personagem para o site BuzzFeed. A série que chegou esta semana ao final de sua primeira temporada terminou com a cena do rapaz sendo rejeitado em um bar gay depois de flagrado bêbado transando com outro homem em um beco. Na série, Nate é gay e está em ascensão em sua carreira como lutador, até que sua sexualidade o coloca em uma fase confusa já que ele vem de uma família tradicional no esporte.




SBT transforma casal de homens bissexuais em héteros pegadores

A TV do homem do Baú voltou ao armário. É que na novela mexicana Sortilégio, exibida pelo canal brasileiro SBT, os personagens Ulisses (Julián Gil) e Roberto (Marcelo Córdoba) passam de amantes a amigos. Em razão da novela ser exibida cedo, às 16h, as cenas em que os homens vão para a cama não apareceram e diálogos em que eles assumem ser bissexuais sumiram da versão brasileira. Cenas de amor, declarações e até beijo já foram cortadas da trama.




Novela inglesa inova com primeiro personagem protagonista portador do vírus HIV

Na soap opera inglesa Hollyoaks, do Canal 4, o protagonista Ste Hay, vivido pelo ator Kieron Richardson, 28, descobrirá que tem o vírus da Aids. Gay assumido, o rapaz descobrirá depois de transar com um desconhecido, Connor, que não sabia que era soropositivo. A história será revelada em janeiro de 2015 e irá marcar a história da TV inglesa com o primeiro personagem de destaque em uma trama lidando com o hiv.




Ratinho e SBT condenados a pagar R$150 mil em indenização a pastor gay

O pastor chileno Victor Orellana, gay assumido, da Igreja Acalanto - Ministério Outras Ovelhas, foi alvo de reportagens do Programa do Ratinho, no SBT, em 2003, sobre sua igreja inclusiva. Depois da exibição da matéria, o apresentador se referiu ao trabalho como “igreja de viadinhos”. Para o ministro Luis Felipe Salomão, do Superior Tribunal de Justiça (STJ), o recurso da sentença anterior para diminuir a multa de R$75 mil para cada um não deve ser considerado, já que o valor aplicado, na sentença de 2011 telo TJ-SP, é compatível ao porte econômico dos acusados.



Diva: Fernanda Lima realiza casamento gay e diz que filhos já receberam educação sobre o tema

Na última quinta-feira, o segundo episódio da terceira temporadado programa Amor & Sexo, da Rede Globo, apresentou o tema “amor” e realizou um casamento coletivo no Palco. A ex desembargadora gaúcha Maria Berenice Dias fez as honras de mestre de cerimônia e um juiz de paz celebrou a união civil de três casais, um de mulheres, outro de homens e um casal heterossexual. Dando destaque a igualdade, a apresentadora Fernanda Lima e os convidados se emocionaram ao debater o tema de forma direta e responsável.




Depois de ter fotos pelado vazadas, jardineiro de Ellen Degeneres fará filme Magic Mike XXL

O ator e produtor Channing Tatum, à frente da sequência de Magic Mike, sobre um grupo de dançarinos de strip para mulheres, convidou nesta segunda-feira  o “jardineiro” do programa Ellen Degeners para participar da sequência do filme que no ano retrasado causou furor por causa de seu elenco de atores sarados e gostosos. Magic Mike XXL deve estrear em 2015 e repetir o sucesso com os atores Matt Bomer e Joe Manganiello, além de Tatum, que também estiveram na produção de 2012. Matthew McConaughey não participará da sequência.




Assista: Tyra Banks dá bronca em modelo e compara homofobia ao racismo e machismo

Um comentário infeliz do modelo Denzel Wells sobre outro concorrente que desfilava de salto no último episódio do reality show America's Next Top Model cycle 21 que foi ao ar nos EUA na semana passada recebeu uma chamada forte da apresentadora Tyra Banks. Ao dizer que não queria perder a competição para não ter que explicar aos amigos que perdera para um homem que usava saltos, a apresentadora disparou: “Essa é uma indústria que é predominantemente feminina. Então, quando você entra em uma indústria em que um certo sexo predomina, você já é estereotipado como gay.



Páginas