Arquivo importado

O armário

Redação Lado A 17 de Outubro, 2008 01h40m

COMPARTILHAR


A literatura relativa à homossexualidade enriqueceu-se com a publicação, já em segunda edição, de “O armário”, cujo autor, Fabrício Viana, é homossexual e psicólogo, dupla condição que lhe permitiu uma dupla perspicácia: observou, como protagonista e testemunha, situações peculiares dos homossexuais, e as analisou, com especial senso de realidade, como profissional do psiquismo humano.


O livro inicia-se com uma narrativa autobiográfica, do descobrimento da propensão homoafetiva do autor, da forma como a ocultou, do processo da sua aceitação por si próprio, da reação da sua família ao sabê-lo homossexual. É a parte menos interessante do livro e que, todavia, ilustra as aflições porque os homossexuais passam na sociedade que ainda os estigmatiza.


Merece uma significativa ampliação o capítulo relacionado com a história da condenação da homossexualidade, em que o autor aflorou, apenas, as origens religiosas da homofobia. Será enriquecedor acrescentar-lhe dados que demonstrem a existência da homossexualidade ao longo da história e, com ela, a sua naturalidade, aspecto importante no combate ao preconceito.


Seguem-se três capítulos notáveis como observação e como diagnóstico psicológico. Observar os fatos, descrevê-los fielmente e interpretá-los, correspondem a qualidades de que nem todos os analistas são dotados e que nem sempre se encontram reunidas no mesmo autor: Fabrício Viana observa com acuidade, descreve com realismo e interpreta com acerto. Ele  explica a homofobia como recusa dos desejos homoeróticos do homofóbico,  e a discriminação de alguns tipos de homossexuais dentro do próprio meio homossexual, como resultado da mentalidade machista em que as pessoas são formadas, inclusivamente muitos dos próprios fanchonos.


Inúmeras observações interessantes e de alto valor na compreensão das atitudes e das reações de muitas pessoas, tornam estes capítulos a parte mais rica do livro, a que segue-se, em outro capítulo, uma ponderada exortação ao enfrentamento inteligente das dificuldades que os homossexuais deparam em face de certas hostilidades.


Carece, o texto, de uma revisão integral, para expurgá-lo das suas abundantes imperfeições, graves algumas. É livro que recomendo e que somente se adquire por encomenda junto ao autor, efeito para o qual deve aceder-se ao sítio www.oarmario.com


Nota do editor: Fabrício Viana é natural de Blumenau, SC, e vive em São Paulo onde estudou psicologia e deselvolveu projetos como o site www.armariox.com.br, campanha virtual contra a homofobia, entre outros, que o projetaram dentro da militância GLBT. “O Armário” é seu primeiro livro publicado.

Redação Lado A

SOBRE O AUTOR

Redação Lado A

A Revista Lado A é a mais antiga revista impressa voltada ao público LGBT do Brasil, foi fundada em Curitiba, em 2005, pelo jornalista Allan Johan e venceu diversos prêmios. Curta nossa página no Facebook: http://www.fb.com/revistaladoa

Banner Marcação 1000x220

COMPARTILHAR


COMENTÁRIOS